Marcial Maciel, o Diabo fundador dos Legionários de Cristo e do Regnum Christi

marcial maciel

De acordo com a Wikipedia, Marcial Maciel (1920 — 2008) foi o fundador dos Legionários de Cristo e do movimento Regnum Christi.  Apesar da sua aparente vida de conformidade com os ditames da Igreja Católica, Maciel teve uma vida dupla. Foi criminalmente condenado nos EUA por manter relações sexuais com rapazes menores.

Em uma edição de fevereiro de 2009, o jornal estadunidense New York Times afirmou que o Padre Maciel levava uma “vida dupla” e e possuía “pelo menos” uma filha. Posteriormente, o jornal francês Le Monde publicou reportagem afirmando a existência de três filhos mexicanos, nascidos de uma outra mãe, um filho no Reino Unido e uma filha francesa, que já teria falecido, os jornais ainda alegam que ele seria um plagiador, viciado em drogas e que cometia abusos sexuais contra os noviços.

Nada disso seria reconhecido pela Igreja que o fez  por força, quando os fatos vieram a tona. O Vaticano passou então a reconhecer as “dificuldades” pelas quais passaram os acusadores de Maciel durante os anos em que foram ostracizados ou ridicularizados, e elogiou sua “coragem e perseverança para demandar a verdade”.

________________

Marcial abusou sexualmente de seus filhos

Depois da morte do sacerdote aos 87 anos, em 31 de janeiro de 2008, descobriu-se que havia tido uma filha na Espanha e começaram a surgir suspeitas de mais uma ou mais famílias no México.

Lara Gutiérrez afirmou que o sacerdote lhe dizia que trabalhava na empresa petrolífera Shell, que era detetive privado e até agente da CIA. Ela tomou conhecimento da verdadeira identidade em 1997 quando foi publicado um artigo na revista Contenido sobre as denúncias de abuso sexual.

“Foi quando me inteirei da verdadeira história, do outro rosto”, indicou. “Eu o idolatrava, o adorava. Eu estava totalmente cega”. A relação terminou alguns anos depois.

De acordo com a afirmação de Lara Gutiérrez, do vínculo nasceram Raúl e Cristian González Lara. Com nome falso, Maciel teria adotado também Omar, um filho que ela havia tido em relação anterior. Cristian, o menor dos três, está com 17 anos. A idade dos demais não foi divulgada.

No programa foram divulgados áudios de conversas supostamente tidas por Raúl González, filho da mulher, com representantes dos Legionários de Cristo e com um dos cinco bispos da comissão investigadora, que confirmaram suas declarações.

Tanto Omar como Raúl disseram que foram abusados sexualmente por seu pai quando eram pequenos, algo que revelaram à sua mãe em 1999. Raúl disse que o primeiro abuso ocorreu quanto tinha sete anos, em uma viagem a Colômbia, e que duraram cerca de oito anos.

“Fomos vítimas também de meu papai, infelizmente”, afirmou Raúl, que reclama do Vaticano um reconhecimento público de todas as vítimas e ressarcimento econômico.

Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2010/03/padre-maciel-teria-abusado-de-dois-de.html#ixzz2JKaZnlF4
Paulopes informa que reprodução deste texto só poderá ser feita com o CRÉDITO e LINK da origem.

____________

OBS: Como podemos ver, todos que mostram os crimes da Igreja Católica são RIDICULARIZADOS. Quando os crimes se tornam evidentes e não podem mais ser escondidos, a Igreja se faz de desentendida, pede desculpas por ter ridicularizado aqueles que mostravam a verdade e joga toda a culpa em uma única pessoa, se considerando também uma vítima. No ano de 2010 o Papa Bento XVI chamou Marcial Maciel de “Um falso profeta de vida imoral: uma existência aventureira, desperdiçada e distorcida”. (Fonte: Sua Santidade, as cartas secretas de Bento XVI, Gianluigi Nuzzi, página 155.)

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s