Novos Manuscritos descobertos no Afeganistão – Descobertas podem lançar luz sobre mercadores medievais

Um pastor afegão entra em um dos lobos empoeirado no alto das montanhas da província de Samangan à procura de uma ovelha que se extraviou.

 Lá dentro ele não encontrou o que estava procurando, mas ao se retirar do local percebeu algo um tanto estranho – pedaços de pergaminhos espalhados pelo chão de terra…

O número de documentos encontrados somam-se cerca de 150, e segundo Prof. Shaul Shaked, da Universidade Hebraica “não há dúvida de que eles são autênticos”.

O especialista em antigos idiomas Persas dizem que ere nos pergaminhos incluiu-se uma cópia antiga do livro de Jeremia, além de outros documentos como poemas e registro de escrituração que podem nos ensinar sobre a vida cotidiana da comunidade daquele tempo.

Shaked acrescentou que os textos mostram que a comunidade pode ter sido uma seita do judaísmo que segue estritamente a Bíblia ao invés do Talmud.

Muitos manuscritos são fragmentos ilegíveis que sofreram os estragos do tempo. Mas Shaked acredita que os pergaminhos do Afeganistão podem ser “a ponta do iceberg.”

Ele disse que pode haver muitas descobertas mais naquela parte do mundo que poderia fornecer informações valiosas sobre antigas comunidades judaicas.

Outro fato curioso é que, se isso era parte de um assentamento judaico permanente, então para o professor, isso pode reforçar a ideia que, as 10 tribos perdidas estavam naquela parte do mundo…

Leia na íntegra em Jewish News

Nota: Costuma-se dizer que, de 100% do existe para ser explorado em escavações, menos de 5% é o que foi possível escavar. Se apenas 5% de tudo o que existe foi escavado, imagina então se pudéssemos ter acesso a tudo? Digo, se com tão pouca escavação a Bíblia e suas histórias são extremamente confirmadas, imagine em que situação ficarão os inimigos da Bíblia se pudéssemos ver tudo o que está escondido debaixo das terras? As pedras falarão…

About these ads
Esse post foi publicado em Criacionismo. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s