Profecia de Daniel 2 sobre a Europa continua se cumprindo na Crise Grega

O FMI (Fundo Monetário Internacional) aprovou neste domingo um empréstimo de 30 bilhões de euros [cerca de R$ 70 bilhões] para a Grécia, como parte de um pacote maior, de 110 bilhões de euros [R$ 257 bilhões] para ajudar o país a sair da grave crise econômica.

A ajuda financeira –a maior já registrada– será dispersada durante os próximos três anos.

Em um breve comunicado, o FMI informou que o empréstimo foi aprovado pelos 24 países membros do órgão, em uma sessão extraordinária realizada em Washington neste domingo.

Neste sábado, os líderes da Eurozona aprovaram um pacote de empréstimos de 110 bilhões de euros para auxiliar a Grécia nos próximos três anos.

Fonte: UOL

A Profecia de Daniel 2 descreve uma estátua. A Cabeça de ouro simboliza Babilônia (Século VI AC), os braços de prata os Medos e Persas (Século IV AC), os quadris de Bronze o Império Grego (Século III AC) e as pernas de ferro o Império Romano (Século II AC até século IV DC). Os pés simulam os Reinos Europeus após a queda do Império Romano:

(Daniel 2:41-44) – E, quanto ao que viste dos pés e dos dedos, em parte de barro de oleiro, e em parte de ferro, isso será um reino dividido; contudo haverá nele alguma coisa da firmeza do ferro, pois viste o ferro misturado com barro de lodo. E como os dedos dos pés eram em parte de ferro e em parte de barro, assim por uma parte o reino será forte, e por outra será frágil. Quanto ao que viste do ferro misturado com barro de lodo, misturar-se-ão com semente humana, mas não se ligarão um ao outro, assim como o ferro não se mistura com o barro. Mas, nos dias desses reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele mesmo subsistirá para sempre.

A profecia diz que a Europa seria em parte fraca (barro) e em parte forte (ferro). Os reinos se misturariam através de casamento de Reis e acordos políticos, mas jamais seriam UM ÚNICO PAÍS porque “não se ligarão um ao outro, assim como o ferro não se mistura com o barro”.

A atual crise grega  vem mostrar que a profecia está se cumprindo mais uma vez. O EURO tão jovem, já corre risco. Se a Grécia é considerada débil, os dirigentes da União pensarão muito antes de estender o Euro a outros países. Aumenta a insatisfação da população e a rejeição da Unificação completa. Antes que eles possam ter possibilidade de se unirem totalmente, “o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele mesmo subsistirá para sempre.”

Esse post foi publicado em Profecias e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s