O Santuário na história do mundo

Santuario Tenda

O santuário tinha a porta, o pátio (pia e altar de holocausto), o lugar santo (pães da proposição, castiçais e incensário) e o santíssimo (arca da aliança).

No caso de Moisés, a porta representa o sangue nos umbrais das portas para salvar os primogênitos. O holocausto foi o Cordeiro pascoal. A pia foi o Mar Vermelho. No caso do lugar santo, teve o maná (pães), a nuvem e a coluna de fogo (incensário e castiçais). O lugar santíssimo foi o Sinai.

Agora Cristo. Ele era a porta (João 10, parábola do bom pastor). Ele foi o sacrifício/holocausto. A pia foi Seu batismo. No lugar santo, Ele é o pão que desceu do Céu (vossos pais comeram o maná no deserto e morreram); Ele é a luz do mundo (castiçais) e ora-se em nome de Jesus (incensário). Quanto á arca, representa-se que Ele cumpriu toda a Lei.

Templo de Salomão

Santuário3

Agora vamos ao catolicismo. Daniel disse que ele iria “deitar a Verdade por terra, faria isso e prosperaria” e profanaria o santuário. Primeiro, o catolicismo disse que o papa é a porta, representante de Deus. No pátio, ensinou justificação pelas penitências e anulou o sacrifício de Jesus, além de batizar criancinhas. Profanou o altar e a pia assim.

No lugar santo, ele profanou os pães da proposição quando encerrou a Bíblia em latim e deixou as pessoas sem o pão do Céu. Instituiu a oração com intercessores além de Cristo, como Maria, e assim profanou o incensário. Não contente, profanou os castiçais quando ensinou e fez com que Cristo deixasse de ser a luz do mundo, e sim a igreja.

No santíssimo, mudou a lei!  Profanou tudo!

O protestantismo iniciou o caminho de volta.

Jesus voltou a ser a porta. A pia foi purificada pelos Batistas (Igreja Batista). (batismo por imersão). Jesus voltou a ser sacrifício perfeito.

No lugar santo, os protestantes purificaram os pães quando as primeiras traduções da Bíblia começaram a acontecer com Wicliff; orava-se de novo em nome de Jesus, purificando o incensário, e purificou-se também os castiçais ao se falar do Espírito Santo. O papa profanou os castiçais (luz do mundo) quando proibiu acesso à Bíblia e os metodistas (Igreja Metodista) criaram o método de estudo bíblico.

Faltava purificar o santíssimo. Aí veio a Igreja Adventista do Sétimo Dia para purificar o que faltava. Colocou os 10 mandamentos no seu devido lugar: ajustou a relação pecado (que é a quebra da lei) e a Graça (que é o perdão de Cristo decorrente dessa quebra). Restaurou o ensino do SANTUÁRIO. Aprendeu sobre os eventos finais da história do mundo e a marca da besta e o que isso tem haver com o Santuário.

Estude mais sobre o SANTUÁRIO DA TERRA

Estude sobre o SANTUÁRIO DO CÉU

Estudos mais Avançados:

Estude sobre o bode sacrificado para Jesus e o Bode de Satanás

Estude sobre as diferenças da morte de Jesus e a morte de Satanás.

Livros sobre o tema:

Cristo em Seu Santuário

O Santuário e as 3 Mensagens

(prestar atenção na compra da edição completa do Grande Conflito que tem 700 páginas).

O Grande Conflito Edição de 1981

 

sacerdocio-expiatorio-de-cristo

(essa lição pode ser encontrada em sebos de livros usados, ou em bibliotecas nas igrejas adventistas)

licao o santuario1

Esse post foi publicado em Abominação Desoladora, Santuário e Juízo Investigativo. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s