Os 7 Selos do Apocalipse

seteselos
1º Selo: A Doutrina Pura

Características básicas do primeiro selo

“…um cavalo branco(pureza) e o seu cavaleiro com um arco e foi-lhe dada uma coroa (luta e vitória); e ele saiu vencendo e para vencer” Apoc 6:1-2

A época dos santos apóstolos (seculo I) coincide com a igreja de É feso.Eles receberam a doutrinapura da bíblia para pregá-la (São Marcos 16:10-16).Enfrentaram muitas lutas (Atos 4:1-3, 18-20, 24-30, 5:17-20, 26-29, 6:8, 7:60) mas não permitiram que a doutrina fosse maculada.Houve tb grandes vitórias para Cristo: 3000 conversos no Pentecostes, poucos dias depois já havia 5000, a conversão de Saulo e o evangelho a todo o mundo conhecido (Colossenses 1:6,23). Se queremos conhecer a doutrina pura de Cristo devemos estudar a Santa Bíblia, pois nela está escrita pelos apóstolos a época do cavalo branco.

2° Selo

Que permissão foi dada ao cavaleiro do 2º selo?

“…cavalo vermelho; e ao seu cavaleiro,foi-lhe dado tirar a pazda terra para que os homens se matassem uns aos outros, também lhe foi dada uma grande espada” Apoc 6:3-4

A cor vermelha e os símbolos deste selo falam indiscutivelmente de derramamento de sangue. É o período das dez perseguições gerais desatadas pelo império romano contra os cristãos que preferiam morrer a renunciar à fiel obediência aos príncipios bíblicos. Este selo começa com a morte do último apóstolo ( São João, fim do século I) e chega até o ano 313, quando Constantino assina em Milção o Edito de Tolerância. Coincide com o período da igreja de Esmirna.

3° Selo: A verdade cai por terra

De que cor era o cavalo do terceiro selo?

“Quando abriu o terceiro selo, ouvi o terceiro ser vivente dizendo: Vem ! Então vi, e eis um cavalo preto e o seu cavaleiro com uma balança na mão.E ouvi como que que voz no meio dos quatro seres viventes disendo: Uma medida de trigo por um denário; três medidas de cevada por um denário; e não danifiques o azeite e o vinho” Apoc 6:5-6

A igreja que enfrentou lutas para manter a pureza de suas doutrinas e que viu ser derramado o sangue de seus membros por não renunciar a fidelidade, agora é representada pelo preto, antítese do branco. A negrura muitas vezes representa na Santa Bíblia as trevas morais, o pecado, a apostasia, ou o erro. Corresponde ao período que vai desde 313 a 538. São Paulo profetizou acerca do tempo em que se mudariam as doutrinas por um processo de paganização ( Atos 20:27-31; II Tessalonicenses 2:3-6; II Timóteo 4:1-4 ). São Pedro também profetizou como um dia a igreja haveria de se corromper ( II São Pedro 2:1-3 ). A balança, o espírito de comercialização e materialismo que penetraria na igreja. Um dinheiro era o salário de um dia de trabalho, com o qual comprariam apenas 654 g de trigo ou menos de 2 quilos (1.962 g) de cevada.

Isto é o símbolo da tremenda escassez da Palavra de Deus, proibida nesse tempo ( Amós 8:11, 12 ), que produziu fome de ouvir a Palavra. Muitas doutrinas começam a morrer e entram crenças pagâs (Ex.: Em 7 de março de 321, Constantino emite a lei dominical mais antiga que se conhece). A maioria acompanha o processo de deterioração doutrinal. Uns poucos fiéis (remanescentes) seguem respeitando a verdade bíblica. O azeite representa o Espírito Santo ( Zacarias 4:2-6 ). O vinho representa o sangue de Cristo derramado pelos pecadores ( São Mateus 26:27-29 ).

4° Selo

Que nome tinha o cavaleiro do cavalo amarelo do quarto selo e quem o seguia?

“Quando abriu o quarto selo, ouvi a voz do quarto ser vivente dizer: Vem!E olhei, e eis um cavalo amarelo, e o que estava montado nele chamava-se Morte; e o hades seguia com ele; e foi-lhe dada autoridade sobre a quarta parte da terra, para matar com a espada, e com a fome, e com a peste, e com as feras da terra.”
Apoc 6:7-8

A simbologia expressa a aflição espantosa da época da inquisição predita por Jesus ( São Mateus 24:21 ), também profetizada por Daniel ( Daniel 7:21, 25; 12:7 ) e que será estudada em Apocalipse 13:5 . Corresponde ao período que vai de 538, quando entra em vigéncia o decreto de Justiniano, até 1517, o começo da Reforma. As doutrinas puras são pisoteadas cada vez mais e os cristãos paganizados perseguem implacavelinente o pequeno remanescente fiel à doutrina bíblica.

5° selo

Qdo se abriu o quinto selo, que viu São João debaixo do altar? Que lhes foi dado?

“Quando abriu o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que tinham sido mortos por causa da palavra de Deus e por causa do testemunho que deram.
E clamaram com grande voz, dizendo: Até quando, ó Soberano, santo e verdadeiro, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?.
E foram dadas a cada um deles compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda por um pouco de tempo, até que se completasse o número de seus conservos, que haviam de ser mortos, como também eles o foram.” Apoc 6:9-11

No altar de bronze do santuário do Antigo Testamento se ofereceriam os sacrifícios de animais. O sacrifício era queimado e o sangue era derramado na base do altar ( Levítico 4:7 ). A vida ou a alma está no sangue ( Levítico 17:11; Deuteronômio 12:23 ). O símbolo é claro: O sangue dos mártires do pequeno remanescente fiel que não aceitou a paganização doutrinal é derramado como um sacrifício ao pé do altar. Esse sangue simbolicamente clama a Deus, como o fez o sangue de Abel que foi morto por seu irmão ( Gênesis 4:10 ).

As vestiduras brancas simbolizam a dignidade que lhes confere a justiça de Cristo ( Apocalipse 19:8; 3:5; 7:14 ). Mas, embora tivessem ganho a vitória em Cristo, deviam descansar na tumba um pouco de tempo até que Jesus venha e lhes dê a recompensa ( Heb. 11:39, 40 ).

O quinto selo cobre o período que vai de 1517 a 1755.

6° Selo

O sexto selo culmina com a segunda vinda de Cristo. Por isso podemos adequadamente chamá-lo o tempo do fim.

Quais são os quatro acontecimentos que dão abertura ao sexto selo (tempo do fim)?

“E vi quando abriu o sexto selo, e

houve um grande terremoto; e o sol tornou-se negro como saco de cilício, e a lua toda tornou-se como sangue;
e as estrelas do céu caíram
sobre a terra, como quando a figueira, sacudida por um vento forte, deixa cair os seus figos verdes.” Apoc.6:12-13

1- O grande terremoto tem sido identificado por muitos teólogos como o grande terremoto de Lisboa, de 1 de novembro de 1755.

2- 0 escurecimento do Sol ocorreu em 19 de maio de 1780.

3- A Lua se tornou como sangue na noite do mesmo dia.

4- A chuva de estrelas foi em 13 de novembro de 1833.

Esses quatro episódios deram origem ao tempo do fim, o qual terminará com a segunda vinda de Cristo.

Por que razão os infiéis rogarão desesperadamente às rochas e às montanhas que caiam sobre eles?

“E o céu recolheu-se como um livro que se enrola; e todos os montes e ilhas foram removidos dos seus lugares.
E os reis da terra, e os grandes, e os chefes militares, e os ricos, e os poderosos, e todo escravo, e todo livre, se esconderam nas cavernas e nas rochas das montanhas;
e diziam aos montes e aos rochedos: Caí sobre nós, e escondei-nos da face daquele que está assentado sobre o trono, e da ira do Cordeiro;
porque é vindo o grande dia da ira deles; e quem poderá subsistir?” Apoc 6:14-17.

Diante da segunda vinda de Cristo, aqueles que se ampararam na graça salvadora receberão a vida eterna, aqueles que recusaram a salvação em Cristo terão de enfrentar as circunstâncias. Jesus disse: “Porquanto Deus enviou o Seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele. Quem nEle crê não é julgado; o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus” ( São João 3:17,18 ).

Que outros sinais nos ajudarão a distinguir em que altura do tempo do fim nos encontramos?

Embora só Deus o Pai conheça o dia e a hora ( São Mateus 24:36 ) podemos identificar a época. Entre outros muitos sinais para conhecer o tempo do fim, identificaremos os seguintes: Guerras ( São Mateus 24:7 ); grandes calamidades e terremotos ( São Mateus 24:7 ); luta entre o capital e o trabalho ( São Tiago 5:1-8 ); o comportamento social distorcido de nossa época ( II Tirnóteo 3:1-5 ). O último sinal a cumprir-se será a pregação do evangelho em todo o mundo ( São Mateus 24:14 ). Esses sinais nos permitem conhecer a época em que virá Jesus. Em São Lucas 21:28 Jesus nos dá Seu sábio conselho para este tempo.

7° Selo

EIS QUE VEM COM AS NUVENS

“Eis que vem com as nuvens, e todo olho o verá, até mesmo aqueles que o traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre ele. Sim. Amém” Apoc1:7

Antes de abrir-se o sétimo selo (a segunda vinda de Cristo) Jesus interrompe a profecia e dedica todo o capítulo 7 para explicar-nos quem são os que serão salvos. Que farão os anjos nas frontes dos servos de Deus?

“E vi outro anjo subir do lado do sol nascente, tendo o selo do Deus vivo; e clamou com grande voz aos quatro anjos, quem fora dado que danificassem a terra e o mar,
dizendo: Não danifiques a terra, nem o mar, nem as árvores, até que selemos na sua fronte os servos do nosso Deus.”Apoc 7:2-3

Que viu São João acontecer no Céu ao abrir-se o sétimo selo?

“Quando abriu o sétimo selo, fez-se silêncio no céu, quase por meia hora.” Apoc 8:1.

Esse silêncio se produzirá por ocasião da segunda vinda de Cristo, quando os anjos virão com Jesus ( São Mateus 25:31 ). Alguns têm aplicado a essa meia hora o princípio profético de dia-ano e dizem que poderá representar uma semana literal.

Esse post foi publicado em Profecias e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s