Sobre a proibição de alguns pregadores na Igreja Adventista

“Hoje em dia proíbem esse pregador, proíbem aquele pregador porque um está destruindo nosso relacionamento ecumênico e o espírito do pentecostalismo está invadindo a Igreja. Há 30 anos considerávamos que o pentecostalismo era uma forma de ocultismo…hoje parece que já é bem vindo em alguns círculos [do adventismo]”.

“Os nossos melhores homens, muitos de nossos líderes acabam fazendo um esforço de silenciar as pessoas que tentam expor esse poder [o anticristo, o papado]. Eu quero minha Igreja de volta!”.

“Eu me lembro que há 30 anos, se você fosse um Ministro nessa Igreja, você podia pregar em qualquer lugar, no mundo todo. HOJE VOCÊ NÃO PODE. Há obstáculos e bloqueios, freios. Aí dizem o que você deve pregar e o que não deve pregar. E como pregar e como não pregar. E começam enviar mensagens secretas, banindo um pregador, banindo outro pregador. Eu quero minha Igreja de volta!”

Fonte: Sermão: QUERO MINHA IGREJA DE VOLTA. Aos 43-45, 47 e 57-58 minutos. De Walter Veith.

 

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria, Walter Veith. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Sobre a proibição de alguns pregadores na Igreja Adventista

  1. Eron Júnior disse:

    Deixa de ser bobo Walter Veith, que igreja vc quer de volta? A igreja continua a mesma, mesma doutrina, mesmas verdades proféticas, talvez a forma tenha mudado um pouco, mas nada que comprometa princípios que igreja sempre defendeu. O que precisa mudar é a cabeça de muitos “dinossauros” que vivem presos ao passado, achando que a verdadeira igreja é aquela dos idos de 1920, com os costumes daquela época.

  2. Obrigado, Pr. Walter Veith, pelos ensinos e admoestações tão oportunos e corajosos em favor da verdade quando é bem mais simples e sossegado seguir o mundanismo e o secularismo. O senhor não está só; há um remanescente fiel. Por outro lado, aquele ensino bíblico de respeitar as cãs e o ancião está sendo olvidado pelos jovens adventistas. Embora não sejamos obrigados a aceitar o que venha de um pregador sem que haja apoio escriturístico e do Espírito de Profecia, tenho que o respeito deve se ter em conta , não só porque faz parte da boa educação doméstica e cordialidade social, coisa que se aprende em casa, como também deve ser algo de prático na vida cristã.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s