Peixes Com Escamas e Sem Escamas

(Nomenclatura usada em São Paulo)

PEIXES COM ESCAMAS DE ÁGUA SALGADA

ABROTEA

ANCHOVA

ARENQUE (HERRING)

ATUM

BACALHAU

BADEJO

BARBADO

BETARA

BONITO

CAMBUCU

CASTANHA

CAVALA

CAVALINHA

CHERNE

CORVINA

GAROUPA

GORDINHO

LINGUADO

MANDI

MANJUBA

MERLUZA

MERO

NAMORADO

OLHETE

PARGO

PESCADA: Amarela, Branca, Inglesa, do Sul, Maria Mole, Tortinha

ROBALO

SALMÃO

SALMONETE

SARDINHA

SOROROCA

TAÍNHA

PEIXES COM ESCAMAS DE ÁGUA DOCE

CARÁ

CARPA

CORIMBATÁ

DOURADO

LAMBARI

MANJUBA

PIAU

TILÁPIA

TRAÍRA

TRUTA

PEIXES SEM ESCAMAS DE ÁGUA DOCE:

BAGRE

BOTO (o boto não é peixe, mas sim mamífero aquático, e só foi incluído nesta lista porque, para efeitos gastronômicos, é considerado como se fosse peixe)

PINTADO (conhecido também como SURUBIM OU SURUBIM-PINTADO)

PEIXES SEM ESCAMAS DE ÁGUA SALGADA:

ANJO

ARRAIA

BAGRE

BALEIA (a baleia não é peixe, mas sim mamífero aquático, e só foi incluída nesta lista porque, para efeitos gastronômicos, é considerada como se fosse peixe)

CAÇÃO

CAÇONETE

ESPADA

GOLFINHO (o golfinho não é peixe, mas sim mamífero aquático, e só foi incluído nesta lista porque, para efeitos gastronômicos, é considerado como se fosse peixe)

MORÉIA

MACHOTE

PEIXE-PORCO

PEIXE-SERRA

TUBARÃO

VIOLA

VONGOLE

É muito importante saber quais peixes têm escamas e quais não têm escamas, pois está escrito na Bíblia, em Levítico 11:9-12 que Deus ordenou que, dentre todos os animais aquáticos, nós somente comamos aqueles que têm barbatanas e escamas, que são os peixes com escamas, de modo que, dentre os animais aquáticos, nós só podemos comer os peixes com escamas, e não podemos comer os peixes sem escamas, nem os demais animais aquáticos, como, por exemplo, siri, caranguejo, camarão, tubarão, raia, lagosta, lula, polvo, mexilhões e ostras.

About these ads
Esse post foi publicado em Alimentação Bíblica. Bookmark o link permanente.

10 respostas para Peixes Com Escamas e Sem Escamas

  1. Rafael Leobas disse:

    1 Coríntios 10: 25-31 – Comam de tudo o que se vende no mercado, sem fazer perguntas por causa da consciência, pois “do Senhor é a terra e tudo o que nela existe”. Se algum descrente o convidar para uma refeição e você quiser ir, coma de tudo o que lhe for apresentado, sem nada perguntar por causa da consciência. Mas se alguém lhe disser: “Isto foi oferecido em sacrifício”, não coma, tanto por causa da pessoa que o comentou, como da consciência, isto é, da consciência do outro e não da sua própria. Pois, por que minha liberdade deve ser julgada pela consciência dos outros? Se participo da refeição com ação de graças, por que sou condenado por algo pelo qual dou graças a Deus? Assim, quer vocês comam, bebam ou façam qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.

  2. Rodrigo Ribas disse:

    Rafael Leobas, leia o que você copiou, por favor. Se você for reparar no contexto todo do seu texto apresentado, perceberá que Paulo está falando sobre alimento oferecido em sacrifício, e não sobre alimentos puros ou impuros. E nós confiamos em um Deus que não muda (Malaquias 3:6), certo? Ora, se um dia Ele revelou que não podemos comer tais e tais alimentos, por que se contradiria mais adiante no Novo Testamento? E se tratando de colocarem a vender carne de (cavalo, gato, rato, cachorro, urubu,etc.) qualquer animal que todos sabemos até mesmo pela ciência, que nos faz mal, você concordaria em comer? São apenas reflexões. Que Deus o abençoe.

  3. Como podem levar a Bíblia ao “pé da letra” sem observar os momentos históricos em que foi escrita? Costumes antigos devem ser filtrados pelo contexto atual e pela razão para serem levados em conta. Isso é básico.

  4. Deus fez os seres e sabe de tudo. Ele sabe o que podemos comer e tbm conhece todos os alimentos. O conselho no passado é o mesmo para os dias de hoje. Deus quer que seu povo tenha saúde para conseguir ter a mente mais clara para ouvir a voz do Espírito Santo. Sabemos que Deus não muda, senão haveria mudado os planos no jardim do Éden para eliminar o pecado lá mesmo e começado tudo de novo. Lembrando que o pecado não fará ninguém se perder mas sim a falta do perdão de Deus. Tudo o que pudermos fazer, tal como cuidar de nossa alimentação, é importante para termos a mente mais clara para reconhecermos nossos erros e pedirmos o perdão a Deus.

  5. A questão é: Deus escreveu a Bíblia?

  6. IASD disse:

    Ele inspirou profetas a fazer a Bíblia. Cremos que ele não ditou, exceto os 10 mandamentos que foram ditados. O resto chamamos de inspiração mental.

  7. Jean Silva disse:

    eu gostaria de saber porque o atum está classificado como peixe de escama, uma vez que a empresa coqueiro em seu sitio, na seção “perguntas frequentes” afirma que o atum é peixe de couro e o pesquisador adventista Dr. Manuel Antônio Tápia, segundo o sitio : “http://biblia.com.br/perguntas-biblicas/alimentos-impuros/gostaria-de-saber-se-atum-salmao-e-bacalhau-sao-imundos-pois-nao-conheco-esses-peixes/ “, tambem afirma que o atum é peixe de couro. grato.

  8. IASD disse:

    O artigo que você forneceu disse que Atum, Salmão e Bacalhau são limpos.

  9. Viviane Souza disse:

    Ele disse, ele é o mestre ele sabe o que devemos ou não comer, e ele não disse que não devemos comer pra demostrar grandeza, ele disse porque faz mal para nós comermos esses animais que são impuros, fazem mal ao corpo e a nossa alma.

  10. Morena Flor disse:

    Para Jean Silva.

    Fontes:
    Empresa Coqueiro: http://www.coqueiro.com.br
    Revista Veja: http://veja.abril.com.br/151299/p_090.html
    Greenpeace: http://www.greenpeace.org/portugal/oceanos/captura

    Obs.: Num contato posterior com a empresa Coqueiro, o advogado Erich Olm obteve a seguinte resposta:

    Bom dia Erich!

    Agradecemos o seu contato com o nosso Serviço de Atendimento ao Consumidor Coqueiro. Com relação ao seu questionamento, esclarecemos que o atum é peixe de couro e de escama. O corpo é de couro e contém escamas na cabeça. A maioria das pessoas considera o atum um peixe de pele, mas isso acontece por conta do tamanho e quantidade das escamas do atum diferirem daquelas encontradas em outras espécies de peixe como as da sardinha, por exemplo. As escamas do atum são muito pequenas e estão mais concentradas na cabeça. Quanto às aletas (barbatanas), todas as espécies a possuem, e o tamanho é dependente da espécie e da idade. Existem várias espécies de atum, e todos têm barbatana e escamas.

    Atenciosamente,

    Maria Santana
    Atendimento ao Consumidor COQUEIRO
    http://www.perguntas.criacionismo.com.br/2010/07/atum-comer-ou-nao-comer.html

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s