O Mormonismo ensina que “Jesus” vai descer do Céu e andar sobre a Terra

Visão de Joseph Smith

 Imagem: Joseph Smith Junior vê o Pai e o Filho contrariando as escrituras que ensinam que ninguém nunca viu o Pai.

Já passei por várias denominações e antes de ser mórmon eu era um adventista. Então fiquei familiarizado com ambas doutrinas e percebi algumas similaridades. Dentre essas era a do retorno do Messias. A Irmã White nos ensinou que haveria um falso retorno. Satanás iria se disfarçar de Jesus Cristo e iria imitar a sua segunda vinda. Ela nos ensinou também um sinal de que o verdadeiro Cristo não pisaria nesta terra e teria as marcas da expiação, coisa que Satan não poderia imitar. Quando cheguei então no mormonismo e ouvi a história da Segunda Vinda me espantei! Era exatamente como a Irmã tinha nos avisado. Eles creem que Jesus Cristo virá em meio há um caos político-social. Que desceria do céu e ensinaria a todos a guardarem suas leis para obterem a paz tão desejada. Assim se daria o período milenar. Para os mórmones no milênio ainda existirá os justos confusos em suas falsas denominações, para isso haverá uma pregação do “evangelho” para convertê-los ao evangelho do falso cristo. No milênio também haverá procriação. Anjos (pessoas ressuscitados) virão ministrar aos seres humanos, (principalmente aos líderes políticos).  E  o “Cristo” não ficará nesta Terra, mas a visitará constantemente durante este milênio. Talvez você pense, não há nada de errado é tudo bíblico! Para você entender o erro deverá saber um pouco mais das crenças pregada por essa denominação.

VAMOS AOS PONTOS:

A 10ª Regra de fé diz: “Cremos (…) que Cristo reinará pessoalmente na Terra; e que a Terra será renovada e receberá sua glória paradisíaca”. (Regra de Fé 1:10).

“Ele ocupará Seu lugar de direito como o Rei do céu e da Terra. Quando Jesus vier, Ele estabelecerá Seu governo na Terra. Sua Igreja se tornará parte desse reino. Ele governará todas as pessoas da Terra em paz por mil anos.” (Manual Princípios do Evangelho, Capítulo 44 – A segunda vinda, página 269).

“Os Povos da Terra durante o Milênio

A Segunda Vinda de Jesus Cristo iniciará um período de mil anos de paz, amor e alegria na Terra. Esse período de mil anos chamasse Milênio. As escrituras e os profetas nos ajudam a entender como será viver na Terra durante o Milênio.

Devido à destruição dos iníquos na Segunda Vinda do Salvador, somente as pessoas justas viverão na Terra no início do Milênio. Serão aqueles que viveram uma vida virtuosa e honesta. Essas pessoas herdarão o reino terrestre ou o celestial.

Durante o Milênio, os mortais continuarão a viver na Terra e a ter filhos como os temos agora (ver D&C 45:58). Joseph Smith disse que seres imortais visitarão a Terra com frequência. Esses seres ressuscitados ajudarão no governo e em outros trabalhos (ver Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, comp. por Joseph Fielding Smith, 1976, p. 262).

As pessoas ainda terão o livre-arbítrio e por algum tempo muitos continuarão a acreditar em suas falsas religiões e ideias. No final, todos confessarão que Jesus Cristo é o Salvador.

Durante o Milênio, Jesus “reinará pessoalmente na Terra” (Regras de Fé 1:10). Joseph Smith explicou que Jesus reinará sobre os santos e descerá para instruir-nos (ver Ensinamentos dos Presidentes da Igreja: Joseph Smith, 2007, p. 269).” (Manual Princípios do Evangelho, Capítulo 45 – O Milênio, página 273).

ESPANTOSO, NÃO?! Parece que os mórmones aguardam o falso cristo profetizado pela Irmã White! Perceba que a cena é idêntica:

“Terríveis cenas de caráter sobrenatural logo se manifestarão nos céus, como indício do poder dos demônios, operadores de prodígios. Os espíritos diabólicos sairão aos reis da Terra e ao mundo inteiro, para segurá-los no engano, e forçá-los a se unirem a Satanás em sua última luta contra o governo do Céu. Mediante estes agentes, serão enganados tanto governantes como súditos. Levantar-se-ão pessoas pretendendo ser o próprio Cristo e reclamando o título e culto que pertencem ao Redentor do mundo. Efetuarão maravilhosos prodígios de cura, afirmando terem recebido do Céu revelações que contradizem o testemunho das Escrituras.

Como ato culminante no grande drama do engano, o próprio Satanás personificará Cristo. A igreja tem há muito tempo professado considerar o advento do Salvador como a realização de suas esperanças. Assim, o grande enganador fará parecer que Cristo veio. Em várias partes da Terra, Satanás se manifestará entre os homens como um ser majestoso, com brilho deslumbrante, assemelhando-se à descrição do Filho de Deus dada por João no Apocalipse (cap. 1:13-15). A glória que o cerca não é excedida por coisa alguma que os olhos mortais já tenham contemplado. Ressoa nos ares a aclamação de triunfo: “Cristo veio! Cristo veio! O povo se prostra em adoração diante dele, enquanto este ergue as mãos e sobre eles pronuncia uma bênção, assim como Cristo abençoava Seus discípulos quando aqui na Terra esteve. Sua voz é meiga e branda, cheia de melodia. Em tom manso e compassivo apresenta algumas das mesmas verdades celestiais e cheias de graça que o Salvador proferia; cura as moléstias do povo, e então, em seu pretenso caráter de Cristo, alega ter mudado o sábado para o domingo, ordenando a todos que santifiquem o dia que ele abençoou. Declara que aqueles que persistem em santificar o sétimo dia estão blasfemando de Seu nome, pela recusa de ouvirem Seus anjos à eles enviados com a luz e a verdade. É este o poderoso engano, quase invencível.” (O Grande Conflito, página 624. Tirado do site: http://www.ellenwhitebooks.com/?l=1&p=624).

O QUE ESTE FALSO CRISTO IRÁ ENSINAR QUANDO DESCER NESTA TERRA?

Os mórmones creem que o domingo é o dia do Senhor. Veja:

“O Dia do Senhor

Por que o dia do Senhor foi mudado do sétimo dia para o primeiro dia da semana?

Até a Ressurreição de Jesus Cristo, Ele e Seus discípulos guardaram o sétimo dia como o dia santo. Após a Ressurreição, o domingo passou a ser santificado e considerado o Dia do Senhor, em lembrança de Sua Ressurreição naquele dia (ver Atos 20:7; I Coríntios 16:2). Daquela época em diante, os seguidores de Jesus passaram a guardar o primeiro dia da semana como o Dia do Senhor. Nos dois casos, havia seis dias de trabalho e um para descanso e devoção. Em nossa época, o Senhor nos deu um mandamento direto de que nós também precisamos honrar o domingo como o Dia do Senhor (ver D&C 59:12).” (Manual Princípios do Evangelho, Capítulo 24, páginas 145-146).

Os mórmones creem em imortalidade de alma:

“Vida Após a Morte

O que acontece conosco depois da morte?

O Pai Celestial preparou um plano para a nossa salvação. Como parte desse plano, Ele nos tirou de Sua presença para vivermos na Terra e recebermos um corpo mortal de carne e sangue. Esse corpo mortal acabará morrendo e nosso espírito irá para o mundo espiritual. O mundo espiritual é um lugar de espera, trabalho, aprendizado e, para os justos, de descanso dos cuidados e das tristezas.

Nosso espírito viverá nesse local até que esteja pronto para a ressurreição. Então, nosso corpo mortal se reunirá uma vez mais com nosso espírito e receberemos o grau de glória para o qual nos preparamos.” (Manual Princípios do Evangelho, Capítulo 41, página 249).

Só desses dois pontos você já percebe como Satan vai favorecer as igrejas atuais. De acordo com a citação: “As pessoas ainda terão o livre-arbítrio e por algum tempo muitos continuarão a acreditar em suas falsas religiões e ideias. No final, todos confessarão que Jesus Cristo é o Salvador.” Ainda neste milênio haverão igrejas que serão discipuladas pelos mórmones até confessarem/aceitarem que este “Cristo” que veio estabelecer o reino milenar é o verdadeiro Cristo. Eles estão fazendo isso ainda hoje. Com o proselitismo mórmon eles estão ensinando a muitos crerem neste falso cristo que é contra a Lei.  Vejam o que a profecia nos diz de forma espantosa:

“…Porque o dia não virá antes da apostasia e de ter sido revelado o homem que se separa da Torah (Lei), o destinado à perdição. Ele se oporá a tudo o que as pessoas chamam deus ou transformam em objeto de adoração; ele se colocará acima de tudo, a fim de que se assente no templo de DEUS e proclame ser ele mesmo DEUS.” 2 Tessalonicenses 2.3,4.

“Quando profeta ou sonhador de sonhos se levantar no meio de ti, e te der um sinal ou prodígio, e suceder o tal sinal ou prodígio, de que te houver falado, dizendo: Vamos após outros deuses, que não conheceste, e sirvamo-los; não ouvirás as palavras daquele profeta ou sonhador de sonhos; porquanto o SENHOR vosso Deus vos prova, para saber se amais o SENHOR vosso Deus com todo o vosso coração, e com toda a vossa alma. Após o SENHOR vosso Deus andareis, e a ele temereis, e os seus mandamentos guardareis, e a sua voz ouvireis, e a ele servireis, e a ele vos achegareis.” Deuteronômio 13:1-4

“Guardai-vos, que o vosso coração não se engane, e vos desvieis, e sirvais a outros deuses, e vos inclineis perante eles.” Deuteronômio 11:16

Espero ter ajudado um pouco!

Com apreços santos,

Maicson Leal

Esse post foi publicado em Artigos Adventistas, Lúcifer e marcado , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para O Mormonismo ensina que “Jesus” vai descer do Céu e andar sobre a Terra

  1. Santos Daniel disse:

    “Joseph Smith Junior vê o Pai e o Filho contrariando as escrituras que ensinam que ninguém nunca viu o Pai.” Desculpem, não conheço muito essa religião (falta de conhecimento mesmo). Porém, Joseph realmente teve uma visão (ou sonho) assim para se inspirar ?
    Se for o caso, não poderia Lúcifer (ou um anjo caído) ter a capacidade de transmitir algo assim para a mente de Joseph. Porque nesse pequeno texto aqui postado por Maicson Leal são bem claras as influências satânicas (contrárias aquelas vistas na Bíblia e praticadas por Jesus) no Mormonismo.

  2. IASD disse:

    Santos Daniel, esta é uma das principais visões de Joseph Smith: do Pai e do Filho. A imagem é feita pela Igreja Mórmon. Naturalmente não cremos que Smith era um verdadeiro profeta

  3. Na verdade existem controvérsias a respeito da “Primeira Visão” Joseph Smith. E que na verdade ela foi se adaptado até chegar a que temos hoje. Essa visão nada mais é para “impor” à mente a crença do politeísmo-mórmon.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s