As Armas do Dragão 2 – A Besta da Terra

Clique AQUI para a Página -Raiz. Esta página é parte de um estudo maior.

“Então olhei, e diante de mim estava o Cordeiro, em pé sobre o Monte Sião, e com Ele cento e quarenta e quatro mil que traziam escritos na testa o nome d’Ele  e o nome de Seu Pai.” (Apoc. 14:1)

No passado satanás utilizou-se da nação escolhida para suas investidas contra DEUS. Utilizou-se dos sacerdotes, separados para a obra de DEUS entre os homens, para desviar a atenção dos homens a DEUS. Utilizou-se da igreja de CRISTO para guerrear contra CRISTO e contra aqueles que a Ele se mantivessem fiéis. E, por fim, está utilizando-se da nação, os EUA, que poderosamente garantiram, pela sua constituição e seu comportamento, a liberdade e a democracia no mundo. Aquela que deveria ser a igreja de CRISTO, tornou-se o instrumento de satanás, e veio a se converter na primeira besta, que saiu do mar, lugar de muitos povos. Mas a verdadeira igreja de CRISTO nunca desapareceu, embora, perseguida e reduzida a um pequeno número de pessoas. Aquele país que deveria ser o baluarte da liberdade para o mundo, satanás, gradualmente vem convertendo no poder que está se aliando com a primeira besta, para restaurar-lhe o poder. Os EUA são a segunda besta, a que sai da terra, lugar de poucos povos, e da nação da liberdade transforma-se na nação da opressão, o que no presente, já ensaia em todos os lugares do mundo.

Essa é a estratégia de satanás, assim funciona a guerra entre satanás e DEUS: tudo o que ele pode arrebanhar das mãos de DEUS, ele o faz, não porque DEUS não possa segurar, mas porque as pessoas que estão com Ele são livres para decidir se querem ou não permanecer n’Ele. Se você é um soldado que prega ou ensina sobre o evangelho eterno, pode estar certo, você é um dos alvos preferidos de satanás, e não desconsidere tal risco.

Sob a liderança dos EUA, a chamada segunda besta, já explicaremos o porque desse nome, se articula uma tríplice aliança, no mundo paralela à trindade de DEUS (DEUS Pai, DEUS Filho e DEUS Espírito Santo, um único DEUS que se manifesta em três pessoas distintas) para tentar frustrar a conclusão da pregação do evangelho eterno ao mundo todo. De fato, o objetivo das tríplice aliança (falso protestantismo dos Estados Unidos aliado ao Vaticano e ao espiritismo) é dominar o mundo em todas a frentes existentes, ou seja: no campo religioso, econômico, político, militar e moral. Isso é a Nova Ordem Mundial, que pretende estabelecer um governo sobre todo o planeta para, pela primeira vez na história da humanidade, estabelecer um império global completo, sobre todas as nações e sobre todos os indivíduos. No entanto, Daniel 2:43 e 44 diz que essa aliança não se tornará realidade no seu sentido completo, pelo contrário, nos dias destes reis, o DEUS do Céu estabelecerá um reino eterno. Presentemente, estamos nos dias destes reis, a Europa outra vez tenta a sua unidade política, e os EUA tentam a unificação do planeta para o dominar por completo. As manifestações presentes de poder tem precisamente essa intenção.

Os EUA denominam-se a segunda besta (ver Apoc. Cap. 13, do versículo 11 em diante) porque assumem comportamento semelhante ao da primeira besta, ou seja:

1) convertem-se de aliados de DEUS para aliados de satanás (como a igreja da Idade Média fez);

2) combaterão a verdadeira adoração pelo uso da força (idem);

3) formarão aliança entre poderes religiosos e poderes políticos (idem);

4) perseguirão os verdadeiros adoradores (idem);

5) decretarão a imposição do domingo como dia de adoração (nisso imitarão o império romano, conforme os atos de Constantino, mas com uma severa agravante: Constantino era pagão e impôs o seu dia de guarda, os EUA não são pagãos, são cristãos, mas, mesmo assim, vão impor um dia pagão sobre a cristandade);

6) Eles farão aliança com o espiritismo de satanás e o Vaticano, para formar um super-poder e dominar totalmente o planeta.

7) Nesse ano de 2002, os EUA estão gastando em torno de 380 bilhões de dólares em armamento moderno (embora tenha assinado um acordo com a Rússia para eliminar 2/3 do armamento nuclear, mas o que vai ser posto de lado é a sucata, o que está tecnologicamente sucateado, além disso, esse acordo tem objetivos políticos, de ganhar a adesão da Rússia para os interesses de dominação religiosa dos EUA, e pelo visto, funcionou.)

Os Estados Unidos, com sua única constituição que desde seu início garantia a liberdade naquele país, e que serviu de iluminação para a democracia em muitos outros países, assegurando direitos de livre iniciativa, liberdade civil e religiosa, agora, no presente momento, já se volta contra os seus maiores valores: a liberdade e a democracia. Num processo rápido de mudança, hoje age assim:

1) interferência no mundo todo;

2) derruba as democracias de outros países;

3) treina terroristas (que se voltam contra os que os treinaram);

4) é o maior desenvolvedor e fabricante de armamentos do mundo;

5) ameaça o planeta, quer com leis comerciais, quer com seu armamento, quer com sua propaganda ideológica, quer com seus filmes de terror, de ocultismo e de destruição;

6) tem capacidade de destruir o planeta;

7) quer dominar o planeta, e o atual presidente tem o perfil e o grupo de apoio para essa finalidade.

Esse é o perfil da segunda besta, o mesmo da primeira besta, com o diferencial da atualização tecnológica.

Descrição da besta da terra

“Então vi outra besta que saía da terra, com dois chifres como cordeiro, mas que falava como dragão.” (Apoc. 13:11)

“E disse DEUS: Produza a terra seres viventes…” (Gên 1:24)

A segunda besta tem as seguintes características identificadoras:

1) Surgiu após a primeira, por isso é a segunda besta;

2) Ela surge da terra, e isto envolve dois aspectos: (a) aparece de um lugar com poucos povos, ou poucos habitantes, e (b) surge como todos os animais que foram criados – ver verso de Gênesis acima – e isso significa que os EUA foram trazidos à existência por DEUS, para uma nobre finalidade. Isso é verdade pelas principais características desse país: garantia de liberdade civil e religiosa. Em parte, o que antigo Israel devia ter feito como país, os EUA fizeram, mas, tal como Israel, que sofreu terríveis ataques de satanás, os EUA também estão sofrendo, e perdendo a guerra contra ele.

3) Ela muda de comportamento, ou seja, por um tempo, age como um cordeiro, cujos chifres são inofensivos. Esse chifres de cordeiro são símbolo da liberdade civil/política e da liberdade religiosa. Os cidadãos desse país têm direitos assegurados, que no presente momento, sob o governo Bush, ante o terrorismo, já estão sendo perdidos, em troca de alguma segurança. A segunda besta enganará o mundo, de cordeiro que parece, falará (um país fala através de seu poder legislativo) como falava o dragão, ou seja: vai impor, pela força da lei, com a garantia de cumprimento das armas, a santificação do domingo.

4) O império romano deu seu poder à primeira besta, o Vaticano. Assim, os EUA, darão poder ao Vaticano, ou melhor, restabelecerão esse poder, o que significa curar a ferida. A primeira besta ferida significa que está sem condições de perseguir aqueles que não adoram segundo a vontade de satanás. Essa é a razão porque hoje há liberdade de culto e de adoração. Mas quando a tal ferida for curada, isto significa devolução do poder de opressão, então, imediatamente, as perseguições e todo o cenário cruel da Idade Média serão restabelecidos.

5) A segunda besta terá intenção de dominar o planeta todo, isto é a Nova Ordem Mundial. Isto é precisamente o que os EUA estão fazendo atualmente, preparando-se para dominar o planeta. Preparam-se para impor sobre o planeta um império civil e moral, tal como o da Idade Média.

A união das duas bestas

A partir de 11/09/2002 formou-se algo que poderíamos denominar de “síndrome do mal”. Desde essa data, os EUA formam uma coalizão global contra o terrorismo. Que não haja dúvidas, o terrorismo deve ser combatido, e banido. Mas, sejamos inteligentes em perceber que essa coalizão formada, a mais abrangente de todos os tempos da história das humanidade, também a mais bem armada, pode ter outras intenções. E tem. As leis internacionais que estão sendo redigidas, em primeiro lugar, tratam sobre o monitoramento das finanças de grupos suspeitos, e caso se confirmem como terroristas, e o imediato bloqueio de suas contas. Isto é o que deve ser feito, sem dúvida, pois são terroristas. Não se questiona essa atitude, mas satanás é astuto. Ele leva o mundo à uma terrível situação, em que dominam os terroristas, os guerrilheiros e os traficantes. A situação está chegando a um ponto em que já ameaça a estabilidade política, social e econômica do planeta todo.

O que significa essa situação? Não é difícil de entender. Estamos nos tempos da “paz e segurança”, ou seja, no caminho da repentina destruição. Isto é real, e a estratégia de satanás é colocar o terrorismo na frente, o tráfico de drogas em seguida e o sistema de guerrilhas na seqüência (além de uma infinidade de outras manifestações de maldade). Tais métodos de crueldade são impossíveis de eliminar, eles se alimentam do ódio, e o ódio é o que mais se fomenta atualmente, de muitas maneiras. Por curioso que pareça, são os EUA que se encontram na frente na propaganda a favor do ódio e dos métodos de destruição, pelo poderoso sistema de filmes que espalham pelo mundo. O que dizem combater é justamente o que fomentam: o ódio. Outros países também não querem ficar muito atrás; o Brasil, por exemplo, se especializou em fabricar novelas devastadoras no campo moral.

Em resumo, esse é o presente cenário em que atua, presentemente, com muita intensidade, a segunda besta. Ela age pela união do planeta contra o terrorismo, e, no momento certo, essa unidade toda se voltará contra os verdadeiros adoradores, via decreto dominical, cujo motivo central é a eliminação das possibilidades financeiras. Mas DEUS não deixará que Seu povo sofra, não há preocupação nesse sentido. Nunca esqueçamos, estamos em tempos de “paz e segurança, que leva para a repentina destruição”. O que de relevante no campo político for feito nesses tempos, tem significância profética especial, e merece nossa atenção.

Qual a relação da segunda besta com a primeira? Conforme Apoc. 13:12, ela exerce toda a autoridade da primeira besta, e na sua presença, fazendo com que todos adorem a primeira besta. O que isto significa? Vamos por partes.

1) A autoridade que os EUA vão exercer é igual à que a primeira besta exerceu, quando dominou sobre o mundo durante os 1.260 anos. Ela recebeu de Constantino a autoridade sobre os reis da Terra, e se arrogou a autoridade da tradição para legislar sobre tudo o que tenha caráter religioso. Assim foi imposta a santificação do domingo, o dia pagão de adoração, e foi imposta uma taça cheia de dogmas pagãos sobre o cristianismo. Mandou matar após perseguir, e agiu com crueldade sem precedentes. É essa autoridade que os EUA irão utilizar novamente, a autoridade de satanás para fazer tudo isso outra vez.

2) Farão tudo na presença da primeira besta. Isto significa que a primeira besta concordará e aprovará com o que os EUA estiverem fazendo. E não pode ser diferente, isto a favorece, isto cura sua ferida que lhe tirava o poder.

3) Os EUA farão com que o mundo adore a primeira besta. Aqui entra a coalizão contra o terrorismo. O mundo vai chegar a uma situação de tanto medo por causa da crueldade a solta, que, pela liderança dos EUA, e aliado ao carisma do papa, mediante seu poderio bélico e sua persuasão ideológica, todos, ou quase todos, irão tributar reverência e adoração ao papa, esse ou o próximo que vier. O clima para isto já está preparado, ele hoje é a pessoa mais carismática do planeta, o líder mais venerado. Só lhe falta se adorado como se fosse DEUS. Ao que parece, não se pode afirmar, porque as coisas evoluem de modo impressionante, mas parece que a figura do atual papa seria a ideal para essa adoração. Presidentes que o visitam já se ajoelham diante dele, mesmo que seja apenas na intenção de dividendos políticos eleitoreiros. Vale tudo.

4) Esta será uma dramática mas rápida repetição da história de perseguição e crueldade que durou 1.260 anos, pois desta vez, o resultado disto será a “repentina destruição”. Será o reaparecimento do iníquo, pela segunda vez, para que todos os que esqueceram como se comportou durante a Idade Média, possam avaliar se querem de fato adorar o papa e seu dia santo, ou se preferem sair dela, como vai fazer o povo de DEUS ainda dentro desse sistema pagão de adoração. O sistema ainda não caiu de todo por causa da presença de fiéis adoradores, por enquanto pensando que é assim, santificando o domingo, que se adora o Criador.

O espiritismo e as bestas: milagres

Quanto mais para o fim, maiores e mais intensos serão as demonstrações de milagres. No presente momento, a hipnose já é largamente utilizada nos cultos de muitas igrejas. O revivalismo é na realidade uma expressão da aplicação da hipnose, terrível e poderosa manifestação de satanás para dominar as mentes. Por suas vez, o carismatismo e o pentecostalismo, são manifestações em que se salientam principalmente o poder de falar línguas e de cura. Mas se não falam segundo a Lei nem andam segundo o testemunho, estarão do lado do inimigo. Isaías 8:20 diz: “À lei e ao testemunho! Se eles não falarem desta maneira, jamais verão a alva.” É uma realidade dura, mas que não pode ser escondida.

Apoc. 13:13 e 14 trata da operação de grandes sinais e prodígios, na intenção de que seja feita uma imagem à besta. Ora, mas o que é a imagem à besta, senão a adoração da besta, santificando o domingo? (Para adorar a besta basta santificar o domingo, quando for essa santificação imposta por lei civil, primeiro dos EUA, depois, em seguida, por todos os países do mundo.) Então, na realidade, todas as igrejas que fazem sinais e maravilhas, mas que santificam o dia pagão, já estão reconstituindo a imagem da besta, já trabalham para que ela seja adorada. Talvez não saibam, mas é isso mesmo. Muitos de seus membros, ingenuamente, não sabem dessa situação. Por isso, lhes será dado um pequeno tempo, após o decreto dominical, para que saiam de babilônia, conforme Apoc. 18:4.

Os sinais hoje conhecidos, curas e línguas estranhas, feitas por líderes que não seguem a Bíblia toda, e somente a Bíblia, são apenas o início. Sinais mais poderosos ainda virão, e em breve. Satanás, pelos seus agentes do espiritismo aos quais ele dá poder, e pelos quais age, fará descer fogo do céu. Quando isso acontecer, o efeito será o mesmo que o de Elias, no monte Carmelo, só que em sentido contrário. Naquela ocasião, serviu para demonstrar quem era falso profeta, agora, satanás usará algo parecido para validar a falsidade, enganando as pessoas, fazendo-as pensar que o domingo ´[e o verdadeiro dia a santificar. Muitos pensarão que o verdadeiro é falso e que o falso é verdadeiro. Será um poderoso engano. Mas os que estudam profecias, e que guardam os mandamentos de DEUS, não serão enganados. Fiéis adoradores de todas as igrejas, cada dia mais, abandonam a falsa adoração, sendo sábias, preferem escolher a vida eterna.

Vemos a audácia de sinais e maravilhas sendo propagandeados pela televisão. Espere-se cada vez maior intensidade e poder, à medida em que nos aproximamos do fim. Mas atenção, cuide-se que tais sinais facilmente podem ser flagrados como falsos. Conhece algum pastor dos que falam línguas, que na devendo falar num país estrangeiro, não necessite fazer um curso para aprender o idioma daquele país? Não existe! Conhece algum milagreiro que cura doenças externamente visíveis, como lepra, câncer, em que se pode ver na hora a cura? Essas são incuráveis pelos milagreiros. Há muita fraude misturada com curas autênticas feitas por satanás, porque, se não seguem conforme toda a Bíblia, essas curas não vem da parte de DEUS.

A imagem da Besta

A segunda besta, como muitos precedentes na história da humanidade, é um poder que se corrompe moralmente e nos princípios de adoração, para restabelecer outro poder, já corrompido. A corrupção moral mais acentuada no mundo é hoje justamente no país que forma a imagem da besta. E os aliados da segunda besta se corrompem a tal ponto que chama a atenção do mundo todo, mas quase nada acontece! Nesse ponto, cabe algum comentário sobre algo que poucos conhecem: o mecanismo de funcionamento da Lei de DEUS. Esse mecanismo chama-se “causa e efeito”.

A Lei de DEUS, os Dez Mandamentos, possuem o seu mecanismo de funcionamento, que lhe dá a eficácia. O conteúdo moral encontra-se em cada um dos mandamentos, e é isto que deve ser obedecido. Mas esse conteúdo moral está aliado ao mecanismo de funcionamento da Lei, um sistema automático de “causa e efeito”. O conteúdo moral da Lei, que é o amor a DEUS e ao próximo, responde pela orientação em direção à vida. Já o mecanismo da Lei, ele age como um sistema automático de retribuição a ação realizada, que pode ser de dois tipos: de obediência à Lei, ou de desobediência. A desobediência, por suas vez, pode ter duas origens: desobediência direta aos mandamentos de DEUS, ou obediência a uma outra lei, o resultado é o mesmo: desobediência.

A obediência, que serve nesse caso de causa, gera um efeito positivo e bom: vida eterna com felicidade. A desobediência, ao contrário, tem como efeito o sofrimento e a morte. Mas, atenção, uma vez tendo desobedecido, a Lei não tem poder de perdoar a transgressão, ela precisa realizar o efeito da transgressão, que é a morte, e, mesmo que o fulano pudesse, após uma única desobediência, nunca mais desobedecer, assim não salvaria a sua vida, pois fica pendente o efeito mortal daquela única desobediência. Por isso, sem o sangue de JESUS derramado por nós, por mais que façamos sempre boas obras, e isto é a obediência, é impossível assim sermos salvos. Por outro lado, se após aceitarmos a salvação de JESUS, e isto é a graça, a obediência (obras) acontecerá porque desejamos permanecer salvos. Isto foi um aparte no assunto.

A rigor, a Lei de DEUS não pode ser modificada. A mudança na Lei, feita pela Igreja Católica, na realidade é uma ilusão. Analisemos isto. Em primeiro lugar, é totalmente impossível anular a componente da Lei de “causa e efeito”. O mecanismo de funcionamento da Lei sempre irá existir, e em todos os lugares. É impossível fugir dele, e nem se pode anulá-lo. Mas, é possível, temporariamente e com abrangência restrita, alterar o conteúdo da Lei de DEUS, ou seja, os seus mandamentos. Isto porque somos livres diante de DEUS.

Mas, o que acontece ao se mudar o conteúdo da Lei? Atenção agora, o seu mecanismo de “causa e efeito” entra em ação, e volta-se contra o que praticou essa alteração, e na própria alteração, se torna condenado à morte. A Lei de DEUS garante a vida, pois é a Lei da vida, enquanto for obedecida. Esse é o efeito principal da obediência. Sendo desobedecida, ela só pode prometer a morte, e esse, então é o efeito. Por isso, senão temporariamente, alterações definitivas da Lei de DEUS estão fora de cogitação, são impossíveis. Satanás, a besta, o falso profeta, e todos aqueles que atentarem contra o conteúdo moral da Lei de DEUS, serão eliminados pelo mecanismo de “causa e efeito”, que é inatacável. Leia-se, com toda a reverência, as seguintes palavras da Bíblia: “Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará.” (Gálatas 6:7). Eis aí a expressão do poder da Lei de DEUS, de sua componente de “causa e efeito”. Por isso, tudo o que for desferido contra a lei, volta-se, como efeito, contra o que a atacou, e o atacante certamente morrerá, e o seu ataque se tornou nulo.

Por isso, quando vier o decreto dominical, aqueles que tentarem zombar de DEUS, sofrerão os efeitos de seus atos (causa); aqueles que saírem de babilônia, serão beneficiados por esse ato (causa), e serão salvos (efeito), e os que perseverarem na verdadeira adoração (causa), também serão salvos (efeito). DEUS não muda, e a Sua Lei é indestrutível, ela se volta contra os que a desobedecem ou a tentam alterar. Por isso, a Lei, se desobedecida, não pode salvar, só condenar. Se JESUS não tivesse vindo morrer por nós, só pela Sua Lei, teríamos de morrer eternamente.

A marca e o número da besta

“Aqui está a sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, pois é número de homem. Ora, esse número é seiscentos e sessenta e seis” (Apoc. 13:18).

A identificação da marca da besta é importante para saber quem está contra DEUS e Seu modo de adoração. Só os sábios poderão identificar essa marca, não porque seja difícil. Não se trata de sabedoria acadêmica, mas da compreensão dos assuntos relativos à adoração, conforme ensina a Bíblia. Não se trata apenas de identificar o nome e seu número, mas de entender o seu significado e devidos efeitos resultantes de seus atos. E mais, o que significa estar ao lado da besta e o que significa estar fora dela, com DEUS. O trecho abaixo já foi divulgado anteriormente, mas agora iremos aperfeiçoar seu conteúdo.

a)       SEU NÚMERO – O versículo diz ser número de homem (não de mulher). O contexto de todo o capítulo 13 de Apocalipse sugere o sistema papal, pois é um poder religioso, e quer ser adorado como se fosse DEUS. Isto desdobraremos a seguir. Iniciaremos, portanto, com os títulos geralmente concedidos ao papa. As letras que correspondem a números romanos devem ser consideradas, as demais, que não correepondem, são desprezadas, por não terem valor numérico.

VICARIVS FILII DEI; (vigário filho de DEUS, em que o papa é comparável a JESUS, O Salvador da humanidade):

V=5; I=1; C=100; I=1; V=5  soma    112

I=1; L=50; I=1; I=1               soma      53

D=500; I=1                            soma    501

Total                                                   666

DVX CLERI (guia do clero)

D=500; V=50; X=10; C=100; I=1   TOTAL= 666

LATINVS REX SACERDOS (Rei e Sacerdote Latino)

L=50; I=1; V=5; X=10; C=100; D=500    TOTAL = 666

VICARIVS GENERALIS DEI IN TERRIS (Vigário Geral de Deus na Terra)

V=5; I=1; C=100; I=1; V=5; L=50; I=1; D=500; I=1; I=1; I=1  TOTAL = 666

[…]

b)       SUA SEDE – A sua sede seria numa cidade com sete montes (“As sete cabeças são também sete montes, nos quais a mulher está assentada.” Apoc. 17:9). A cidade de Roma, onde se encontra o estado do Vaticano onde há sete montes, cujos nomes são: Quirinal, Viminal; Esquilino; Caélio; Aventino; Palatino e Capitolino.

c)       PODER PERSEGUIDOR E DESTRUIDOR – Destruiria os santos do Altíssimo (Dan. 7:21 e 25). Refere-se a grande perseguição de 1.260 anos, de 538 a 1798, pelo sistema papal, em que mais de 50 milhões de adoradores conforme a Bíblia foram mortos. A inquisição é um marco do cumprimento dessa profecia. Proferiu arrogâncias e blasfêmeas, e teve autoridade por 42 meses, ou seja 1.260 anos. Esse tempo coincide com a supremacia do sistema papal (ver também Apoc. 13:6 e 7) de 538 a 1798. Note-se, no entanto, que antes desse tempo já havia perseguição contra aqueles que guardavam os mandamentos.

d)       SERIA UM SISTEMA RELIGIOSO – Teria caráter religioso, um sistema religioso. Em Daniel 7:8 apresenta o sistema moral mais poderoso que o militar, e que substituiria o Império Romano, que se desintegrou em dez reinos menores, do qual resultou depois o Feudalismo. Desses surgiu um outro sistema de império, de natureza moral, ou seja, referente ao modo de pensar e de adorar. Esse sistema assentou-se no trono de DEUS, ostentando-se como se fosse o próprio DEUS, conforme II Tess. 2:4. Esse é o sistema que muda a palavra de DEUS, tira verdade da Bíblia e coloca crendices pagãs em seu lugar. Faz isso como se fosse DEUS. O sistema papal é o único que tem introduzido paganismo no cristianismo e tem feito isso com freqüência.

e)       MUDARIA OS TEMPOS E A LEI – “O característico especial da besta, e, portanto, de sua imagem, é a violação dos mandamentos de Deus. Diz Daniel a respeito da ponta pequena, o papado: “Cuidará em mudar os tempos e a lei.” Dan. 7:25. E Paulo intitulou o mesmo poder “o homem do pecado”, que deveria exaltar-se acima de Deus. Uma profecia é o complemento da outra. Unicamente mudando a lei de Deus poderia o papado exaltar-se acima de Deus; quem quer que conscientemente guarde a lei assim modificada, estará a prestar suprema honra ao poder pelo qual se efetuou a mudança. Tal ato de obediência às leis papais seria um sinal de vassalagem ao papa em lugar de Deus.” (Grande Conflito, 446)

Os tempos foram alterados: o dia não mais é contado de pôr do sol a pôr do sol, mas na meia-noite; a semana já foi, tempos atrás alterada para uma de 5 dias, depois de 6 dias, e houve semana de 10 dias. Isto foi na França e na Rússia. Isto é trabalho de satanás. Também os tempos dos dias da semana, que se tenta contar do segundo dia ao primeiro, não do primeiro ao sétimo, nos modernos calendários. E a Lei, como todos sabemos, sofreu alteração nos 4 primeiros mandamentos, e no décimo. Nessa alteração, o principal ataque foi para desviar a adoração a DEUS para outro ser: satanás.

f)        REVELAÇÃO DE SUA VERDADEIRA NATUREZA – Revelou-se durante os 1.260 anos, conforme podemos estudar em II Tess. 2:1 a 12. Refere-se a revelação do iníquo, pela qual aconteceu a grande apostasia, de afastamento dos princípios bíblicos. O iníquo postou-se e se levantou contra o que se chama DEUS, ou objeto de culto. Isso é a guerra de satanás contra a adoração a DEUS. Ele, satanás quer ser adorado. Portanto, para isso, mudou a lei, principalmente o quarto mandamento, o que liga os adoradores ao Criador. Pelo comportamento do sistema papal durante a Idade Média fica impossível aceitar ser um sistema voltado ao ensino da adoração Ao Criador, mas sim, à criatura, especificamente, satanás.

g)       REQUER VENERAÇÃO/ADORAÇÃO – “A besta de dois chifres “faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita ou nas suas testas; para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome”. Apoc. 13:16 e 17. A advertência do terceiro anjo é: “Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na sua testa, ou na sua mão, também o tal beberá do vinho da ira de Deus.” “A besta” mencionada nesta mensagem, cuja adoração é imposta pela besta de dois chifres, é a primeira, ou a besta semelhante ao leopardo, do capítulo 13 do Apocalipse – o papado. A “imagem da besta” representa a forma de protestantismo apóstata que se desenvolverá quando as igrejas protestantes buscarem o auxílio do poder civil para imposição de seus dogmas. Resta definir ainda o “sinal da besta”.” (Grande Conflito, 445)

h)       RECEBE PODER DE SATANÁS – A besta recebeu poder do dragão, o trono e grande autoridade (Apoc. 13:2. Isso demonstra a origem do poder dessa besta, pelo que a sua natureza ser fortemente como o paganismo antigo. O poder que exerce é opressor, a autoridade de um poder assim não pode vir de DEUS. O trono de satanás significa que reina junto com a criatura que deseja ser adorado como se fosse DEUS. O poder da besta, sua origem, vem de satanás. No tempo da Idade Média, satanás concedeu poder á besta por intermédio do paganismo do império romano, no seu imperador Constantino. Atualmente, a a primeira besta está tendo o seu poder restabelecido pelos EUA, que é a segunda besta, de tanta a identificação com a primeira besta.

i)         FOI FERIDO MORTALMENTE – Uma das cabeças foi golpeada de morte, mas a ferida seria curada (Apoc. 13:3). O sistema papal foi ferido de morte em 1798, e sua ferida começou a ser curada desde 1929, quando o sistema teve sua sede devolvida.

j)         ENCANTA TODA A TERRA – Toda a terra se maravilhou segundo a besta, e adoraram a besta (Apoc. 13:3 e 4). É isso que se vê nos dias atuais. O homem mais venerado no planeta é o papa. É também o mais poderoso. Quem poderá enfrentá-lo? (ver. Apoc. 13:4, up e 8). Ele será enfrentado pelo Cordeiro.

k)       OS ADORADORES SINCEROS SAIRÃO DESSE SISTEMA – “Retirai-vos dela povo meu” (Apoc. 18:4). É desse sistema que muitos adoradores sinceros irão sair no final dos tempos. Essa profecia está prestes a se cumprir. Então o sistema será destruído para sempre, conforme Apoc. 18:2 e 3.

l)         AGE COMO O DRAGÃO – Recebeu poder do dragão (Apoc. 13:2) por isso age como ele. Luta contra a mulher pura (a igreja que não misturou doutrinas da Bíblia com paganismo – ver todo cap 12 de Apoc.) e contra os descendentes dela, os que guardam os mandamentos de DEUS (não os de satanás, adulterados) e tem o testemunho de JESUS (o poder da profecia). Isso é o que fez e o que ainda pretende fazer.

m)      PROSTITUIÇÃO ESPIRITUAL – Tem um cálice na mão, com a imundícia de sua prostituição (Apoc. 17:4) que são os dogmas importados do paganismo. Os principais dogmas são: santificação do dia pagão, o domingo, a crença na imortalidade da alma, a adoração pelos mortos, a idolatria pagã e a inserção de santos falíveis já mortos entre o homem e o Salvador.

n)       É BABILÔNIA, MÃE DAS MERETRIZES – reconhecida como a igreja mãe, da qual vieram muitas outras igrejas que, segundo a Bíblia, compõe a Babilônia, ou seja, a confusão de doutrinas de misturas de paganismo, espiritismo e cristianismo. É bom lembrar que, conforme Apoc. 18:4, há em todas essas igreja adoradores sinceros, que no tempo certo, sairão delas.

o)       DOMINA SOBRE OS REIS DA TERRA – é o que o sistema fez em muitas ocasiões no passado, e ainda fará no futuro. Na realidade, está se preparando agora para dominar outra vez sobre as nações, principalmente para impor dogmas pagãos e a santificação do domingo, dia de adoração pagão. Essa é a Nova Ordem Mundial em seu caráter hoje ainda oculto.

    p)       O SISTEMA SE REVELARÁ OUTRA VEZ “DE FATO”, EM MAIOR INTENSIDADE, MOSTRANDO SUA VERDADEIRA NATUREZA POR COMPLETO (ver II Tess. 2:8) – A primeira revelação do iníquo, ou seja, do líder do sistema religioso, foi durante os 1.260 anos de perseguição contra os guardadores dos princípios puros da Bíblia. Mas vai haver outra revelação ainda, com sinais e prodígios, segundo a eficácia de satanás (ver II Tess. 2:9), para que mostre sua verdadeira natureza, e que todos vendo-o, tomem uma decisão, se querem permanecer nesse sistema e serem destruídos com ele (ver Apoc. 14:9 a 11), ou se querem sair dele (Apoc. 18:4). Tudo o que fez durante a grande perseguição no passado fará outra vez, e outras coisas mais, como sinais e prodígios pelo poder do espiritismo a tal sistema associado. Então, muitos verão onde estão, e buscarão o endereço da verdadeira adoração a DEUS. Esse sistema será então julgado e destruído para sempre (ver II Tess. 2:9 e 12).

    Hoje o sistema age, através do ecumenismo, para unir todas as igrejas sob seu poder. Quer assim levar a todos os seres humanos adorar a uma criatura, não Ao Criador, como requer Apoc. 14:7. Para isso, integra a Nova Ordem Mundial, na qual se instala um sistema de comércio mundial, tanto de mercadorias quanto de conhecimento, e em destaque o conhecimento de doutrinas religiosas, de relíquias e amuletos diversos, sendo esses últimos, o principal motivo de comércio. No bojo da Nova Ordem Mundial, que incentiva a união de muitas forças globais, de países, de religiões, bancos, empresas, sindicatos, etc., está a imposição, tal como na Idade Média, da veneração do domingo como dia de adoração, para forçar a adoração a satanás. Isso já foi oficialmente anunciado, e só aguarda a oportunidade adequada para tornar realidade.

    Conclusão

    A frase mais importante após esse comentário é em forma de um convite, expresso na Bíblia: “SAI DELA POVO MEU” (Apoc. 18:4). Isso mesmo, não há porque esperar até que seja emitido o decreto dominical. Nessa ocasião, essa saída será forçada pelas circunstâncias, para não sofrer os juízos de DEUS junto com os que adoram a satanás. Melhor é sair antes, hoje por exemplo. Melhor ainda é estudar a Bíblia, e verificar por si mesmo, se a igreja em que se encontra ensina a verdadeira adoração ou não. O ponto inicial desse estudo é Apoc. 14:7, onde diz: “adorai aquele que fez…”. Então, vá até Êxodo 20: 8 a 11, para ver como se adora o que fez, como se adora o Criador. Cuide de pesquisar na Bíblia se em algum lugar há ao menos um indicativo de que se deve adorar a DEUS, santificando o domingo, porque nesse dia JESUS ressuscitou. NÃO HÁ. Portanto, estude bem, e conclua por você mesmo, e decida conforme a sua consciência.

    Prof. Sikberto R. Marks

    Escrito em: 28-05-2002

    Esse post foi publicado em Comentários de Sikberto R. Marks, Segunda Besta: Estados Unidos e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

    5 respostas para As Armas do Dragão 2 – A Besta da Terra

    1. matias disse:

      interessante que norte-americanos pretende torna-se
      hiperpotencia no quesito militar e ideologico.

    2. anderson disse:

      eu creio em deus e nada me faltara jesus é meu viver

    3. anderson disse:

      eu sou de jesus e eu e minha casa serviremos ao senhor

    4. CrisBauer disse:

      Queria entender muito o APCALIPSE
      os dizeres que nela á tem coisa no apocalipse que ñ entendo.

    5. CrisBauer disse:

      Eu, e a minha familia servimos ao nosso todo poderos senhor JESUS CRISTO so nele, teremos a nossa salvação.

    Deixe um comentário

    Faça o login usando um destes métodos para comentar:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s