Aula rápida sobre o Trabalho de Jesus no Céu

Artigo atualizado em 23.11.2021.

A igreja adventista do sétimo dia é a única igreja que possui uma doutrina de como funciona a intercessão de Cristo no céu. É a doutrina do Santuário. Nessa doutrina Jesus trabalha em um templo chamado de santuário celestial. Em frente a Deus o Pai e em frente a Arca da aliança contendo os 10 mandamentos, Jesus intercede pelos cristãos, escutando orações, perdoando pecados e administra os trabalhos celestiais dos anjos e também Envia o Espírito santo para conversão de pessoas não cristãs. Este trabalho tem 3 etapas:

Primeira fase de trabalhos no Santuário: Somente intercessão pelos pecados e conversão de pessoas (começou 40 dias depois da Páscoa do ano 31 até 22/10/1844). E claro: administração das questões dos anjos e do resto do universo.

Segunda fase de trabalhos no Santuário: (começou em 22/10/1844 e vai até o ‘início’ do apocalipse no mundo, o que chamamos de fechamento da porta da graça)- nesse período continuam os trabalhos de intercessão+ conversão do mundo. A diferença é que começou o julgamento investigativo conhecido no direito brasileiro como “processo de conhecimento”: análise da vida dos cristãos mortos e vivos e aplicação da sentença absolutória ou condenatória

Terceira fase (Começa após a volta de Jesus em um período de mil anos). Os cristãos trasladados vivos da Terra por ocasião da volta de Jesus e aqueles que foram ressuscitados igualmente na segunda vinda, são convidados a fazer a sentença executória dos perdidos. Não há necessidade de julgar mas apenas definir a quantidade da pena. Ocorre no Céu com os remidos de todas as eras da Terra.

Linha do tempo (fase 1 e 2)

Ano 31 inauguração do santuário ——–intercessão e conversão do mundo————_————-22/10/1844——inauguração do trabalho de julgamento dos cristãos +conversão do mundo +intercessão…………………………..ano da marca da besta no mundo———–fim do trabalho de Cristo de intercessão, fim do julgamento dos santos————–7 pragas de apocalipse 16——ano da segunda vinda de Jesus.

Esse post foi publicado em Jesus, Santuário e Juízo Investigativo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s