Ter ou Ter…

Por André Catanho

Na vida de Cristo, tudo era subordinado à Sua obra, à obra de redenção que Ele veio cumprir. A mesma consagração, renúncia e sacrifício, a mesma submissão às prescrições da Palavra de Deus, devem ser manifestadas em Seus discípulos.

Despi-vos de toda manifestação de importância pessoal, pois não vos pode ajudar em vosso trabalho; contudo eu vos imploro que tenhais o mais alto apreço por vosso próprio caráter, pois fostes comprados por preço infinito. Sede cuidadosos, dedicados à oração, compenetrados. Não imagineis poder misturar o santo e o profano. Isto tem sido feito no passado de modo tão constante que o discernimento espiritual dos professores ficou obscurecido, e eles não logram discernir entre o que é sagrado e o que é comum. Eles têm utilizado o fogo comum e têm-no apreciado, exaltado e louvado, e o Senhor tem-Se afastado com desgosto. Professores, não seria melhor fazer plena consagração de vós mesmos a Deus? Arriscaríeis vossa salvação num serviço
dividido? Conselho sobre educação145

O caráter de Cristo é o único modelo perfeito que devemos adotar. O arrependimento e a fé, a entrega da vontade, e a consagração das afeições a Deus, são os meios designados para o cumprimento dessa obra. Obter
conhecimento desse plano que foi divinamente determinado deve ser o nosso primeiro empenho; satisfazer a suas exigências deve ser nosso primeiro esforço. Conselho para pais professores e estudantes, 50

O conhecimento de Deus é obtido em Sua Palavra. O conhecimento experimental da verdadeira piedade, encontrado na consagração diária e no serviço, garantem-nos a mais elevada cultura do corpo, da mente e da alma. Esta consagração de todas as nossas faculdades a Deus previne a exaltação própria. A comunicação do poder divino credita nosso sincero esforço em busca da sabedoria que nos capacitará a usar nossas mais elevadas faculdades de modo que honrem a Deus e beneficiem nossos semelhantes. Sendo essas faculdades derivadas de Deus, e não de criação própria, serão apreciadas como talentos oriundos de Deus para serem empregados em Seu serviço. Conselho sobre educação,231

Reclama consagração em todo ramo de Sua obra. Desempenhai fielmente vossa parte no posto do dever que vos foi designado. Trabalhai fervorosamente, lembrando-vos de que Cristo está ao vosso lado, planejando, ideando e construindo para vós. “E Deus é poderoso para tornar abundante em vós toda graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, toda suficiência, superabundeis em toda boa obra.” II Cor. 9:8. Dai prazerosa, alegre e voluntariamente, gratos por poderdes fazer alguma coisa para levar avante o reino de Deus, no mundo. Esvaziai o coração do egoísmo, e cingi a mente para a atividade cristã. Se estiverdes em íntima ligação com Deus, estareis dispostos a fazer qualquer sacrifício para colocar a vida eterna ao alcance dos que perecem Conselho sobre mordomia ,49

O grande derramamento do Espírito de Deus, que ilumina toda a Terra com a Sua glória, não virá enquanto não tivermos um povo iluminado, que conheça por experiência própria o que significa ser colaboradores de Deus. Quando tivermos uma consagração plena, de todo coração, ao serviço de Cristo, Deus reconhecerá esse fato derramando Seu Espírito sem medida; mas isso não acontecerá enquanto a maior parte da igreja não se transformar em coobreiros de Deus. Deus não pode derramar Seu Espírito quando o egoísmo e a condescendência própria são tão manifestos; quando prevalece um espírito que, traduzido em palavras, exprimiria a resposta de Caim: “Sou eu guardador do meu irmão?” Gên. 4:9. Review and Herald, 21 de julho de 1896.

Deus exige aquilo que nós não damos – consagração sem reservas. Se todo cristão tivesse sido fiel ao voto feito ao aceitar a Cristo, tantas pessoas no mundo não teriam sido deixadas a perecer no pecado. Quem responderá pelas almas que têm baixado à sepultura sem estar preparadas para se encontrarem com o seu Senhor? Cristo Se ofereceu como um sacrifício completo em nosso favor. Com fervor trabalhou para salvar os pecadores! Quão incansáveis eram Seus esforços no sentido de preparar Seus discípulos para o trabalho! Mas quão pouco temos feito! E a influência do pouco que fizemos tem sido terrivelmente enfraquecida pelo efeito neutralizador do que deixamos por fazer, ou iniciamos e nunca levamos a cabo, e pelos nossos hábitos de descuidada indiferença. Quanto temos perdido por deixar de avançar para realizar o trabalho que Deus nos deu! Como cristãos professos, deveríamos espantar-nos com tal perspectiva. Review and Herald, 30 de dezembro de 1902.

O tempo é precioso. O destino das pessoas está na balança. A um custo infinito foi providenciado o caminho da salvação. Será em vão o grande sacrifício de Cristo? Será a Terra inteiramente controlada por instrumentos
satânicos? A salvação de pessoas depende da consagração e atividade da igreja de Deus. O Senhor chama a todos os que nEle crêem para que sejam colaboradores Seus. Enquanto durar sua vida, não devem sentir que sua obra está feita. Enquanto não chegar o dia em que Cristo dirá “Está consumado”, Sua obra pela salvação de almas não diminuirá, mas crescerá em importância. Cristo triunfante,(meditações matinais 2002), 359

A bênção de Deus repousará sobre todo aquele que faz inteira consagração a Ele. Ao buscarmos a Deus de todo o coração, nós O acharemos. Deus tem para conosco profundo interesse, quer que façamos preparação completa para a eternidade. Entregou todo o Céu numa única dádiva, e não existe motivo algum
de duvidarmos de Seu amor.cuidado de Deus ,46

Esta mensagem se encerrará com poder e força muito maiores do que o clamor da meia-noite. Servos de Deus, dotados de poder do alto, com rosto iluminado e resplandecendo com santa consagração, saíram para proclamar a mensagem provinda do Céu. Primeiros Escritos, págs. 278 e 279.

O fim de todas as coisas está às portas. O que temos feito não deve significar o fim de um período para nossa obra. O Capitão de nossa salvação diz: “Avançai. ‘A noite vem, quando ninguém pode trabalhar.'” João 9:4.
Constantemente devemos aumentar em utilidade. Nossa vida deve sempre estar sob o poder de Cristo; nossas lâmpadas, mantidas ardendo brilhantemente. … Aquele que se coloca onde Deus pode iluminá-lo, avança, onde quer que seja, da parcial obscuridade do amanhecer à completa resplandecência do meio-dia. Minha Consagração Hoje (Meditações Matinais, 1989), pág. 109.

Esperaremos o amanhã??/

Os direitos de Jesus a nosso serviço são novos a cada dia. Por mais completa que tenha sido nossa consagração quando nos convertemos, de nada nos valerá a menos que a renovemos dia a dia; mas uma consagração que abrange o presente é nova, genuína e aceitável a Deus. Não temos semanas e meses para
Lhe depor aos pés; não nos pertence o amanhã, pois o não recebemos ainda; hoje, porém, podemos trabalhar para Jesus. Hoje, podemos expor perante Ele nossos planos e desígnios, para que os examine e aprove. … Este é o dia de Deus, e vós sois Seus servos assalariados. Review and Herald, 6 de janeiro de 1885.

Não nos é pedido que sirvamos como Eliseu serviu, nem que vendamos tudo que possuímos; mas Deus nos pede que demos ao Seu serviço o primeiro lugar em nossa vida, e não permitamos se passe um só dia sem que façamos alguma coisa para avançar Sua obra na Terra. Ele não espera de todos a mesma espécie de serviço. Um pode ser chamado a servir em terras estrangeiras; outro pode ser chamado a dar de seus meios para o sustento do evangelho. Deus aceita a oferta de cada um. É a consagração da vida e de todos os seus interesses que é necessário. Os que fazem essa consagração, ouvirão e obedecerão ao chamado do Céu. … Cuidado de Deus (meditações matinais 1995)pág 214

Necessitam-se agora homens de esclarecida compreensão. Deus convida os que estão dispostos a ser regidos pelo Espírito Santo a liderarem numa obra de completa reforma. Vejo uma crise diante de nós, e o Senhor convida Seus obreiros a se enfileirarem. Toda alma deve estar agora em posição de mais profunda, mais genuína consagração a Deus que durante os anos passados. … Cuidado de Deus (meditações matinais 1995)pág 359

Nossa consagração a Deus tem de ser um princípio vivo, entretecido com a vida, e levando à abnegação e renúncia. Tem de estar na base de todos os nossos pensamentos, e ser a mola de toda ação. Isso nos elevará acima do mundo e nos separará de sua influência poluidora. Review and Herald, 2 de janeiro de 1900.

Isso é fruto de simploria pesquisa e qualquer um pode encontrar ainda outros textos ainda mais claros
Precisamos porem de muito mais que textos , precisamos viver os textos em nossas vidas, pois o Senhor tem sondado os corações e está ja a derramar sobre Seu povo bençãos sem medida para aguentarmos o tempo de angustia .

Estamos muito atrasados de onde deveríamos estar ..ainda lutamos com Deus para rejeitarmos Sua vontade , colocamos ainda muitos empecilhos em nossa frente dificultando nossa  salvação Até quando iremos rejeita-lO …

Textos serão apenas sempre  textos se não os colocarmos em pratica ..

O desejo é e continuar sendo o mesmo …que tenham os desejo pela salvação ….nossa própri e a dos demais …Que Deus abençõe  a todos dando a cada um o necessário para nossa verdadeira conversão e consagração

Esse post foi publicado em Site Aconselho-te. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s