Ellen White e o Amor aos Prazeres Mundanos

montanha_russa2

É um fato alarmante que o amor ao mundo predomina no espírito dos jovens em geral. Muitos se comportam como se as preciosas horas de graça, enquanto ainda há misericórdia, fossem um grande dia de festas, e eles estivessem no mundo meramente para sua própria diversão, para se alegrarem numa contínua sucessão de excitamentos. Encontram no mundo e nas coisas do mundo os seus prazeres, e são estranhos ao Pai e às graças de Seu Espírito. Muitos são negligentes em sua conversação. Tentam esquecer que, por suas palavras, hão de ser justificados ou condenados. Deus é desonrado pela frivolidade e as conversas e risos vazios e vãos que caracterizam a vida de muitos dentre os nossos jovens.

Satanás faz esforços especiais para levá-los a encontrar sua felicidade em diversões profanas, e justificar-se procurando mostrar que essas diversões são inofensivas, inocentes, e mesmo importantes para a saúde. Apresenta o caminho da santidade como sendo difícil, enquanto os caminhos do prazer mundano estão semeados de flores.

Em cores falsas e lisonjeiras, apresenta diante da juventude o mundo com os seus prazeres. Mas os prazeres da Terra chegarão logo ao seu limite, e o que tiver sido semeado isso se há de colher. São os atrativos, habilidades ou talentos pessoais demasiado valiosos para serem dedicados a Deus, o Autor de nosso ser, Aquele que vigia sobre nós a todo momento? São nossas habilitações demasiado preciosas para serem devotadas a Deus?

Os jovens muitas vezes alegam que precisam de alguma coisa que lhes desperte e distraia o espírito. A esperança do cristão é justamente o que necessitam. A religião demonstrar-se-á ao crente um conforto, um guia seguro à Fonte da verdadeira felicidade. Devem os jovens estudar a Palavra de Deus e entregar-se à meditação e oração. Acharão que seus momentos vagos não poderão ser melhor empregados. Os caminhos da sabedoria são “caminhos de delícias, e todas as suas veredas, paz”. Prov. 3:17.

Paulo, escrevendo a Tito, exorta os jovens a serem sóbrios: “Exorta semelhantemente os jovens a que sejam moderados. Em tudo, te dá por exemplo de boas obras; na doutrina, mostra incorrupção, gravidade, sinceridade, linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós.” Tito 2:6-8.

Insto com os jovens para que, por amor de sua salvação, considerem a exortação do apóstolo. Todas essas graciosas instruções, advertências e repreensões serão ou um cheiro de vida para vida ou de morte para morte.

Os jovens são, por natureza, inclinados a julgar que deles não se espera muita responsabilidade, muito cuidado ou encargos. Mas sobre cada um repousa a obrigação de alcançar a norma bíblica. A luz que brilha, em forma de privilégios e oportunidades, no ministério da palavra, em conselhos, advertências e repreensões, aperfeiçoará o caráter ou condenará o negligente. Esta luz deve ser acariciada pelos jovens assim como pelos de mais idade. Quem se porá agora do lado de Deus, resolvido a dar ao Seu serviço o primeiro lugar em sua vida? Quem assumirá os encargos?

“Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade.” Ecl. 12:1. Jesus deseja o serviço dos que têm sobre si o orvalho da juventude. Quer que sejam herdeiros da imortalidade. Podem crescer até à nobre varonilidade ou feminilidade, não obstante a corrupção moral que predomina e que a tantos jovens corrompe cedo na vida. Podem ser livres em Cristo – filhos da luz, não das trevas.

[…]

Objetivos Insatisfeitos

O contínuo anseio por diversões agradáveis revela os profundos desejos da alma. Mas os que bebem dessa fonte de prazer mundano acharão que continua ainda insatisfeita a sede de sua alma. Estão enganados; confundem alegria com felicidade; e quando cessa o excitamento, muitos caem nas profundezas do desânimo e desespero. Oh! que desatino, que loucura, abandonar o “Manancial de águas vivas” pelas “cisternas rotas” do prazer mundano! Fundamentos da Educação Cristã, pág. 422.

Mensagens aos Jovens, 367

Esse post foi publicado em Ellen G. White e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s