Falsos Profetas

lobo-em-pele-de-cordeiro

Os Falsos Profetas são pessoas que se colocam contra os 10 mandamentos de Deus, especialmente o quarto mandamento que obriga a guarda do sábado. Leia os 10 mandamentos aqui. Eles também diminuem Jesus Cristo, o chamando de mero professor, espírito evoluído, ou um deus entre muitos. Os principais falsos profetas do ocidente são:

  • Joseph Smith (O profeta da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias). Ensina que existem vários deuses e cada ser humano salvo já existia antes de nascer e também será um deus no mundo futuro. Ver Desenho Banido. Veja Documentário de 1980. Leia o Livro Orgias em Utah sobre a denominação.
  • Charles T. Russell (O profeta das Testemunhas de Jeová). As Testemunhas se orgulham de serem os verdadeiros representantes de Deus na Terra e de possuírem muito amor em seus corações, mas na prática são ensinados a ignorar e tratar friamente pessoas que deixam sua religião. São alvos de investigação do Ministério Público. E ensinam que Jesus é apenas um ser criado, o que é pecado. Veja o desenho banido sobre as doutrinas da Igreja. Veja também o documentário de 1986.
  • John S. Scheppe (O profeta do Movimento Só Jesus);
  • Kip McKean & Elena Mckean (Os profetas da Igreja de Boston)
  • Michael Nostradamus (O profeta do século XVI)
  • Vassula Ryden (A vidente do falso Jesus e da Nossa Senhora de Fátima)
  • Frank Shermann Land (O profeta da Ordem De Molay);
  • William Marrion Branham (O profeta do Tabernáculo da Fé);
  • Witness Lee (O profeta da Igreja Local);
  • Allan Kardec (O profeta do Espiritismo Moderno);
  • David Brandt Berg (O profeta dos Meninos de Deus ou Familiar do Amor);
  • Anton La Vey (O profeta da Igreja de Satanás);
  • Christian Rosenkreuz (O profeta do Rosa Cruz),
  • Harvey Spencer Lewis (O profeta da AMORC)
  • Helena P. Blavatsky & Annie Besant (As profetas da Teosofia);
  • Mary Baker (A profeta da Ciência Cristã);
  • Masaharu Tanigushi (O profeta da Seisho-No–Ie);
  • Toruchira Miki (O profeta da Perfecty Liberty);
  • Mokiti Okada (O Profeta da Igreja Messiânica),
  • Shri Hans Maharaj Ji (O profeta da Missão da Luz Divina);
  • Maharishi Mahesh Yogi (O profeta da Meditação Transcendental);
  • Bhagwam Shree Rajneesh (O profeta do Movimento Bhagwan);
  • Werner Erhard (O profeta do Est);
  • Victor Paul Wierville (O profeta do Caminho Internacional);
  • Herbert W. Armstrong (O profeta da Igreja de Deus em Worldwide);
  • Emanuel Swedenborg (O profeta da Igreja da Nova Jerusalém);
  • Charles Sherlock Fillmore & Myrtle Fillmore (Os profetas da Unidade);
  • Sun Myung Moon (O profeta da Igreja da Unificação);
  • A.C. Bhactivedanta Swami Prabhupada ( O profeta dos Hare Krishna);
  • Bahá-Allah (O profeta do Bahaísmo);
  • Raimundo Irineu Serra (O profeta do Santo Daime);
  • Manoel Jacintho Coelho (O Profeta da Cultura Racional);
  • Luiz de Mattos (O profeta do Racionalismo Cristão);
  • Iuri Thais – Inri Cristo (O profeta da Igreja da Suprema Ordem Universal da Santíssima Trindade);
  • Jeanine Sautron (Pretendia ser uma profeta adventista e foi rechaçada);
  • Alziro Zarur (O profeta da Legião da Boa Vontade);
  • Eurico Mattos Coutinho & Vó Rosa (Os profetas da Igreja Apostólica);
  • Jasmuheen (A profeta do Viver de Luz).
  • Lafayette Ron Hubbard (O profeta da Cientologia)
  • Tim LaHaye e Jerry B. Jekins, autores da série de livros Left Behind [Deixados para Trás] por espalhar a mentira do arrebatamento secreto.
  • Cláudio Heckert (Profeta Mariânico)
  • Pedro Régis (Profeta Mariânico)
  • Santa Vó Rosa
  • Princesa do Japão Kaoru Nakamaru

Total de 48 Falsos Profetas! Aceitamos novas sugestões…

E é claro não podemos esquecer de:

 

  • SATANÁS (O inspirador dos falsos profetas) e seus amigos que foram expulsos do céu (1/3 dos anjos).

Porque Ellen White (1827-1915) não é uma falsa profetiza?

jameswhite
James White e Ellen White por volta de 1850.

O que caracteriza de maneira explícita um falso profeta é que eles negam que Jesus Cristo seja o FILHO DE DEUS. Neste ramo estão todas as religiões como o budismo, hinduísmo, islamismo, paganismo, judaísmo moderno etc.  Alguns falsos profetas, afirmam que Jesus seja “um filho de Deus”. Negam que Ele seja UM com o Pai, ou seja, que Jesus seja o Eterno DEUS. Neste ramo, podemos citar o espiritismo e as testemunhas de Jeová. Um outro ramo, é formado pelas Igrejas Cristãs Decaídas. Seus pregadores ensinam que a lei de Deus foi abolida, (quebram o 4° mandamento, [Exodo 20:8-11] que requer a guarda do sábado, mas pedem o dízimo,  e exigem a virgindade até o casamento [2 leis divinas] caindo em contradição e hipocrisia). Neste grupo estão quase todas as igrejas cristãs.

Ellen White afirma em todos os seus livros que Jesus Cristo é o Eterno Filho de Deus, que Jesus Cristo é o redentor, criador e o grande legislador do Universo. Também afirma que é mais fácil as nações abolirem suas Constituições do que o Rei do Universo derrogar sua lei moral, confirmando o que Jesus disse  sobre a perpetuidade da lei (Mateus 5:17-18). Portanto Ellen White não é uma falsa profetiza.

PROGRAMA DA TV ADVENTISTA SOBRE O DOM DE PROFECIA

______________________________________________

Programa A LIGA [Band] – Tema: Cultos (o programa apresenta os maiores falsos profetas do Brasil)

Programa A Liga na íntegra exibido no dia 22 de novembro de 2011.

FALSO PROFETA

IDOLATRIA

Comentário do Youtube:

“Estou assustado… Mas a bíblia fala que estas coisas acontecerão… Seitas, heresias, macumbaria… “e entao os homens ajuntarão para si, falsos mestres que ensinarão o que eles queiram ouvir, pois os seus ouvidos estarão cerrados para a verdade do evangelho”

Palácio da Mente (Templo Particular)

Falta de conhecimento de Deus: O bem (7) eles chamam mal e o mal (666) eles chamam bem.

(Isaías 5:20) –  Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo!

65 respostas para Falsos Profetas

  1. Francisco Alves de Pontes disse:

    Mais uma sugestão de falso profeta:
    John Nelson Darby (1800-1882) fundador da heresia dispensacionalista, extenso e falso sistema escatológico que ensina, entre outras falsas profecias, o milênio temporal [reinado de Cristo por mil anos aqui na Terra e não no Céu como nos mostram as profecias bíblicas]; a volta dos judeus ao sistema teocrático e a reconstrução do templo de Jerusalém, etc. Ele é um dos precursores da falsa profecia do arrebatamento secreto. — Chico Bíblia

  2. leandro disse:

    irmãos denominacional adventista me disseram que vcs aceitaram a trindade para ser aceito como igreja, e vcs batizam como?

  3. IASD disse:

    Sempre aceitamos a divindade de Jesus Cristo. Sempre batizamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Somos a Igreja verdadeira de Apocalipse 14:12 e 12:17.

  4. IASD disse:

    Ellen White jamais errou. Mentiram pra vc amigo. Algumas pessoas pegam frases dela e tiram fora do contexto na Internet. E a doutrina do Juizo Investigativo não veio de Ellen White. No dia 7 de fevereiro de 1846 Hiram Edson, O.R.L CROSIER, F.B. HAHN publicaram na Revista Day Star a doutrina do Santuário Celestial de que Cristo em 22/10/1844 começou a purificar o santuário celestial. Eles que descobriram o juízo investigativo e não Ellen White. Nenhuma doutrina adventista foi criada por Ellen White.

  5. JULIO.RS disse:

    que coisa triste é a falta de revelasáo da palavra aonde o s jesus mandou repetir a ordem de mateus 28 19 e praquem foi dado a ordem de batismo ce não F para os 11 diciplos e onde ce cumpriu ce não foi em atos c 2 v 37até41 mostre me na biblia aonde alguma pesoa alguma ves foi batisada no batismo da trindade quem comesou com ese F batismo foi a igreja catolica de pois q matou os apostolosno ano 325 depois de cristo os dicipols sabiam que o nome do pai e do filho e do espirito santo.é(s j c) ebreus c 13v8 1° joão c 5 v 20 poso le provar de geneses a apocaipece que O S JESUS CRISTO É O UNICO DEUS E QUE ANTES DELE NÃO OUVE E D TAMBEI NAO AVERA .S JOÃO 1V 1……

  6. Carlos Beck disse:

    Desculpem incomodá-los mas eu peço e agradeço a gentileza de enviarem todo esse material sobre falsos profetas culminando com o fato de Ellen G. White não poder ser uma falsa profetisa para um pastos evangélico que está examinando as explicações da Igreja Adventista sobre várias passagens bíblicas e já concordando com algumas inclusive. O nome dele é : Pr. xxxxx e o e-mail é : xxxx Podem mandar em meunome se quizerem. Muito obrigado. Orem pelos resultados do Lares de Esperança. Hoje teremos aqui em casa. Cordialmente em Cristo me despeço agradecido. Pr. Carlos Beck (jubilado mas ainda na batalha até a tão esperada Volta do Senhor.

  7. IASD disse:

    Pr. Carlos Deck, estaremos enviando os artigos. Omitimos de sua mensagem o email dele para que não se torne público, mas já anotamos aqui. Deus te abençoe.

  8. mayzze disse:

    oiee….
    bom eu eu meu amigo estamos querendo indentificar um pofeta de um falso profeta como eu posso diferenciar eles dois???
    o falso e o verdadeiro??

  9. mayzze disse:

    por favor mande a resposta logo
    pois nós precisamos obg..
    bjUUu …. cheirOOo p/ todos…

  10. IASD disse:

    Olá Mayzze.
    Um Falso profeta:
    1- Diz que Jesus ou o Espírito Santo não seja Deus.
    2- Quebra os mandamentos de Deus, como por exemplo o sábado. Leia os 10 mandamentos em Exodo 20.
    3- Exalta os poderes pentecostais falsos de atualmente: O falso dom de línguas, as falsas curas etc.

    Seria bom vc citar a quem se refere. Mas desde o ministério de Ellen White (1915) não surgiu outro profeta em nosso mundo. Abraços

  11. Pingback: Resumo dos Ataques Papais Contra Deus « Adventismo em Foco

  12. Pingback: O Falso Profeta Cláudio Heckert « Adventismo em Foco

  13. Pingback: Falso Profeta Pedro Régis « Adventismo em Foco

  14. alexandre disse:

    Alexandro!
    Nãoi é assim que a biblia ensina a reconhecer um falso profeta!

  15. IASD disse:

    Alexandre, o artigo é bem genérico. Mas obviamente qualquer que nega Jesus é um falso profeta. Isto é tão obvio que achei que nem seria necessário maiores explicações. Abraços.

  16. Darkness Falls disse:

    Não gosto de citar nomes mas esqueceu de citar o nome do dono da Rede Record de televisão!

  17. edilson disse:

    Que nosso grande e maravilhoso DEUS possa estar conosco !
    Bem verificando este suposto “estudo”, por meio destas venho a salientar-lhes que o intuito de nosso Senhor Jesus Cristo é unir todo o seu povo. Meus irmãos, devemos olhar ao nosso redor como por exemplo as tragédias ocorridas nos Estados Unidos, em vez meus queridos de dedicar este espaço para atacar nossa Religião, devemos nos tornar-mos firmes para estender-mos a mão a quem necessita,
    pois o seres humanos são fracos, mas nosso DEUS é muito mais que forte, porque meus irmãos não é a religião que salva, mas sim o verdadeiro coração que temos aos olhos de DEUS. Existem corações sinceros em todas as denominações, pois não serão somente Metodistas Wesleyanos ou Adventistas que serão salvos, mas sim todos aqueles que buscam verdadeiramente ao nosso SENHOR JESUS CRISTO. Existem várias denominações de Igreja neste mundo, e creio com a ampla certeza que muitos outros irmãos nossos de outras denominações serão salvos, nào por suas práticas ou doutrinas, mas sim pelo seu verdadeiro coração aos olhos do nosso DIVINO
    DEUS, pois somente DEUS salva, cura e liberta-nos de todas a iniquidades, e creio com a mais ampla certeza que a nossa Igreja Adventista não é nenhuma seita como os irmãos nos julgam, mas sim uma Igreja verdadeira que busca sempre a verdade e o caminho da
    Vida eterna. No aguardo de Vossos possíveis comentários desejo-lhes que nosso DEUS ilumine sempre as nossas vidas para assim alcançar-mos as Mansões Celestiais.

  18. edilson disse:

    REFUTAÇÃO

    Isto não tem o menor fundamento Bíblico. Em Gênesis não consta que o sétimo dia fosse o sábado. Também não consta haver Deus ordenado guardar o sábado após a criação, Gn 2.3. As palavras que Deus disse ao homem foram: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e, sobre as aves dos céus, e sobre todo animal que se move sobre a terra”. Gn 28. O livro de Gênesis não menciona haver algum dos patriarcas guardado o sábado. O sábado só é mencionado como mandamento em Êx 16.23-30 e isso 2.500 anos após a criação.

    Os Adventistas jamais poderão guardar o sábado todos ao mesmo tempo, isto devido aos fusos horários. Permita-me esclarecer. Os Adventistas da Califórnia trabalham três horas no sábado dos Adventistas de Nova lorque. Os Adventistas da Costa Rica começam a guardar o sábado umas 12 horas depois dos Sabatistas chineses. O sábado na Austrália começa 8 horas antes do sábado na Califórnia. Como os Sabatistas vão saber que estão guardando o sábado

  19. José disse:

    Por favor desculpe se eu errar, mas vejo no contexto geral das religiões que há uma grande disputa no que se refere a verdade e que cada denominação está firmada naquilo que melhor interpreta a partir do seu ponto de vista.
    Vejo porém que a VERDADEIRA
    igreja foi destruida pelos romanos ainda no primeiro século e reerguida no quarto século também pelos romanos, trazendo agora a inclusão das práticas pagãs e fazendo com que os cristãos apostatassem da verdadeira obediência à palavra de Deus.
    Apesar da reforma luterana, ainda é necessário a renúncia de práticas herdadas pela igreja pagã.
    Práticas estas que ao meu ver foram introduzidas na cultura das nações , como por exemplo a guarda do domingo, natal, dias de honras, ( dias santo ) morada no céu, etc.
    Sei também que por ter nascido numa nação pagã, não temos a força de mudar a situação, mas podemos nos firmarmos nas instruções do senhor JESUS e não fecharmos os olhos para os mandamentos de DEUS, o que ao meu ver muitos denominados profetas estão desprezando os ensinamentos. Disse Jesus: AMARÁS O SENHOR TEU DEUS COM TODA A TUA FORÇA E COM TODO O SEU ENTENDIMENTO, Ainda que nossas forças dependam de outras forças que estejam posicionadas de formas contrárias as escrituras, no nosso entendimento nunca podemos deixar de proclamar as ordens de DEUS descrita nos seus mandamentos.
    O único mandamento que pregam com veemência é o dízimo, Daí da pra perceber os seus maiores interesse. E os outros mandamentos? Quem aboliu?
    Jesus não foi ! mateus 5: 17,18,19.

  20. Queridos a questão é muito simples, essas discussões são tão primitivas que fico de queixo caído. A questao verdadeira é que ninguém sai gananhando com isso, sinto muito mas a Igreja adventista não ganhou de Deus o papel de Juíza das outras denominações, ela está fazendo o que fizeram com ela, antes era vítima de acusações de ser seita agora contra ataca dizendo quem é e quem não é seita , ou seja, de vítima passou a ser juíza…
    Fico feliz por Jesus não fundar nenhuma Igreja, mas em nos fazer Igreja, eu sou Igreja enquanto portador das boas novas do Reino e alcançado pela GRAÇA de Deus que está exclusivamente em Cristo e não em uma mediadora institucional, seja ela batista, presbiteriana, luterana , adventista ou metodista ( embora eu frequente a presbiteriana ) Não sou o dono da verdade pois a verdade não é algo que se possa possuir, mas deve-se pelo contrário ser possuído pela única verdade absoluta. CRISTO.
    A minha religião é a mesma do ladrão da cruzpendurado à direita de Jesus.
    Não guardou o sábado nem o domingo,não foi batizado por aspersão ou imersão, nao foi calvinista como eu , não tinha boa aparência, não tinha boa conduta, mas olhou para o ÚNICO< vou repetir O Ù N I C O que pode trazer vida eterna. Jesus e o confessou como Senhor da sua vida e foi com ELE para o paraíso.
    Ser adventista, metodista ou presbiteriano , não garante nada, não cometamos o mesmo erro dos judeus do 1 século que acreditava que o fato de pertecerem á nação de Israel possuiam então o PEDIGREE celeste. Confrontados por Jesus disseram ser filhos de Abraão e Jesus disse que eles eram filhos do DIABo, pois faziam a vontade do diabo
    Portanto senhores amantes de fábulas e de discussões intermináveis, ninguem aqui tem razão, estamos todos igualmente errados, pois a única razão plausível é a da Cruz e a do homem que lá sangrava para o perdão dos nossos pecados. O resto é resto, dogmas e enfeites daqueles que amam verdade teológica em vez de amarem a verdade que encarnou-se morreu e ressucitou por todos nós.
    Atentemos para a declaração do Senhor à Igreja de èfeso quando afirmouq ue eles odivam as obras dos nicolaítas e que ele Jesus também odiava, mas entretanto perderam o primeiro amor. Muitos de nós odiamos obras dos nicolaítas (heresias que ameaçam nosso "curral" mas a pergunta é, estamos amando mais? acredite Jesus não lê o que prescreve o manual das vossas Igrejas, mas prescruta o vosso coração.
    A paz, se é que a tem…

    Reverendo Anderson Batalha
    pastor-batalha@hotmail.com

    Que Jesus abençõe a todos e que a graça que nos comprou não perca a eficácia entre nós.

  21. Manoel Bandeira disse:

    Falta acrescentar na lista Willian Miller (ou Guilherme Miller) afinal ele marcou a volta de Cristo de forma literal para 1983 e depois para 1844 e nada!

  22. andrey disse:

    para mim um premio de grande falso profeta e Edir macedo,igreja catolica e o programa vejam so,fonte da vida alguns que falei roubam dinheiro da igreja e muitas igrejas(como testemunhas de jeova)imitam muitos escritos de elen g.white.

  23. Bruno disse:

    O Profeta Maomé é classificado como falso ou verdadeiro?

  24. Carlos Beck disse:

    Um pastor (não adventista) amigo meu argumenta que a sua igreja celebra a Santa Ceia com vinho alcoólico prque em 1Co.11.21 é citado que embriagavam-se e portanto a celebração ocorria com vinho alcoólico. Ele está pesquisando e gosta dos adventistas mas gostaria de uma explicação mais abalisada visto o verbo no grego , methuo significar sempre embriagar-se mesmo. A B´blia de Estudo Pentecostal forneceu uma explicação que não o satisfez. Em vista disso eu solicito a gentileza de enviarem por e-mail nossa explicação sobre o texto mostrando a inviabilidade de abonar o uso de vinho alcoólico na Santa Ceia. Se não fosse pedir demais, e já agradecendo eu solicitaria que enviassem a explicação para o e-mail e para o meu tambem. Pr. Telmo Weber: telmoweber@hotmail.com meu e-mail: carlosbeck60@hotmail.com Muito agradecido e que Deus continue inspirando-os com Sua graça. Obrigado.Carlos Beck (pastor jubilado).

  25. francisco barboza dos santos disse:

    Religião e futebol nao se deve discutir, pois todas a religiões tem seu lado falho , suas mentiras então nao devemos julguar , pois todos nos somos filhos de deus.

  26. Thomas Ferreira disse:

    Cuidado Reverendo anderson… edilson.. e elismar… e os outros que comentaram este artigo com o pensamento errado de que a Igreja visivel de Deus para os ultimos dias não é a igreja adventista do sétimo dia.
    vcs podem, sem perceberem, estar entrando nesta lista de falsos profetas.

    não estou condenando-os, apenas, como irmão, estou vós advertindo.

    estudar a biblia de forma sincera é o meu desejo a vcs! :)

  27. lailataise disse:

    Olá,estive a fazer pesquisas sobre Ellen G. White e fiquei confusa ao ver um OBESLICO em seu jazido!!!Como explicar esse Simbolo marsonico?

  28. e240 disse:

    O PAPA BENTO XVI NUNCA ESTEVE CONTRA A DEMOCRACIA, ELE SEMPRE ESTEVE POR DETRAS DELA . DEMOCRACIA É O NOME DO SISTEMA GOVERNAMENTAL DO DIABO; [DEMO] DERIVA-SE DA PALAVRA DEMONIO; [CRACIA] … QUER DIZER [GOVERNO].DEMONIOS QUE GOVERNÃO OU GOVERNO DE DEMONIOS. OUTRA COISA [DEMOCRACIA ]NÃO TEM NADA A VER COM[ LIBERDADE], E SIM TUDO A VER COM [LIBERTINAGEM] OS PAPAS SEMPRE FORAM CONTRA O SISTEMA [GOVERNAMENTAL DE DEUS,... SENHOR JESUS CRISTO] E O NOME DO SISTEMA GOVERNAMENTAL DE DEUS É [TEOCRACIA] QUE QUER DIZER[ GOVERNO DE DEUS]. [TEO];… QUER DIZER[ DEUS ] [ CRACIA ] QUER DIZER[ GOVERNO] OU SEJA [GOVERNO DE DEUS] TEOCRACIA SIM É A UNICA E VERDADEIRA LIBERDADE CONSTITUIDA POR DEUS E NÃO DAR O DIREITO A NENHUMA LIBERDADE RELIGIOSA. POIS DEUS NÃO DIVIDE O SEU GOVERNO COM NENHUM OUTRO GOVERNO ELE NÃO DA SUA GLORIA E NEM TÃO POUCO DIVIDE COM NINGUEM OK?. SE POIS O FILHO VOS LIBERTAR VERDADEIRAMENTE SEREIS LIVRE!!!!!

  29. arigon16 disse:

    Desculpem, pelos meus comentários tão atrasados, mas na verdade tomei ciência deste site ASD há pouco tempo. Devagar estou lendo comentário por comentário, e tirando minhas conclusões a respeito, afinal aqui é uma espécie de “Fórum”, livre para escrever o que quiser, porém livre para se ler e ouvir tambem. É bom que se diga sobre aquele velho e bom ditado; “Quem fala e escreve o que quer, tambem está sujeito á ouvir o que não quer”. Analisando a lista dos maus profetas, ela está mais para uma folha corrida policial, do que propriamente nos seus objetivos, Falsos Profetas. Na minha opinião faltou encabeçar tanta gente nesta lista, porque sem intenção de ironizar, mas quantos maus profetas, estão por aí fundando novas igrejas, e tentanto seguir os exemplos de alguns bem-sucedidos, financeiramente falando. Se enfiaram até nas câmaras dos deputados á nível estadual e federal, para com isso pelas influências que o cargo oferece, obter-se proveitos aos seus dignos Pastores, acobertando falcatruas em vários níveis, a exemplo da Receita Federal. Um caso de Polícia realmente. Para isso “cobram” de inocentes da fé e a isso até o próprio Deus reconhece como uma vítima da falsidade do próprio homem, naqueles que depositam muitas vezes súa única nota, que talvez fosse para comprar um litro de leite aos seus filhos.
    Depositam nestes profetas e seus comparsas, travestidos á caráter de terno e gravata, todas as suas esperanças, a de um novo emprego, de um drama familiar, de saúde, e muitas vezes segundo seu mérito, são atendidos pela misericórdia divina, por se tratarem de vítimas da ganância financeira e do poder, tão explícito na Grandeza destes Templos de pedra.
    Pior, ainda utilizam o nome do Mestre e Guia da Humaniade para conseguirem seus objetivos. E novamente a advertencia do Cristo; “Virão em meu nome tantos Falsos Profetas, tenha cuidado com eles. Profeta, na concepção do termo é aquele, intermediário, entre o céu e os homens, que pode ser enganado sim, mas muito mais pelas suas fraqueza de caráter, que propriamente pela religião. Deus não protege ou diferencia essa ou aquela religião, por ser uma livre escolha do direito do livre arbítrio do próprio homem aqui na Terra. A exemplo do Mestre Jesus, que não fincou nenhuma bandeira, ou pedra fundamental de nenhuma religião. Veio apenas pregar a moral cristã entre os homens. Deus, o Pai de todos não julgará nenhum de seus filhos pela religião qual ele era adepto, mas sim pela sua conduta, seu caráter e sua moral. Um ateu pode ter muito mais mérito que um profissisonal da religiosidade. “Porque, áquele a quem muito foi dado, muito será exigido”. Tem até um frase muito interessante que disse o Físico Albert Einstein: “Si o homem segue o bem porque tem medo do inferno, essa pessoa não é boa, apenas é covarde e hipócrita.” E si pratica o bem para ter direito ao paraíso, não existe bondade e sinceridade alguma em seus atos: só oportunismo e é um interesseiro que só visa a recompensa, não passa de um mercenário. Deus não joga dados” . Ora o Gênio da Teoria da Relatividade, sabia bem o que estava falando..Também nós podemos considerá-lo um profeta das ciências, e agora que sabemos de sua íntima ligação com a idéia de Deus, porque não cognominá-lo também de um profeta de Deus? Porque profeta não é só aquele que traz a mensagem de Deus, mas principalmente aquele que traz uma mensagem, que toca nosso coração sem dúvidas, soberba ou orgulho. Existe ainda aquele Falso ou mau profeta que perante seus confrades, perante seus seguidores de crença, porta-se como á um carneiro, á exemplo acima. Mas no convívio do lar, trata-se de um falso profeta. Atentem pois para os verdadeiros profetas..Pois nos advertiu tão bem o Mestre..”Não é aquele que diz Senhor!..Senhor! que entrará no reino dos céus, mas aquele que fizer a vontade de meu Pai…” Além do mais, quem somos nós para julgar os atos de irmãos nossos, se também seremos igualmente julgados? É só pensar um pouco, tirar a roupa do orgulho da religião, desarmando nosso coração, que alcançaremos o Cristo dentro de nós. Fica na Paz..!

  30. arigon16 disse:

    Thomas Ferreira, voce com suas ameças me faz até tremer de medo..! Já pensou se meu nome também vai para a lista dos Falsos Profetas?..Desculpe ridicularizar, mas não tem como ser de outra forma. A maneira como voces tratam outras religiões, deixa esta lacuna como contra-resposta. Na minha humilde opinião, porque a verdade ainda está muito longe de nós, vcs estão é perdidos na sua crença, porque ainda estão “atrelados” ” fanatisados”no Antigo Testamento, textualmente falando.
    Tanto é verdade que não conseguem livrar-se deles, no apelo desesperado á letra antiga. O Novo Testamento foi tratado com sendo “Novo” por Jesus, exatamente por isso, porque veio interpretar o que não era cabível ao entendimento humano daquela época. A Boa Nova não dispensa estudos muito mais aprofundados, que precisam ser interpretados tão sómente na figura, e no caráter de Jesus, que veio ensinar o Amor, na sua essência Messiânica.
    Enviado de Deus aos homens ele afirmou: – “Eu sou o caminho a verdade e a vida, ninguém vai ai Pai, a não ser por mim.”
    Você quer mais informação que esta?..Queria que Jesus fosse mais claro que isso?
    E, essa outra; “O tempo passará, tudo irá passar, mas minhas palavras não passarão..”
    Ora, vocês precisam urgente ter com Ananias, tentar restituir a cegueira, retirar as escamas que cegam o espírito. A exemplo do Saulo de Tarso, o Rabino Judeu, que precisou á caminho de Damasco, ter a visão deslumbrante do Cristo em espírito, e ouvir suas palavras como se fosse um trovão vindo dos céus.
    -“Saulo, porque me persegues”. – Então, Saulo, Rabino Judeu naquele momento crítico da sua vida, convertido ali mesmo no Apóstolo do Cristo responde: – Mestre, o que queres que eu faça?
    E nós na atualidade respondemos aos ASD, convertam-se integralmente á Boa Nova, porque a lista verdadeira dos Falsos Profetas, se baseia na lista que só Cristo possue. Porque só Ele, conhece o coração de cada um de nós, um por um. E não uma lista, hipócrita, de um simples mortal, que se intitula dono da verdade. Caia na real..! Porque ainda dá tempo..! Assim como Saulo, o convertido de Damasco.
    Vou repetir; “Não é aquele que diz, Senhor..!Senhor..! que entrará no Reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai.” – Jesus
    Deu prá entender..? Fica na Paz..

  31. Evanice Dias disse:

    A minha opinião é o que diz a palavra de Deus:

    A obra de cada um se manifestará; na verdade o dia a declarará, porque pelo fogo será descoberta; e o fogo provará qual seja a obra de cada um. 1 Coríntios 3:13.

    Cada um se fartará do fruto da sua boca, e da obra das suas mãos o homem receberá a recompensa. Provérbios 12:14.

    O nosso deve é pregar a verdade da palavra de Deus, como Jesus mandou:

    E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Marcos 16:15.
    Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. Marcos 16:16.

    Agora quem estiver mentindo e praticando qualquer outro pecado é quem vai ser lançado no lago de fogo, juntamente com o diabo e seus anjos, que é a morte eterna:

    E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.

    E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida.

    Quem vencer, herdará todas as coisas; e eu serei seu Deus, e ele será meu filho.

    Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte. Apocalipse 21:5-8.

  32. se for colocar todos os falsos profetas atuais aqui !! a lista ia ficar enorme..

  33. ENTREI NA PÁGINA SÓ POR CURIOSIDADE…
    CARAS VOCÊS SÃO LOUCOS. dIZER QUE A MARCA DO DIABO É O DOMINGO. PERDERAM TODA A RAZÃO… PODERIA INCLUI-LO NA LISTA.

  34. A única maneira de saber se tais homens são falsos, é conhecendo a verdade e conferindo-a.
    Nas igrejas de modo geral, sempre á falsos profetas, não adianta falar desse ou daquele. sitam nomes de falsos que foram grandes homens de Deus, e que seus testemunhos ainda falam até hoje, e logo aparece alguém pretensioso p/ deturpa-los , esquecendo que em suas igrejas estão cheia de ditadores que manipulam o povo sem que eles percebam, basta ver o que eles pregam e verá que não estão nem ai c/ salvação. seus objetivos é o dinheiro. vejam que o objetivo Bíblico é a vida eterna, e a volta do senhor que segundo a Bíblia esta á mão. mas vejam os planos desses homens : grandes templos, fama ,dinheiro, ser conhecido na TV, viagem p/ exterior, e dando uma de santarrão, são todos semi-deuses. faça um teste, vá cada domingo em uma igreja , e depois me falem. pazzz.

  35. jrmanaus disse:

    Olá amados.
    Ao lermos a bíblia observamos que Deus usa profetas ( Amos 3:7 Joel 2:28). Mas a biblia nos mostra que não devemos dar crédito a qualquer profeta mas antes devemos testá-lo e a bíblia nos mostra as provas:

    Prova 1
    O verdadeiro profeta sempre promove o obediência à vontade de Deus. (Deuteronômio 13:1-4.). A bíblia mostra que Deus dá o Espirito Santo aqueles que obedecem (Atos 5:32)

    Prova 2
    Suas profecias quando não condicionais, sempre se cumprem. Veja por exemplo o caso de Nínive. Jonas profetizou que a cidade seria destruída SE o povo não se arrependesse…Porém a cidade não foi destruída. Teria o profeta errado? Não, era uma profecia condicional…SE o povo NÃO se arrependesse, a cidade seria destruída, mas o povo se arrependeu…

    “Quanto ao profeta que profetizar de paz, quando se cumprir a palavra desse profeta, então será conhecido que o Senhor na verdade enviou o profeta”. Jeremias 28:9.

    Prova 3
    O verdadeiro profeta fala de acordo com a Lei de Deus e o testemunho da bíblia. (Isaías 8:19, 20.). Não faz sentido o profeta dizer que a salvação é pela graça, mas permite que os filhos de Deus quebrem sua lei, visto que pecado é a transgressão da lei (1º Jo.3:4) e pela lei vemos o pecado (Rom.3:20), para que possamos ir a Cristo nosso salvador, caso pecarmos…Ou seja, somos salvos pela graça, mas a salvação nos leva a obediência

    Prova 4
    Os frutos da vida do profeta revelam suas credenciais divinas. “Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores”. Mateus 7:15. Ou seja, veja a vida do profeta, seu ministério, seu comportamento, seu testemunho e se aquilo que fez está prosperando…

    Prova 5
    Os Verdadeiros Profetas enfatizam a Jesus Cristo. (I João 4:1-3). A bíblia mostra que o povo do tempo do fim, tem Cristo como centro de sua fé (apoc.14:12). Por maiores milagres que faça, se não reconhecer Cristo como salvador e centro de nossa fé, certamente é um falso profeta

    Ai está, a bíblia, a palavra de Deus nos mostrando como reconhecer um falso profeta. Cabe a nós analisarmos os ministérios de tais profetas e verificar se eles passam em TODOS esses testes…

    Um abraço

  36. Oriva Mello disse:

    Irmãos queridos, não pertenço a nenhuma religião de vocês, mas desejo a luz para todos e para a humanidade! Tirem da mente o mente de quem esta certo ou errado, pois ninguém vai lhe tirar a VERDADE que bater no seu coração! O nosso mundo existe, para sermos felizes e alegres! e Alegrar e amar os que estão proximos de nós! Assim.. de coração em coração vamos encontrar nossa paz interior e consequentemente, a Paz Mundial!

  37. jrmanaus disse:

    Olá Oriva,
    Não é uma questão de quem está certo ou errado. É a biblia que mostra que existem falsos profetas e que farão muitos milagres e prodígios e enganarão muitas pessoas (leia em Mat.7:21-23). A biblia diz: “Acautelai-vos dos falsos profetas” (Mt 7.15). Nós fomos comissionados por Deus para levar a verdade que liberta (Mat.28:19-20) e seremos cobrados de Deus por isso.
    Nosso mundo possui coisas boas, é verdade, pois Cristo morreu pelo pecador que aqui mora…e devemos amar o nosso próximo…Mas a biblia nos orienta a não amarmos as coisas desse mundo, “Não ameis o mundo, nem o que nele há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele”. (1º Jo 2.15).
    Queremos a paz mundial, quem não quer? mas isso não será possível em sua plenitude, isso é profético (leia sobre as profecias do apocalipse, especialmente os capítulos 12, 13 e 17). Somente com a volta de Cristo é que reinará a paz em 100% do mundo

    Jesus está voltando e devemos preparar o povo para Sua volta

    Um abraço

  38. O inportante mesmo e saber que Deus realmente existe, eque esta preste a voltar e que devemos nos preparar pra quando ele chegar.
    E bom que cada um tenha o senhor Jesus como seu senhor e salvador.
    Em vez de estarmos ai a apontar as pessoas se sao ou nao enviados de Deus, isso ate a biblia diz que nos tempos do fim aparecerao falsos profetas, e por esse motivo que devemos nos preparar para que nao caiamos na ira do senhor.

  39. jrmanaus disse:

    Olá Afonso,
    É fundamental reconhecermos os falsos profetas, pois é uma orientação bíblica

    A biblia diz em Mateus 7:15 para ficarmos atentos aos falsos profetas. você mesmo comentou que devemos nos preparar para que não caiamos. Como então nos preparar? a biblia diz: “Examinai as escrituras” (João 5:39).

    Irmão, Jesus mostra que muitos que efetuavam milagres, expulsavam demônios em nome Dele, são rejeitados pelo próprio Jesus! (Mateus 7:21-23), por que será? Porque eram falsos profetas. Analisemos o texto:

    “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.”Mateus 7:21-23

    Jesus ainda complementa:

    “E surgirão muitos falsos profetas, e ENGANARÃO a muitos” Mateus 24:11

    “Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e ENGANARÃO a muitos”
    Mateus 24:5

    O apóstolo João também complementa:

    “Porque já muitos ENGANADORES entraram no mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Este tal é o enganador e o anticristo”. 2º João 1:7

    Pedro também complementa:

    “E também houve entre o povo FALSOS PROFETAS, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição” 2º Pedro 2:1

    Jesus e os apóstolos claramente nos alertam a respeito dos falsos ensinadores. O que devemos fazer então? Certamente obedecer o Mestre e examinar as escrituras, para não sermos enganados por falsos ensinadores

    Um abraço

  40. Lucas Mota disse:

    Nossa, mas vocês gostam de Falar em parece um Fórum.
    Mais de qualquer forma sou a favor de pregar a verdade.
    Nos não julgamos ninguém, só falam o que esta escrito na Bíblia.
    Nós não condenamos ninguém a própria Bíblia fala pro si só.
    Portanto chegamos a conclusão que nós só falamos o que esta escrito na Bíblia.
    Nada Mais.

  41. - “Disse o meu anjo assistente – Ai de quem
    mover um bloco ou mexer um alfinete dessas
    mensagens” (Primeiros Ensinos, p.258)
    – anjo assistente? – veja Gálatas 1:8-9
    – nosso assistente é o Espírito Santo – João 14:26

    A Profecia de Daniel 8:14
    – Santuário a ser purificado era a Terra
    – 2.300 “dias proféticos” – dia=1 ano (Nm 14:34,
    Ez.4:6)
    – Início da profecia: Daniel 9:25 – 457 AC
    (Esd.7:11-26)
    – 457 AC + 1843 anos = 1843 DC
    – Remarcado para 22-10-1844
    Refutação: não devemos saber o dia da volta
    de Jesus (Mt.24:36, At.1:7); as 70 semanas de
    Daniel não têm interpretação fácil –Dn 9:25;

    reconstrução do templo ou da cidade de
    Jerusalém? (Esd.7:11-26); qual a data para o
    decreto de Artaxerxes? 445 ou 457 AC; 2300
    meio-dias, dias ou anos?
    A Visão de Hiran Edson
    – 22-10-1844 foi o “Dia do Grande
    Desapontamento”
    – Miller errou quanto ao local, mas acertou na data
    – Local não era a Terra, mas o lugar Santíssimo
    – Jesus iniciou nessa data o Juízo Investigativo
    antes de completar a obra de redenção do homem
    Refutação: Mentiras em nome de Deus
    (Jó 13:7); um abismo chama outro (Sl.42:7)

    digno de ter parte na primeira ressurreição.
    Também torna manifesto quem, dentre os vivos,
    está preparado para a trasladação ao Seu reino
    eterno. A terminação do ministério de Cristo
    assinalará o fim do tempo da graça para os seres
    humanos, antes do Segundo advento.” (As
    28 Crenças Fundamentais – hiperlink – http://
    http://www.igrejaadventista.org.br/crencas.asp)
    COMENTÁRIOS:
    – Para justificar o fracasso do advento, Hiran
    Edson desenvolveu a heresia da purificação
    do Santuário Celestial (Hb 9:24)
    – Jesus ficou no lugar santo celestial desde
    sua ascensão fazendo apenas serviço dos
    sacerdotes
    – Iniciou a obra de sumo sacerdote em 22-10-
    1844 quando entrou no lugar santíssimo do
    santuário celestial
    – A expiação na cruz confere perdão, mas não
    cancela os pecados
    Refutação: Jesus entrou na presença de
    Deus após sua ascensão (Hb.6:19-20; 7:23-28;
    8:1-2; 9:1-14, 24-26; 10:19-20). A expiação feita
    por Jesus na cruz anula para sempre os
    pecados (Ef.1:7; 1 Jo.1:7)

  42. Hoje o mundo vive num relativismo, e a verdade virou mentira. Fico assustado com esses comentários acima, mas estamos no fim. A lei de Deus é eterna, e o sábado é o divisor de águas. Só existem dois senhores, ou você adora á Deus ou á Satanás. Aqueles que se opõem á lei de Deus automaticamente adora aquele que foi sempre contra Deus, Satanás.

  43. engraçado, mas hellen white que errou marcando a vinda de cristo,e dizendo que cristo levou pecado para o céu e contaminou o céu, ninguem fala que ela é FALSA PROFETA. mas fazer uma lista de homens que vçs julgam ser falsos profetas por causa do SABÁDO. REALMENTE VÇS SÃO DO SETIMO DIA(SABÁDO).

  44. 10 Mandamentos é norma de Deus mostra pra agente o que pecado como a bíblia diz o que é pecado ,. Pecado é transgressão da lei , parar ir pra céu jesus disse muitas fezes guarda os mandamentos . temos guarda todos não 9 ou 7 5 mandamentos tem ser todos deixamos de obedecer algum estamos em pecado . a bíblia diz que os pecadores não herdarão o reino do céus . é simples não adianta dizer do sábado é 4 mandamento é pra ser obedecido . muitos cristão dizem que Jesus a aboliu o mandamentos fez dois so Amar A Deus e Amar Aproximo . quer dizer agente ficou livres podemo matar roubar desrespeitar nossos pais trabalhar no sábado cometer Adútero Ja que foi abolido os mandamento de Deus . Vamos para de hipocrisia Jesus apenas simplificou o mandamentos Amar Deus De que maneira..

    1 – Então falou Deus todas estas palavras, dizendo: Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de mim.

    2- Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam. E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos.

    3 – Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.

    4- Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro, que está dentro das tuas portas. Porque em seis dias fez o Senhor os céus e a terra, o mar e tudo que neles há, e ao sétimo dia descansou; portanto abençoou o Senhor o dia do sábado, e o santificou.
    Então gente ainda vamos procurar dúvida ainda temos que estudar a escritura profundo revelara toda vedade
    E Amar Próximo como fazer isso

    5 – Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.

    6 – Não matarás.

    7 – Não adulterarás.

    8 – Não furtarás.

    9 – Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.

    10 – Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.

    Tem Coisas que são Óbvia. Para todos nois ficamos sempre buscando brechas dizer prefiro ficar neutro . Tenho Meu Serviço , pagos minhas contas , não mato não roubo o tou di boa suave . Bom Ate Momento que não sabemos das boas novas de jesus . olha só depois falam pra gente pra nois caminho tem que seguir ai complica ou de Deus ou De Satanás não tem Outra Maneira . não tem essa de ficar neutro . Você que esta lendo esse comentário que ficar no time Deus é isso ? Deus Abençoe seja bem vindo pega sua bíblia estude aprenda ore muito pratique tudo que a bíblia ensina . Em vez Criticar vamos praticar Boas nova de Jesus se Nós estamos numa boa com Jesus Estamos Infinitamente melhor o que acha da ideia ?
    Bom Gente é isso ..

  45. portanto ninguem vos julgue,ou pelo beber, ou pelo comer, ou pelos dias de festas,ou pela lua nova ou dos sabados
    colossenses 2:16, nova aliança e preciso ler mais a biblia

  46. Lei todos comentarios,,tenho 42 anos,,e numca vir un homen falar
    tanta verdades con tao pocas palavras como nosso irmao reverendo Anderson Batalha…
    estou segura que nosso Deus esta orgulhoso de ti,,amen….eu quardo o sabado…no sou adventista,,o Deus que conheco e puro amor,,,no un ditador como prega muitas religioes….o pior de tudo e que muitos de ves de pregar o amor de cristo asin a nosoltros,,,o que cemeia e puro odio e falta de amor proprio e a proximo….estan sendo usado pelo proprio inimigo e nem se quer se da conta….as vezes fico penssando de verdade leen a biblia??

  47. fabiozerolg disse:

    QUEM GUARDA OS MANDAMENTOS DE DEUS E TEM A FÉ EM JESUS,ESSE SERÁ SALVO CONFORME APOCALIPSE 12.NÃO ADIANTA DISCUTIR OU ACHAR QUE SÓ PQ TEM DEUS NO CORAÇÃO NÃO PRECISA REVERENCIAR A LEI,GUARDE OS MANDAMENTOS PQ ELES NUNCA FORAM ABOLIDOS.VER EM MATEUS 5;17-19

  48. Rafael Negrao disse:

    Caminhais para um futuro de grandes confusões espirituais. Muitos que são fervorosos na fé tornar-se-ão indiferentes. Decisões serão tomadas e grande revolta haverá. Dias difíceis virão para a Igreja do Meu Jesus.

  49. Renata E Daniel Lopes disse:
    novembro 7, 2011 às 12:54 pm
    ENTREI NA PÁGINA SÓ POR CURIOSIDADE…
    CARAS VOCÊS SÃO LOUCOS. dIZER QUE A MARCA DO DIABO É O DOMINGO. PERDERAM TODA A RAZÃO… PODERIA INCLUI-LO NA LISTA.

    Minha opinião é que, se vc. aceita uma doutrina que mudou as Leis de Deus e a adota como a correta, você está realmente no caminho daqueles que irão sofre as consequências do juízo de Deus.
    A questão realmente não é só o domingo, a questão é aceitar a mudança do que Deus determinou pelo o que o homem mudou.

  50. Evertom Lopes Miguel disse:
    agosto 6, 2012 às 6:35 pm
    portanto ninguem vos julgue,ou pelo beber, ou pelo comer, ou pelos dias de festas,ou pela lua nova ou dos sabados
    colossenses 2:16, nova aliança e preciso ler mais a Biblia.

    Pois é Evertom, Paulo está certíssimo, que ninguém vos julgue, pois somente a um caberá julgar a todos, mas Deus não muda.
    Não erreis, meus amados irmãos.
    Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.
    Tiago 1:16-17
    E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.
    Porque, se alguém é ouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural;
    Tiago 1:22-23
    Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos.
    Porque aquele que disse: Não cometerás adultério, também disse: Não matarás. Se tu pois não cometeres adultério, mas matares, estás feito transgressor da lei.
    Tiago 2:10-11
    Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma.
    Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras.
    Tiago 2:17-18
    Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta.
    Tiago 2:26
    Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão, fala mal da lei, e julga a lei; e, se tu julgas a lei, já não és observador da lei, mas juiz.
    Há só um legislador que pode salvar e destruir. Tu, porém, quem és, que julgas a outrem?
    Tiago 4:11-12

  51. Olá, me chamo Flávia e pouco entendo sobre a Bíblia. Venho frequentando a Igreja Adventista há alguns meses e vem me fazendo muito bem. Comecei a pesquisar sobre a religião e achei coisas horríveis sempre envolvendo Ellen White. Minha dúvida é: Porque essa mulher é tão mencionada durante os cultos? Depois de pesquisas, vi que ela é defendida como uma santa, é como se vcs a adorassem, como se ela fosse uma santa… isso não é pecado?

    Obrigada!!

  52. IASD disse:

    Flavinha, considerados Ellen White como profeta como Isaías, Jeremias ou Hulda (que foram profetas nos tempos antigos). Mas não cremos que esteja viva, (pois Jesus ensinou que os mortos ressuscitam na sua volta) e nem a louvamos ou veneramos.

  53. Alisson Alves disse:

    ROMANOS 14 — PRIMEIRA PARTE
    A epístola aos Romanos além de ser um hino de exaltação à Lei Moral é também, por excelência, um doutrinal de justificação pela fé. E aqui, da mesma forma que se nota nas outras cartas paulinas, os “judaizantes” não lhe davam tréguas. Pelo “filtro” do capítulo 14 desta epístola, vemos como solertemente eles tentam injetar a heresia da justificação pelas obras da Lei Cerimonial, entre os discípulos.
    Por isso, vamos abrir bem os olhos para alcançar de forma clara, o que Paulo diz neste capítulo para desanuviar a confusão gerada nos leitores atuais desta epístola que, com a maior sinceridade, pensam ter sido cancelado o Sábado, ao lerem:
    Romanos 14:5
    “Um faz diferença, entre DIA e dia, mas outro julga iguais todos os dias…”
    A pessoa sincera, que ainda não entendeu a santidade do quarto mandamento da Lei de Deus, pensa que neste texto Paulo o desdenha. Não, não é assim!
    Especificamente neste contexto, veja o que se encontra na Didachê (palavra grega = arte de ensinar):
    “Vossos jejuns não devem ser feitos nos mesmos dias com os hipócritas, pois eles jejuam na segunda-feira e na quinta-feira, mas deveis jejuar na quarta-feira e na sexta-feira.” – Edgar Goodspeed, The Apostolic Fathers, An American Tranlation (New York: Harper and Brothers, 1950), pág. 14. Citado na RA, 08/98, pág. 9.
    Foi esta tresloucada disputa cerimonial que levou Paulo a escrever Romanos 14:5. Isso é claro pelo testemunho documental da Didachê. Mas, Paulo fala de outro dia que muitos, não compreendendo, aceitam como se tratando do Sábado semanal – o dia do Senhor.
    Bem, esquecendo a Didachê, o primeiro passo a dar para se desvendar o assunto, é descobrirmos de que DIA trata. Convém lembrar que este problema também ocorreu com os Gálatas, e Paulo assim os repreendeu. Observe:
    Gálatas 4: 10 – “Guardais DIAS, e MESES, e TEMPOS, e ANOS.”
    Não esqueça: os “professores judaizantes” trabalhavam assiduamente para subverter o cristianismo. Também tentaram infiltrar-se entre os crentes de Colossos, e Paulo novamente os repele, veja:
    Colossenses 2: 16
    “Portanto, ninguém vos julgue… por causa dos DIAS de festa, ou da LUA NOVA, ou dos SÁBADOS.”

    Específicamente, neste texto, Paulo extravasa o assunto de maneira muito clara e abrangente, assegurando que a exigência dos “judaizantes” em todos os lugares onde se infiltrassem era a mesma:
    Guardar DIAS, MESES, TEMPOS, ANOS, LUAS NOVAS e “SÁBADOS”

    Isto daí, meu irmão, eram os festivais sabáticos dos judeus religiosos. Você os encontrará nestes livros: Isaías 1: 13. Oséias 2: 11. Amós 5: 21-22. Jeremias 6: 20; 7: 21-24; 14: 12. Miquéias 6: 6-7. I Crônicas 23: 31. Esdras 3: 4-5, etc.
    Portanto o – DIA e DIAS – de Romanos 14: 5, é o próprio de Gálatas, também o mesmo dos Colossenses, e não é outra coisa senão as festas judaicas que compunham a Lei Cerimonial, a saber:

    ATENÇÃO – GRÁFICO 1

    Estes festivais obedeciam a um calendário anual e quando chegavam, o DIA era considerado sábado e revestido de toda a santidade conferida ao Sábado do sétimo dia da semana. Para você compreender bem o assunto, leia o capítulo GÁLATAS À LUZ DA BÍBLIA e SÁBADO – DO HOMEM E DE DEUS.
    Estas cerimônias foram exigidas antes da cruz porque eram sombras de Cristo (Col. 2:17). Vindo Ele, acabou. A insistência dos “judaizantes” ao reviver tais festas era a declarada recusa às doutrinas cristocêntricas apresentadas por Paulo. Antes de Cristo morrer na Cruz do Calvário, aqueles rituais envolventes e impressionantes, se consituíam no evangelho para os judeus, mas com a morte de Cristo, desnecessário se tornou.
    Assim, digo-lhe: em tudo isso nada há contra o Sábado do sétimo dia da semana, que, como um mandamento da santa Lei de Deus, permanece como sinal entre Jeová e Seus leais filhos. (Ezequiel 20: 20). Ainda que o Sábado tenha emprestado seu nome aos festivais cerimoniais nada tem a ver com eles. Lamentavelmente, o Sábado semanal permanece hoje como o grande mandamento esquecido. Reflita nisto irmão: Por ocasião destes incidentes, TODOS guardavam o Sábado (Atos 15: 21).
    O próprio Paulo o guardou em todas as suas viagens e estabelecimento de igrejas. Por favor, queira ler o capítulo PAULO E O SÁBADO NO LIVRO DE ATOS. Os discípulos de Jesus guardavam o Sábado. Provas: Mateus 28: 1. Marcos 15: 42; 16: 1. Lucas 23: 54-56. Atos 13: 14, 27, 42, 44; 17: 2; 18: 1-4. Finalmente, anote:
    Paulo escreveu a epístola aos Romanos no ano 58 d.C. Jesus antes de morrer (ano 31 d.C.) advertiu aos discípulos que não transgredissem o Sábado (Mat. 24:20) quando da destruição de Jerusalém, que se daria no ano 70 d.C.
    Portanto, doze anos depois que Paulo escreveu aos romanos (ano 70 – ano 58 = 12 anos), o Sábado era guardado pelos discípulos por orientação de Jesus. Daí, a conclusão coerente é de que Paulo está se referindo aos DIAS (sábados cerimoniais) e nunca ao Sábado semanal, no capítulo 14 de Romanos.

    GENEALOGIAS – LEI – FÁBULAS
    Tito 3: 9
    “Mas não entres em questões loucas, genealogias e contendas, e nos debates sobre a lei, porque são coisas inúteis e vãs.”
    I Timóteo 1: 4
    “Nem se dêem a fábulas, ou a genealogias, que mais produzem questões do que a edificação de Deus, que consiste na fé; assim o faço agora.”
    Paulo sempre encontrou acérrimos “judaizantes” em seu caminho, preocupados em promover debates acerca do ritualismo e fábulas judaicos. Estes dois textos dizem da preocupação do apóstolo em preservar seu rebanho da escravidão enfadonha da Lei Cerimonial que tais contendores desejavam acirradamente colocar em uso, em todos os lugares.
    Quanto à palavra Lei aí focada, você não deve confundir com a Lei de Deus cujos mandamentos são de cunho moral. Efetivamente: não roubar – não matar – não adulterar – não ter outros deuses, não são “coisas inúteis”, muito menos “coisas vãs”, certo?
    Paulo incontestavelmente, está focalizando aos seus filhos na fé – Tito e Timóteo, exatamente o que sempre foi o problema mais próximo de seu ministério: O Ritualismo Cerimonial Judaico – Lei Cerimonial.

  54. Alisson Alves disse:

    SÁBADO: DO HOMEM, DO JUDEU OU DE DEUS?
    Agora, vamos ter uma boa conversa, profunda e íntima. Você que me acompanhou até aqui, certamente deve compreender que meu desejo é revelar verdades eternas e tentar esclarecer dúvidas que talvez divagam em muitas mentes.
    Assim que, neste sentimento, vou tentar responder as muitas indagações que se fazem e que, de certa forma, incomoda muitos corações. Por exemplo: Por que criou Deus o Sábado? Qual a finalidade do Sábado? Perdeu-se no tempo, ao longo dos milênios intermináveis, o Sábado da criação? Tinha tempo de duração o Sábado? Que Deus, pois, nos dê Sua Graça e o entendimento. Aleluia!
    Saiba que, como você, irmão, tomei uma decisão definitiva em minha vida: ir à Nova Jerusalém, abraçar afetuosamente o Salvador Jesus, beijar-Lhe a régia fronte ferida. Sim, após minha conversão, dediquei-me com afinco a encontrar respostas às dezenas de declarações negativas que ouvi com relação à Lei de Deus e ao Sábado. O que estudei, compreendi e vivo, eu lhe passo agora.

  55. Alisson Alves disse:

    O SÁBADO É DO JUDEU”
    Afirmações como esta são comumente proferidas por pessoas bondosas e sinceras, mas que desconhecem completamente o assunto. Dizem porque ouviram. Mas, não conferiram. E nós temos que conferir tudo com a Bíblia, não é? A princípio posso garantir que é muito frágil essa afirmação, pois que, dentro da premissa, é ou não é, a verdade é que o Sábado não é do judeu nem do gentio, é de Deus, que o criou.
    “O SÁBADO FOI FEITO PARA OS JUDEUS”
    Esta expressão, também largamente usada pelos irmãos evangélicos em geral, é outra afirmação precipitada e sem nenhuma base escriturística. Por quê? – Ouça, irmão: Você sabe de onde provém os judeus? Sabe por acaso como surgiram? Quando apareceram na Terra? Se a pessoa não possui resposta para estas perguntas, nunca deve dizer que o Sábado foi feito para os judeus.
    Sim, afirmo com convicção, porque o Sábado foi feito na semana da criação e somente havia duas pessoas presentes – Adão e Eva –, e eles não eram judeus, eram filhos de Deus dos quais descendemos. Deste casal, que nasceu adulto, surgiu o povo de Deus do início, e saiba, amado, não eram judeus, e sim hebreus. Aqui a prova: “E lhes dirás: O Senhor, o Deus dos hebreus…” Êxodo 7: 16; 9: 13.
    O judeu só veio a existir no cenário mundial, dois mil anos depois de ter Deus criado o Sábado. Portanto, o Sábado foi tornado conhecido no Éden, ao homem. Daí, mais esta afirmação deixa de ter conteúdo e cai por terra, não é?

  56. Alisson Alves disse:

    O SÁBADO FOI DADO AOS JUDEUS”
    Esta expressão também é outro equívoco doutrinário, sem respaldo bíblico ou teológico. Efetivamente o Sábado foi proclamado no Monte Sinai, a uma multidão judia. Mas, concluir que nós, os gentios, não estamos obrigados a observá-lo, não está correto. Sabe por quê? Medite nisto:
    “Quando os três discípulos Pedro, Tiago e João – todos judeus, estavam com Cristo no Monte da Transfiguração, veio uma voz do Céu, dizendo: ‘… Este é o Meu Filho amado; a Ele ouvi’ (Luc. 9: 35). Devemos então compreender daí que esta ordem do Pai de ‘ouvir’ a Cristo devesse ser obedecida unicamente por aqueles três discípulos, ou, quando muito, unicamente pela raça judia, da qual faziam parte? Isto, porém, seria tão razoável como a conclusão acerca do mandamento do Sábado.” – Francis D. Nichol, Objeções Refutadas, pág. 23.
    Como se vê, tanto no Monte Sinai, quanto no Monte da Transfiguração, Deus está diante de pessoas judias. No Sinai, ao dar a Lei, o monte incandesceu; na transfiguração, os três discípulos viram Jesus, Moisés e Elias rebrilharem como o Sol. Num e noutro caso, os circunstantes eram todos judeus. Ouça agora:
    “…o simples fato de que o auditório se compusesse de judeus, não justifica a conclusão de que a ordem só a esses se destinasse. Basear uma objeção a um mandamento bíblico no fato de que ele tem ligações positivas com os judeus, levar-nos-á às mais estranhas conclusões. Toda a Bíblia foi escrita por judeus, e a maior parte se dirige especialmente aos judeus. Todos os profetas foram judeus, e o próprio Cristo ‘… tomou a descendência de Abraão’ (Heb. 2: 16) e andou na Terra como judeu. E Ele também declarou: ‘… a salvação vem dos judeus’ (João 4: 22). Devemos então concluir que… os profetas bíblicos, os apóstolos, o Salvador e a salvação devessem ser limitados aos judeus?” – Idem, pág. 24.
    – Evidentemente que não. Porém, se usarmos o silogismo de que o Sábado se refere aos judeus, nós os gentios, não temos obrigação de observá-lo, – da mesma maneira – , a Bíblia é dos judeus, nada temos com ela. Como ficaremos? Caro irmão, leia a clareza deste verso:
    Marcos 2: 27 – “… O Sábado foi feito por causa do homem, e não o homem por causa do Sábado.”
    Esta expressão Neo-Testamentária encerra estas verdades:
    Primeira – O Sábado foi feito por causa do homem (e não do judeu), e Jesus tem absoluta certeza nesta afirmação, porque, ao ser criado o Sábado, não existia o judeu.
    Segunda – O valor do Sábado é aqui realçado e confirmado. Sim, porque se não existisse o homem Deus não precisaria criar o Sábado. Sendo, porém, criado o homem, o Sábado passou a ser de vital utilidade. É Deus quem diz. Eu creio, e você?
    Isso quer dizer que o homem e o Sábado estão unidos. Intimamente ligados. E o propósito divino é que o Sábado seja um dia deleitoso para o homem (Isaías 58: 13-14). Se Deus assim deseja, aceitemos. Este é o imperativo divino, ouça:
    Eclesiastes 12: 13 – “De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus e guarda os Seus mandamentos; porque este é o dever de todo o homem.”
    Novamente, e com absoluta clareza é realçada a expressão homem e não judeu. Isto é evidente de que o Sábado foi criado por Deus para o homem.

    “O SÁBADO É SINAL PERPÉTUO PARA OS JUDEUS”
    Esta expressão também perde sua razão, e agora alcança real significado e responsabilidade para todos os cristãos, porque, diante do que apresenta a Bíblia, o Sábado não é sinal para os judeus e sim para os homens, e isso confirmado pela Bíblia, consubstanciado pelo próprio Senhor Jesus. Portanto, meu amado, reconsidere o assunto e nunca esqueça: Deus empenhou a palavra para dar poder a quem desejar obedecê-Lo. Sabe, irmão, o propósito divino ao criar o Sábado e torná-lo santo, não se limitava apenas aos judeus. O povo de Israel deveria fazer resplandecer a luz de sua religião para as nações vizinhas. Aceitando a adoração do Deus verdadeiro, essas nações com prazer observariam as leis divinas como Israel. Ouça:
    Números 15:16 – “ A mesma lei e o mesmo rito haverá para vós, como para o estrangeiro que morará convosco.”
    Isto inclui, sem dúvida, o Sábado. E a confirmação vem dos primórdios do Velho Testamento. Observe:
    Números 9:14 – “… Um mesmo estatuto haverá para vós, assim para o estrangeiro como para o natural da terra.”
    No próprio quarto mandamento do Decálogo, a observância do Sábado atinge “… o forasteiro das tuas portas para dentro.” (Êxodo 20: 10). Posteriormente Deus promete ao estrangeiro que O aceita como Deus verdadeiro, e que prazerosamente observe o Sábado como o “santo dia do Senhor”, as mesmas bênçãos prometidas a Israel: Eis a promessa:
    Isaías 56: 6-7
    “E aos estrangeiros que se chegam ao Senhor, para O servirem, e para amarem o Nome do Senhor, sendo deste modo Seus servos, sim, todos os que guardam o Sábado, não o profanando, e abraçam a Minha aliança, também os levarei ao Meu santo monte, e os alegrarei na Minha casa de oração. Os seus holocaustos e os seus sacrifícios serão aceitos no Meu altar, porque a Minha casa será chamada casa de oração para todos os povos.”

  57. Alisson Alves disse:

    “MEMORIAL DA CRIAÇÃO”
    O Sábado é o grande memorial da criação e do poder de Deus, um constante rememorador do Deus vivo e verdadeiro. O anseio divino ao criar o Sábado e em ordenar que seja santificado é que Deus quer que o homem nunca esqueça o Criador de todas as coisas. Sendo o Sábado original uma perpétua memória de Deus, convidando o homem para imitá-Lo na observância do mesmo, não pode o homem observar o Sábado original e esquecer-se de Deus.
    “Ao lembrar-nos que dois terços dos habitantes do mundo são hoje idólatras, e que desde a queda à idolatria, com seu séquito de males associados e resultantes, tem sempre sido um pecado dominante, e pensarmos então que a observância do Sábado, conforme ordenado por Deus, teria evitado tudo isso, podemos melhor apreciar o valor da instituição do Sábado e a importância de observá-lo.”
    Por que as nações dos periseus, cananeus, heteus, jebuseus e outros, foram desarraigadas da Terra? Eram idólatras, tinham deuses de pau e de pedra, sacrificavam vidas humanas. E por que desceram tanto no pecado até chegarem a este ponto? Por que o conhecimento de Deus e Sua vontade saíram-lhes de tal maneira da mente?
    Digo-lhe, meu irmão, se ao final de cada semana esses homens observassem o Sábado, em honra ao Criador, não existiriam outros deuses, porque no centro do mandamento sabático encontra-se a eterna verdade que aponta a Deus como o único Criador de todas as coisas. Se o homem observasse o santo Sábado, adoraria ao único Deus, e a idolatria não teria sido conhecida. Finalmente, amado, na Nova Terra, onde haverá pessoas de todas as nações e raças, o Sábado será guardado por todos e para sempre. Ouça: Isaías 66: 22-23: “Porque, como os Céus novos, e a Terra Nova, que Hei de fazer…E será que desde uma Lua nova até a outra, e desde um Sábado ao outro, virá toda a carne (pessoas) a adorar perante Mim, diz o Senhor.”

  58. Alisson Alves disse:

    DISTINÇÃO DE LEIS
    Crê, boa parte dos cristãos de hoje que a Lei de Deus foi abolida quando Cristo morreu na cruz. Assim admitem esses irmãos, pelo fato de aceitarem que a Bíblia apresenta apenas uma lei, a Lei de Moisés. Entendem pelo termo “lei”, encontrado nas Escrituras, como definindo todas as leis da Bíblia. Não compreendem a separação delas, e discordam que haja distinção entre as mesmas. Tudo se resume, pensam, na Lei de Moisés. Não aceitam a existência de um código particular, como a Lei Moral (Os Dez Mandamentos), ou a Lei Cerimonial (ritualismo judaico).
    O estudante sincero encontra nas Escrituras muitas leis, entre as quais destaco: Lei Moral – os Dez Mandamentos (Êxodo 20:1-17). Lei Cerimonial (Levíticos 23). Lei Dietética – de Saúde (Levíticos 11). Lei Civil (que regia o governo dos judeus). Leis de Casamento. Leis de Divórcio. Leis de Escravatura. Leis de Propriedade. Leis de Guerra, etc.
    Caiu no domínio popular cristão que, quando se menciona ou se lê na Bíblia a palavra lei, tudo se resume na Lei de Moisés, o que não é correto. De fato, existem muitas leis que foram enunciadas, escritas e entregues por Moisés, embora provenham de Deus, e entre elas está a Lei Cerimonial, consistindo de um ritual que os judeus deveriam praticar até a chegada do Messias Jesus. Esse ritual simbolizava o evangelho para os judeus, e compunha-se de ordenanças como: ofertas diversas, holocaustos, abluções, sacrifícios, dias anuais de festas específicas e deveres sacerdotais (II Crôn. 23:18; Lev. 23; II Crôn. 30:16; Esd. 3:2).
    Há porém um código particular e distinto, escrito e entregue pelo próprio Deus a Moisés; é a Lei Moral dos Dez Mandamentos, e em nenhuma parte das Escrituras é esta lei chamada de Lei de Moisés. Portanto, estudando com cuidado e carinho, qualquer um encontrará na Bíblia essa variedade de leis.
    “Billy Graham, considerado o maior evangelista da atualidade e fundamentalista, assim se expressou sobre a Lei de Deus. Reproduzimos a pergunta específica de um repórter e consequente resposta textual, como estão na coluna de um jornal londrino (reproduzidas em Signs of the Times de 23.08.1955, pág. 4).
    “Pergunta: Mr. Graham, alguns homens religiosos que conheço, dizem que os Dez Mandamentos são parte da ‘lei’e não se aplicam a nós hoje. Dizem que nós, como cristãos, estamos ‘livres da lei’. Está certo?
    “Resposta: Não, não está certo, e espero que você não seja desencaminhado por estas opiniões; é de suma importância compreender o que quer dizer o Novo Testamento quando afirma que estamos ‘livres da lei’. Como é evidente, a palavra ‘lei’ é usada pelos escritores do Novo Testamento em dois sentidos. Algumas vezes ela se refere à Lei Cerimonial – do Velho Testamento, que se relaciona com matéria ritualística e regulamentos concernentes a manjares, bebidas e coisas deste gênero. Desta lei, os cristãos estão livres na verdade. Mas o Novo Testamento também fala da Lei Moral, a qual é de caráter permanente e imutável e está sumariada nos Dez mandamentos.” – A.B. Christianini, Subtilezas do Erro, pág. 63-64. Grifos meus.
    Este famoso pregador Batista confirma o que a Bíblia apresenta com enorme clareza. Bem, aguce sua audição agora e vamos consultar, também, o apóstolo Paulo, a respeito do assunto:
    I Coríntios 14: 21
    “Está escrito na lei: Por gente doutras línguas, e por outros lábios, falarei a este povo…”
    Aqui, Paulo não se refere nem à Lei Moral, e muito menos à Lei Cerimonial. Sua referência só pode ser ao Pentateuco ou mesmo a todo o Antigo Testamento, nunca porém a um código definido, como a Lei Moral ou a Lei Cerimonial.
    Gálatas 3: 10
    “Todos aqueles pois que são das obras da lei estão debaixo de maldição… porque escrito está: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as obras que estão escritas no livro da lei, para fazê-las.”
    Aqui, lógico e evidente, refere-se o apóstolo a outra lei. É inegável! Inclusive a define como sendo escrita em um livro.
    Há outras passagens contundentes da pena de Paulo que apresenta a diversidade de leis, porém, chamo sua atenção para um fato altamente importante e de real destaque em dois textos:
    Efésios 2: 15 – “Na Sua carne desfez a inimizade, isto é; a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças…”
    Romanos 3: 31 – “Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma, antes estabelecemos a lei.”
    Releia o que disse Billy Graham aí atrás (pág. 75). Agora considere o que escreveu este eminente teólogo:
    “O contraste entre as afirmações é nítido quando se chama a atenção para o fato de que Paulo usou a mesma raiz grega para as palavras aqui traduzidas por ‘desfez’ e ‘anulamos’. Esta raiz, katargeo, significa tornar ‘inoperante’,‘fazer cessar’, ‘afastar’ alguma coisa, ‘anular’, ‘abolir’. Mas o escritor inspirado Paulo diz a uma determinada igreja que a ‘lei’ está desfeita, e a outra igreja exclama: ‘De maneira nenhuma (Deus nos livre é o sentido original)’, ao pensamento mesmo de que a ‘lei’ esteja abolida, e se refere à mesma lei em cada caso? Obviamente Paulo deve estar falando de duas leis diferentes. Esses dois textos são suficientes em si mesmos para expor a falácia de que a Bíblia fala de uma só lei.” – Francis D. Nichol, Objeções Refutadas, págs. 3-4. Grifos meus. Vamos ainda ouvir o apóstolo São Paulo.
    Efésios 6: 2
    “Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa.”
    Seria irrazoável, não acha, já que o “mandamento” fora desfeito, Paulo mandar os efésios observá-lo! E há mais, afirma ele ter sua obediência uma alvissareira promessa – vida longa – com saúde e paz; se a lei da saúde também for observada, evidente!
    I Timóteo 1: 8
    “Sabemos, porém, que a lei é boa, se alguém dela se utiliza legitimamente.”
    Percebe, meu irmão! Jamais pode ser boa uma coisa “maldita”. Correto? Também, se é boa e útil, por que ser abolida e desfeita, não é?
    Romanos 7: 14
    “Porque bem sabemos que a lei é espiritual, mas eu sou carnal…”
    Note, Paulo toma a minha e a sua palavra agora e diz: “sabemos que a lei é espiritual”. Sabia você isso, irmão? Ou seja: A lei provém do Espírito de Deus. Se sua fonte é tão sagrada, não lhe surpreende vê-la tão rejeitada?
    Romanos 7: 16
    “E se faço o que não quero, consinto com a lei que é boa.”
    Observe novamente a afirmação paulina: “A lei é boa”. Não deixa ele brecha para suposições ou interpretações falseadas. A lei é boa disse. Ora, se a lei é boa e contribui para tornar o homem espiritual, não pode nem deve ser anulada, desfeita, interrompida, caducada. Nunca! Concorda? Nunca jamais, você dirá com certeza!
    Romanos 7: 12
    “E assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom.”
    Permita-me repetir as palavras de Paulo mais uma vez: Lei santa, Lei justa, Lei boa. É inegável que Paulo faz alusão a leis diferentes, porque jamais poderia afirmar que uma lei não presta e seja boa ao mesmo tempo. Que foi anulada, e é santa, justa e boa. Que é maldição e que tenha uma promessa de longa vida ao se observá-la.
    Romanos 7: 22
    “Porque, segundo o homem interior, tenho prazer na Lei de Deus.”
    Viu? Lei de Deus e não de Moisés. Claro, não é? Que acha o irmão, seja o “homem interior”?
    – Sim, é o homem espiritual, o crente fiel e sincero, o homem que não transgride a vontade divina, que não transige com o pecado, e, como Paulo, tem prazer na Lei de Deus.
    Romanos 7: 25
    “Dou graças a Deus por Jesus Cristo, nosso Senhor, assim que eu mesmo com o entendimento sirvo a Lei de Deus…”
    Caro irmão, Paulo já afirmou que a Lei de Deus é santa, justa, boa, espiritual, tinha prazer em guardá-la, e agora dá “graças a Deus por Jesus Cristo” pela oportunidade e privilégio de poder, com todo o seu entendimento, servir à Lei de Deus. Que maravilhoso! Creia isto, sinceramente, amado!
    Por conseguinte, é contundente e claro que há distinção de leis na Bíblia. Ninguém deve supor que toda referência à lei nas Escrituras se credite a Moisés como sendo o legislador. De fato, os seus primeiros cinco livros são considerados a “lei”, pois, forma o compêndio mais exato das obrigações mútuas e orientações divinas para o estabelecimento do governo de Deus, Seus métodos e regulamentos.
    Mas, é bom saber e, dar lugar à Lei Moral dos Dez Mandamentos, que não foi escrita por Moisés, como se julga, e sim pelo próprio Deus, em tábuas de pedra (Êxo. 31:18). É a única parte das Escrituras que Deus não permitiu ao homem escrever; Ele mesmo o fez, pela primeira e segunda vez, quando Moisés quebrou as tábuas, sobre o bezerro de ouro, ao descer ele do Monte Sinai (Êxo. 34: 1,28).
    Assim agiu Deus, para patentear a sacrossantidade de Sua lei, bem como chamar a atenção do homem para o fato de Ele próprio tê-la escrito, e mais, sobre pedras, para deixar clara a eternidade, perpetuidade e durabilidade desta lei, que é eterna e gloriosa, como Ele o é.
    “Algumas pessoas dão ênfase à distinção entre mandamentos ‘morais’e mandamentos ‘cerimoniais’. As exigências ‘morais’ são aquelas que em si mesmas são justas e nunca podem ser revogadas. Ao contrário, as leis ‘cerimoniais’ são aquelas sobre observâncias, sobre o cumprimento de certos ritos, por exemplo: os mandamentos acerca dos holocaustos e o incenso… As leis ‘cerimoniais’ podem ser abrogadas na mudança de dispensação, mas não as leis ‘morais’. É certo que existe tal distinção.” – Pr. O. S. Boyer (teólogo Assembleano), Marcos: O Evangelho do Senhor, págs. 38-39. Grifos meus.
    QUE SERIA DE NÓS SEM A LEI?
    No dia 7 de outubro de 1969, a polícia de uma das maiores cidades da América do Norte entrou em greve. Dois homens foram assassinados, quarenta e oito pessoas ficaram feridas em tumultos, foram assaltados sete bancos, houve muitos outros roubos e foram quebradas cerca de mil vitrines no centro da cidade. Os prejuízos excederam a um milhão de dólares.
    Que seria de nós sem a lei e sua aplicação? Que seria do mundo e do Universo sem a Lei de Deus e Seu poder moderador?
    No decorrer dos séculos, grandes pensadores reconheceram que a Lei Moral de Deus constitui a base de sociedades ordeiras. Quando a Lei de Deus é desprezada, os seres humanos tornam-se vítimas de seu raciocínio subjetivo. O resultado é permissividade destrutiva, libertinagem e degradação moral e ética. Nisto está se transformando nossa sociedade após o adultério ter deixado de ser crime na lei do Estado.

  59. Alisson Alves disse:

    REFLEXÃO
    • Se Deus escreveu Dez Mandamentos, quantos Ele quer colocar em nosso coração hoje?
    • Amor se expressa pela obediência?
    • Cristo poderá salvar um transgressor?
    • O homem tem capacidade para corrigir a Deus?
    • Se Deus diz Sábado, porque o homem diz domingo?

  60. Alisson Alves disse:

    CONTRASTE ENTRE AS LEIS MORAL E CERIMONIAL
    Segundo o breve estudo anterior, é possível que alguém tenha ficado perplexo, pois há textos na Bíblia que positivamente declaram ser a Lei de Deus eterna, e que não muda, e que todos devem obedecê-la. Por outro lado, existem outras passagens que parecem significar que a lei é transitória, que nada aperfeiçoa, é inútil e o crente salvo em Jesus Cristo não tem obrigação de guardá-la.
    Dentre todas as leis mencionadas na Bíblia, duas têm destaque preeminente: A Lei Moral e a Lei Cerimonial, fato que muitos, mas muitos irmãos, mesmo, não compreendem, porém é claro em toda a Bíblia.
    “A Lei Moral, os Dez Mandamentos, chamamos de Lei de Deus. Esta lei vem da eternidade. Os princípios desta lei são a base do governo de Deus. São imutáveis como o trono de Jeová. A lei é por natureza indestrutível, adaptando-se ao governo de seres morais livres em todos os séculos, em todo o Universo de Deus. Nem um mandamento pode ser tirado do Decálogo. Permanece, todo ele, irrevogado, e assim permanecerá para sempre. Esta lei não pode ser ab-rogada, nem por homens da Terra, nem por seres do Céu. Nem mesmo o Seu autor – com reverência o dizemos – a pode ab-rogar, a menos que mude Sua natureza, e a forma de Seu governo. Disse Jesus: “É mais fácil passarem o Céu e a Terra do que cair um til da lei” (Luc. 16: 17). Portanto, esta lei permanece para sempre. Pelo menos enquanto durar Céu e Terra.
    “O mesmo não se dá com a Lei Cerimonial, frequentemente chamada de Lei de Moisés, que veio a existir depois da queda do homem. Esta lei ‘consistindo em manjares e bebidas, e várias abluções e justificações da carne’ e sacrifícios, destinava-se a chamar a atenção para a primeira vinda de Jesus; em vindo Ele, passou, pois nEle teve seu cumprimento. Aí encontraram-se o tipo e o antítipo; a sombra encontrou o corpo. Quando Cristo, o Cordeiro de Deus, morreu na cruz, ‘o véu do templo se rasgou em dois de alto a baixo’ (Mat. 27: 51). Os serviços do templo deixaram então de ter lugar. O sistema sacrifical cessou, e a lei que a ele pertencia deixou de existir. Foi cravada na cruz (Col. 2: 14). Foi dada para satisfazer condições temporárias, locais, e uma vez que essas condições mudaram em virtude da entrada da nova dispensação, os estatutos cerimoniais não tinham mais razão de ser.” – Folheto nº 22 – CPB.
    A seguir, através de inúmeros textos bíblicos, consolidaremos a grande verdade entre as duas leis, específicamente. Você vai notar que, de fato, existe uma distinção entre os dois códigos, e que, com certa facilidade, veremos que os textos que se referem a um não podem referir-se a outro, certo?
    A Lei Moral – é Denominada a “Lei do Senhor” – Salmo 1: 2; 19: 7
    “… tem o seu prazer na Lei do Senhor. E na Sua lei medita de dia e de noite. A Lei do Senhor é perfeita e refrigera a alma…”

  61. Alisson Alves disse:

    A LEI CERIMONIAL – FOI DENOMINADA A “LEI DE MOISÉS”
    Neemias 8: 1
    “… disseram a Esdras, o escriba, que trouxesse o livro da Lei de Moisés…”
    Atos 15: 5
    “Alguns, porém, da seita dos fariseus… se levantaram, dizendo que era mister circuncidá-los e mandar-lhes que guardassem a Lei de Moisés.”
    A Lei Moral – é Chamada a “Lei Real” – Tiago 2: 8
    “… se cumprirdes, conforme a Escritura, a Lei Real…”

    A Lei Cerimonial – é Chamada a “Cédula de Ordenanças”
    Colossenses 2: 14
    “Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças…”
    Efésios 2: 15
    “Na Sua carne desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos que consistiam em ordenanças…” (A Lei Cerimonial é chamada também de Lei Ritual).
    A Lei Moral – Existia Antes do Pecado do Homem – Romanos 4: 15
    “… onde não há – lei – também não há transgressão.”
    (Logicamente, se Adão e Eva pecaram, é porque transgrediram a lei de Deus. Disso Paulo dá provas cabais e insofismáveis, ao declarar: “Como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte… Mas o pecado não é imputado não havendo lei (Rom. 5: 12-13). Fica então claro, que a Lei de Deus existia antes do pecado do homem, no Éden).
    A Lei Cerimonial – Foi Dada Depois da Queda de Adão
    Os símbolos e cerimônias desta lei (Lei Cerimonial) deveriam conduzir os homens ao Messias que viria para resgatar os pecadores. (Leia Hebreus 10:1).
    A Lei Moral – Foi Escrita Pelo PRÓPRIO Deus – Êxodo 31: 18
    “E deu a Moisés…duas tábuas do testemunho, tábuas de pedra, escritas com o dedo de Deus.”
    A Lei Cerimonial – Foi Escrita por Moisés – Deuteronômio 31: 9
    “E Moisés escreveu esta lei, e a deu aos filhos de Levi…”
    A Lei MORAL – Foi Escrita em Tábuas de Pedra – Êxodo 31: 18
    “E deu a Moisés… duas tábuas do testemunho, tábuas de pedra…”
    A Lei Cerimonial – Foi Escrita em um Livro – Deuteronômio 31: 24
    “E aconteceu que, acabando Moisés de escrever as palavras desta lei num livro, até de todo as acabar.”
    A Lei Moral – Foi Colocada Dentro da Arca – Deuteronômio 10: 5
    “E virei-me e desci do monte, e pus as tábuas na arca que fizera; e ali estão como o Senhor me ordenou.”
    A Lei Cerimonial – Foi Colocada Fora da Arca – Deuteronômio 31: 26
    “Tomai este livro da lei, e ponde-o ao lado da arca…”
    A Lei Moral – é uma Lei Perfeita – Salmo 19: 7
    “A Lei do Senhor é perfeita e refrigera a alma…”
    A Lei Cerimonial – “Nenhuma Coisa Aperfeiçoou” – Hebreus 7: 19
    “Pois a – lei – nenhuma coisa aperfeiçoou…”
    A Lei Moral – é uma Lei Eterna – Mateus 5: 18
    “… em verdade vos digo que até que o Céu e a Terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido.”
    A Lei Cerimonial – Era Transitória – Hebreus 10: 1
    “Porque tendo a lei sombra dos bens futuros, e não a imagem exata das coisas…”
    A Lei Moral – É Santa, Justa e Boa – Romanos 7: 12
    “… assim a lei é santa, e o mandamento santo, justo e bom.”
    A Lei Cerimonial – Nada Aperfeiçoou ou Santificou – Hebreus 10: 1
    “…Nunca, pelos mesmos sacrifícios que contínuamente se oferecem a cada ano, pode aperfeiçoar os que a eles se chegam.”
    A Lei Moral – É uma Lei Espiritual – Romanos 7: 14
    “Porque bem sabemos que a lei é espiritual…”
    A Lei Cerimonial – Era Carnal – Hebreus 9: 10
    “Consistindo somente em manjares, e bebidas, e várias abluções e justificações da carne…”
    A Lei Moral – Contém um Sábado Semanal – Êxodo 20: 8-11
    “Lembra-te do dia de Sábado para o santificar…”
    A Lei Cerimonial – Tinha Sete Sábados Anuais – Levítico 23: 27; 23: 32
    “Mas aos dez deste mês sétimo, será o dia da expiação; tereis santa convocação… sábado de descanso vos será; então afligireis as vossas almas, aos nove do mês à tarde…”
    Querido irmão, grave nos escaninhos de sua alma estas duas comparações finais. Entesourai-as no coração e na mente.
    A Lei Moral – Não Foi Ab-rogada (anulada) por Cristo
    Mateus 5: 17-19
    “Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: Não vim ab-rogar, mas cumprir. Porque em verdade vos digo que, até que o Céu e a Terra passem, nem um jota, ou um til, se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido…”
    A Lei Cerimonial – Sim – Foi Cravada na Cruz
    Colossenses 2: 14
    “Havendo riscado a cédula que era contra nós, nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.”
    A Lei Moral – Não Foi Abolida Nem Anulada Pela Fé em Cristo
    Romanos 3: 31 – “Anulamos, pois, a lei pela fé? De maneira nenhuma; antes, estabelecemos a lei.”
    A Lei Cerimonial – Foi Desfeita ou Cancelada por Cristo
    Efésios 2: 15 – “Na Sua carne (Seu sacrifício) desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças…”
    Finalmente, lhe digo amado: A Lei Moral não dá instruções ou informações sobre ofertas queimadas, de manjares, páscoa, ereção de altares, circuncisão, ordem sacerdotal, etc. A Lei Cerimonial é que engloba e exige a prática destes ritos.
    – Considere estes fatos, com carinho! E não esqueça do isto é!

  62. Rafael Negrao disse:

    Vamos ver no que seus pastores ou doutores na fé adventista acreditam…

  63. Rafael Negrao disse:

    Porque Ellen White (1827-1915) não é uma falsa profetiza?

    Porque não é só ver o cristianismo difuso vividos por sua seita?

  64. IASD disse:

    Rafael leia os livros por conta própria e descubra
    http://www.ellenwhitebooks.com/

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s