Os Adventistas Ressuscitarão Antes da Volta de Jesus?

Segunda Vinda PragasMomento em que as vozes serão ouvidas, pouco antes da segunda vinda.
Aclamação de vitória do povo de Deus.

O filme adventista À Última Batalha por causa de problemas orçamentários simplificou a segunda vinda de Jesus. No filme, existe apenas uma ressurreição geral dos mortos, quando Jesus aparece nas nuvens do Céu. No entanto, o livro O Grande Conflito da profetisa Ellen G. White nos conta que antes da segunda vinda, serão ouvidas 7 vozes nos Céus, em meio a trovões, tempestades e a convulsão da natureza. De acordo com a profetisa, os adventistas ressuscitarão na terceira voz, restando ainda um certo tempo (que pode ser horas ou dias) até a segunda vinda.

As 7 vozes, em resumo, dirão o seguinte:

1- “Olhai para Cima”

2- “Eles vêm! eles vêm! santos, inocentes e incontaminados. Guardaram a palavra da Minha paciência; andarão entre os anjos”

3- “Está Feito”!!!!

==== ressurreição dos adventistas======

4- A voz declara o dia e a hora da segunda vinda.

5- A voz abençoa os guardadores do sábado que venceram a coligação Estado- Igrejas e a grande perseguição mundial.

6- “A Minha Graça te Basta!”

7- “Despertai, despertai, despertai, vós que dormis no pó, e surgi!” (ressurreição de todas as eras, ou seja das milhões de pessoas não adventistas).

Vejamos o texto em ordem de leitura:

Quando a proteção das leis humanas for retirada dos que honram a lei de Deus, haverá, nos diferentes países, um movimento simultâneo com o fim de destruí-los. Aproximando-se o tempo indicado no decreto, o povo conspirará para desarraigar a odiada seita [adventista]. Resolver-se-á dar em uma noite um golpe decisivo, que faça silenciar por completo a voz de dissentimento e reprovação.

O povo de Deus – alguns nas celas das prisões, outros escondidos nos retiros solitários das florestas e montanhas pleiteia ainda a proteção divina, enquanto por toda parte grupos de homens armados, instigados pelas hostes de anjos maus, se estão preparando para a obra de morte. […]

Com brados de triunfo, zombaria e imprecação, multidões de homens maus estão prestes a cair sobre a presa, quando, eis, um denso negror, mais intenso do que as trevas da noite, cai sobre a Terra. Então o arco-íris, resplandecendo com a glória do trono de Deus, atravessa os céus, e parece cercar cada um dos grupos em oração. As multidões iradas subitamente se detêm. Silenciam seus gritos de zombaria. É esquecido o objeto de sua ira sanguinária. Com terríveis pressentimentos contemplam o símbolo da aliança de Deus, anelando pôr-se ao amparo de seu fulgor insuperável. (1) É ouvida pelo povo de Deus uma voz clara e melodiosa, dizendo: “Olhai para cima”;

(2) …. …. Novamente se ouve uma voz, melodiosa e triunfante, dizendo: “Eles vêm! eles vêm! santos, inocentes e incontaminados. Guardaram a palavra da Minha paciência; andarão entre os anjos”; e os pálidos, trêmulos lábios dos que mantiveram firme a fé, proferem um brado de vitória … É à meia-noite que Deus manifesta o Seu poder para o livramento de Seu povo. O Sol aparece resplandecendo em sua força. Sinais e maravilhas se seguem em rápida sucessão. Os ímpios contemplam a cena com terror e espanto, enquanto os justos vêem com solene alegria os sinais de seu livramento. Tudo na Natureza parece desviado de seu curso. As correntes de água deixam de fluir. Nuvens negras e pesadas sobem e chocam-se umas nas outras.

(3) Em meio dos céus agitados, acha-se um espaço claro de glória indescritível, donde vem a voz de Deus como o som de muitas águas, dizendo: “Está feito.” Apoc. 16:17. Essa voz abala os céus e a Terra…
Abrem-se sepulturas, e “muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno”. Dan. 12:2. Todos os que morreram na fé da mensagem do terceiro anjo saem do túmulo glorificados para ouvirem o concerto de paz, estabelecido por Deus com os que guardaram a Sua lei. […]

Por uma fenda nas nuvens, fulgura uma estrela cujo brilho aumenta quadruplicadamente em contraste com as trevas. Fala de esperança e alegria aos fiéis, mas de severidade e ira aos transgressores da lei de Deus.

Enquanto estas palavras de santa confiança ascendem a Deus, as nuvens recuam, e se vêem os constelados céus, indescritivelmente gloriosos em contraste com o firmamento negro e carregado de cada lado. A glória da cidade celestial emana de suas portas entreabertas. Aparece então de encontro ao céu uma mão segurando duas tábuas de pedra dobradas uma sobre a outra. Diz o profeta: “Os céus anunciarão a Sua justiça; pois Deus mesmo é o juiz.” Salmo 50:6. Aquela santa lei, a justiça de Deus, que por entre trovões e chamas foi do Sinai proclamada como guia da vida, revela-se agora aos homens como a regra do juízo. A mão abre as tábuas, e vêem-se os preceitos do decálogo, como que traçados com pena de fogo. As palavras são tão claras que todos as podem ler. Desperta-se a memória, varrem-se de todas as mentes as trevas da superstição e heresia, e os dez preceitos divinos, breves, compreensivos e autorizados, apresentam-se à vista de todos os habitantes da Terra.

(4) A voz de Deus é ouvida no Céu, declarando o dia e a hora da vinda de Jesus e estabelecendo concerto eterno com Seu povo. Semelhantes a estrondos do mais forte trovão, Suas palavras ecoam pela Terra inteira. O Israel de Deus fica a ouvir, com o olhar fixo no alto. Têm o semblante iluminado com a Sua glória, brilhante como o rosto de Moisés quando desceu do Sinai. Os ímpios não podem olhar para eles. (5) E, quando se pronuncia a bênção sobre os que honraram a Deus, santificando o Seu sábado, há uma grande aclamação de vitória.

Surge logo no Oriente uma pequena nuvem negra, aproximadamente da metade do tamanho da mão de um homem. É a nuvem que rodeia o Salvador, e que, a distância, parece estar envolta em trevas. O povo de Deus sabe ser esse o sinal do Filho do homem. Em solene silêncio fitam-na enquanto se aproxima da Terra, mais e mais brilhante e gloriosa, até se tornar grande nuvem branca, mostrando na base uma glória semelhante ao fogo consumidor e encimada pelo arco-íris do concerto.

Os justos clamam, a tremer: “Quem poderá subsistir?” Silencia o cântico dos anjos, e há um tempo de terrível silêncio. (6) Ouve-se, então, a voz de Jesus, dizendo: “A Minha graça te basta.” Ilumina-se a face dos justos, e a alegria enche todos os corações. E os anjos entoam uma melodia mais forte, e de novo cantam ao aproximar-se ainda mais da Terra.

Por entre as vacilações da Terra, o clarão do relâmpago e o ribombo do trovão, (7) a voz do Filho de Deus chama os santos que dormem. Ele olha para a sepultura dos justos e, levantando as mãos para o céu, brada: “Despertai, despertai, despertai, vós que dormis no pó, e surgi!” Por toda… a Terra, os mortos ouvirão aquela voz, e os que ouvirem viverão.

E a Terra inteira ressoará com o passar do exército extraordinariamente grande de toda nação, tribo, língua e povo. Do cárcere da morte vêm eles, revestidos de glória imortal, clamando: “Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?” I Cor. 15:55. …

Os justos vivos são transformados “num momento, num abrir e fechar de olhos”. À voz de Deus foram eles glorificados; agora tornam-se imortais, e com os santos ressuscitados, são arrebatados para encontrar seu Senhor nos ares. Os anjos “ajuntarão os Seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.” Criancinhas são levadas pelos santos anjos aos braços de suas mães. Amigos há muito separados pela morte, reúnem-se, para nunca mais se separarem, e com cânticos de alegria ascendem juntamente para a cidade de Deus….

Fonte: O Grande conflito (1888). Capítulo O Livramento dos Justos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Artigos Adventistas e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Os Adventistas Ressuscitarão Antes da Volta de Jesus?

  1. Francisco Alves de Pontes disse:

    Realmente, por motivos orçamentários o filme A ÚLTIMA BATALHA não pôde apresentar, em detalhes, os gloriosos acontecimentos que precedem a Segunda Vinda; e omitiu a ressurreição especial em que aqueles que morreram na fé da mensagem do terceiro anjo [adventistas fiéis] ressuscitam. Isto é compreensível em um filme. O que é mais lamentável é o fato de que tais acontecimentos são omitidos pelo púlpito. Muitos membros da igreja, inclusive pastores, ignoram a inspiradora escatologia adventista! Se ignoram é porque têm pouco ou nenhum interesse em estudar as profecias! A maioria dos sermões que atualmente são apresentados tratam de assuntos corriqueiros e, muitas vezes, desinteressantes.– Chico Bíblia

  2. Pingback: Adventismo: 400 anos no Egito? | Adventismo em Foco

  3. Pingback: O presente super especial de Deus aos adventistas do sétimo dia | Adventismo em Foco

  4. JESUS CRISTO REI DOS REIS SANTO DOS SANTOS DEUS DE ISRAEL DEUS UNIVERSAL DEUS DO SANTO SÁBADO. EZEQUIEL 20:20 HEBREUS 4:4,10 EZEQUIEL 20:20 SINAL DE JESUS CRISTO. DEUS ETERNO VIDA ETERNA DEUS IMORTAL. O REDENTOR ESTÁ VIVO , A REDENÇÃO. O REDENTOR JESUS CRISTO ESTÁ VIVO. LEÃO DA TRIBO DE JUDÁ RAIZ E GERAÇÃO DE DAVI JESUS CRSITO ESTÁ VIVO. GLORIAS A DEUS ALELUIA. JESUS CRISTO AMÉM.
    NESTA VIDA NÃO EXISTE NADA IMPOSSÍVEL. BASTA CRER. GLORIAS A DEUS ALELUIA. JESUS CRISTO. AMÉM
    ISRAEL SALVOS PELA GRAÇA DE DEUS. AMÉM

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s