Primeiro Núcleo de Estudos da Sociedade Criacionista Brasileira é fundado em Maringá

workshop

O Núcleo Maringaense da Sociedade Criacionista Brasileira (NUMAR-SCB) será o primeiro núcleo de estudos oficial da Sociedade Criacionista Brasileira (SCB). O início de suas atividades se dará no I Workshop do NUMAR-SCB a ocorrer em 05 de dezembro na Câmara Municipal de Maringá, no Paraná. O atual presidente da SCB − com sede em Brasília – Dr. Ruy Carlos de Camargo Vieira estará no evento. A proposta desta iniciativa é divulgar o trabalho da Sociedade Criacionista Brasileira, entidade com 43 anos de existência, e a importância da necessidade em criar o NUMAR-SCB. Foram convidados para o evento autoridades governamentais e acadêmicas da região.

Durante o evento será realizada uma entrevista com o Dr. Ruy Vieira, para a comunidade conhecer um pouco da história deste renomado cientista, bem como a SCB começou. Ainda, o público conhecerá algumas das atuais atividades da SCB e desfrutará do pré-lançamento dos livros “O Profeta Daniel, o Cientista Isaac Newton e o Advento do Messias” e “SINAIS – Prenúncios ao Advento do Messias à luz da Ciência Moderna” de autoria do Dr. Ruy Vieira − o lançamento oficial será no UNASP. Aproveitando a ocasião, o Prof. Fabio Porto apresentará a palestra: “Teria a Ciência o Poder de Validar os Tempos Proféticos?”, fazendo uma alusão aos escritos de Isaac Newton e astronomia. Dentre outros momentos que marcarão a cerimônia, será realizada a apresentação do projeto NUMAR-SCB. A inauguração oficial das atividades do Núcleo ocorrerá com o recebimento da placa comemorativa de fundação das mãos do presidente da SCB.

workshop2

A discussão sobre as controvérsias dentro da questão sobre a origem da vida tem crescido significativamente na mídia nacional. Isso talvez devido ao surgimento recente de movimentos como o da Sociedade Brasileira do Design Inteligente (SBDI). Embora a proposta do Design Inteligente seja no campo da epistemologia, as suas implicações tendem a influenciar o pensamento religioso. Assim, a sociedade tem experimentado uma grande discussão e reflexão sobre crenças e filosofia. Embora o Criacionismo seja uma proposta antiga, datado muito antes do nascimento de Cristo, ainda é defendida e difundida em todos os continentes, não apenas por pastores ou líderes religiosos, mas inclusive por cientistas. Geralmente a ideia destes cientistas não é provar a existência de Deus dentro de um laboratório, mas mostrar que os dados apresentados pela ciência não anulam a literalidade do livro de Genesis. Há quem considere o Criacionismo apenas como uma controvérsia entre ciência e religião, mas, na verdade, a discussão é muito mais ampla. Para o Diretor Presidente do NUMAR-SCB, o químico Dr. Agrinaldo Jacinto do Nascimento Junior:

Organizar um projeto dessa natureza é bastante desafiador, pois o tema Criacionismo atinge os valores humanos da sociedade, principalmente a fé. Que por sua vez está relacionada aos princípios e modo de vida de cada um. Geralmente ninguém gosta das pessoas se intrometendo em sua própria vida dizendo o que fazer, mesmo a intervenção resultando em coisas boas. Deste modo, nossa intenção não é se intrometer na vida de ninguém, mas oferecer um espaço para aqueles que desejam ouvir e refletir sobre as propostas oferecidas pelo criacionismo, inclusive sob o ponto de vista acadêmico.”

Vale lembrar que no mês de outubro deste ano a Universidade Estadual de Maringá organizou o I Curso de Extensão com o tema “Diferentes Olhares sobre a Origem da Vida” (http://www.sites.uem.br/origens). Um dos maiores diferenciais deste evento foi a apresentação do tema Criacionismo sob a perspectiva de um professor criacionista da própria instituição, o Dr. Rodrigo Meneghetti Pontes. Esta iniciativa reflete diretamente no exercício do artigo 19 da Constituição Federal Brasileira que diz: “É inviolável a liberdade de consciência e de crença, (…) ninguém será privado de direitos por motivos de convicções filosóficas ou políticas“. Esse evento ocorrido na UEM reflete não apenas um respeito à constituição brasileira, mas principalmente a valorização da cultura. Além disso, mostra uma preocupação com a formação de cidadãos conscientes e pensantes. Assim, o NUMAR-SCB surge como um núcleo de estudos para aqueles que desejem conhecer a visão criacionista sobre a origem da vida. Maiores informações de suas atividades serão divulgadas em https://www.facebook.com/numar.scb/.

Se você tem a oportunidade e interesse em participar deste evento, não perca tempo, garanta a sua vaga através do site da SCB: http://www.scb.org.br/scb/.

 

 

 

Esse post foi publicado em Criacionismo, Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s