Testemunho: Quem inventou que só a roupa social Moderna é válida para a Igreja?

fariseus da roupa social

Comentário: A roupa social como conhecemos hoje é uma CRIAÇÃO HUMANA recente. Os bandidos também usam ela, os políticos, os advogados. Quem inventou que a calça Jeans, a camiseta e o tênis não são válidos para a Igreja? A tradição humana! Enquanto isso os pobres vão ficando do lado de fora, e também aqueles que não se animam a encher o guarda-roupa de roupa ‘elegante’ para poder frequentar uma igreja. Quem conhece alguém que já pensou em não voltar nunca mais na igreja porque se viu incapacitado de continuar frequentando (pois não tinha dinheiro para modificar o guarda-roupa) levanta a mão!

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

8 respostas para Testemunho: Quem inventou que só a roupa social Moderna é válida para a Igreja?

  1. David Cavalli disse:

    Ora, venhamos e convenhamos. Uma aberração o que fazem. Uma eventual situação, diga-se, muito provável que não tenha acontecido e se aconteceu uma vergonha para o acusador e o acusado. Para o acusador, pois não é isto que os Adventistas ensinam e praticam e para o acusado, uma vergonha querer tratar deste assunto banal num site duvidoso, com a intenção de denegrir um povo que prega o evangelho eterno. Vergonha para todos.

  2. David Cavalli disse:

    Ora, venhamos e convenhamos. Uma aberração o que fazem. Uma eventual situação, diga-se, muito provável que não tenha acontecido e se aconteceu uma vergonha para o acusador e o acusado. Para o acusador, pois não é isto que os Adventistas ensinam e praticam e para o acusado, uma vergonha querer tratar deste assunto banal num site duvidoso, com a intenção de denegrir um povo que prega o evangelho eterno. Uma vergonha para todos.

  3. anaare disse:

    Isso é uma verdade! Há mandamentos da Igreja e há os mandamentos de Deus. Gostaria que não fosse assim. A Bíblia traz o assunto vestimenta e chama a atenção justamente para roupas finas e o uso de jóias, e aceito o ensinamento Bíblico. A respeito de usar somente saia ou roupas sociais (caras) isso vejo em muitas igrejas caidas e nisso a IASD tem seguido um padrão mundano. Contudo não acusarei a igreja por conta disso e não faço distinção de irmãos por causa disso. À roupa basta que seja decente e limpa.

  4. anaare disse:

    E também não irei generalizar esse comportamento, pois onde congrego nunca vi ou soube de algo parecido a este testemunho acima citado (de ser chamado a atenção por conta de roupa pela direção). Espero que o irmão não tome para si esse erro humano e por isso se afaste da verdade, afinal cabe a nós obedecermos primeiramente a Deus.

  5. Ony Paes Leme disse:

    Certa vez eu fui indicado para ser diácono, procurei o diácono chefe para me orientar sobre o vestuário, comprei o terno e três camisas com as cores exigidas, também eram três cores de gravatas, que segundo ele, só tinha em uma determinada loja, não aceitariam uma gravata de cor parecida, tinha que ser idêntica à exigida, fui na loja, porém não encontrei, com amostras percorri muitas lojas durante vários dias e não encontrei, retornando novamente ao diácono chefe falei que não havia encontrado as gravatas, ele simplesmente me disse que infelizmente eu não poderia ser escalado por conta disso, praticamente desperdicei o dinheiro do terno e das camisas, até hoje estão guardadas. Então me propus a cooperar com a igreja trabalhando na sonoplastia, chegava cedo, abria a igreja, e tudo era preparado com antecedência e com responsabilidade, trabalhando na sonoplastia percebi que a grande maioria dos cantores vão somente para aparecer, certa vez por causa do atraso de uma cantora filha de um ancião a substitui de última hora por outra que se dispôs a louvar, foi quando a que estava atrasada chegou e desferiu palavras grosseiras e demonstrou-se estar irada por ter sido substituída, pensei comigo; “é com esse espírito que se louva ao Senhor ???…no último dia do ano, como sempre cheguei cedo e fiz todo o procedimento para o início do culto, depois de tudo pronto, em cima da hora de começar, chegou outra pessoa, sentou-se e abriu o notebook e fui informado que ele era o novo sonoplasta, a partir dali, passei a ver a igreja Adventista com outros olhos, e perdi totalmente o ânimo em segui-la, e pra sacramentar o meu afastamento fui assistir a um culto de sábado, cujo o tema foi “dízimos e ofertas” e ao ir ao banheiro havia um irmão que estava pedindo um pouquinho de dinheiro a cada um para comprar um gás para fazer o almoço em sua casa, fiquei tão indignado com a igreja que não voltei mais lá, enfim foram uma infinidade de motivos, se fosse citar todos, não caberia nessa página, apenas digo uma coisa: a igreja Adventista tem que mudar MUITO para poder se dizer realmente a igreja remanescente.

  6. So quero deixar meu comentario sobre este fato, as pessoas envolvidas neste incidente estao erradas em proceder desta maneira, outra coisa generalizar que todos os adventistas sao assim, e uma hipocresia deste comentario absurdo. Por outro lado devemos nos apresentar na casa de DEUS com o que temos de melhor, pois se voce for perante uma autoridade com certeza eles irao de questionar se voce estiver todo mal vestido. Eu sei que roupa nao significa nada mas o nossso melhor devemos dedicar a DEUS. Voce me parece um caluniador que quer trazer para igreja ideias carnais, que nao condizem com a palavra de DEUS, nao generalize dizendo que todos os adventistas sao assim, fica aqui a minha opiniao.

  7. Acredito que pregar, louvar ou fazer qualquer serviço para Deus ultrajado de maneira conveniente não seja somente tradições… Vejamos só: Se fôssemos pra um tribunal, diante de um juiz, usaríamos qualquer roupa? Então, porque vamos nos portar diante do Deus dos deuses, Senhor dos senhores de qualquer forma? A maneira com foram abordados é que foi negligentes, eles poderiam ter sidos mais delicados. Irmãos, temos que ter cuidado pra no fim não pormos o mundo dentro da igreja. A paz esteja com todos!!!

  8. Mesmo que alguns não aprovem seu testemunho a palavra de Deus é inquestionável. Jesus não julga ninguém pela aparência e vestia a roupa que tinha, com certeza não era roupa de tecido fino, “Ele era pobre”. A verdade tem que ser dita , doa a quem doer.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s