A igreja que foi conquistada pelo mal

​O grande conflito pag. 50 

Constantino, na primeira parte do século IV, causou grande regozijo; e o mundo, sob o manto de justiça aparente, introduziu-se na igreja. Progredia rapidamente a obra de corrupção. O paganismo, conquanto parecesse suplantado, tornou-se o vencedor. Seu espírito dominava a igreja. Suas doutrinas, cerimônias e superstições incorporaram-se à fé e culto dos professos seguidores de Cristo.

Esta mútua transigência entre o paganismo e o cristianismo resultou no desenvolvimento do “homem do pecado”, predito na profecia como se opondo a Deus e exaltando-se sobre Ele. Aquele gigantesco sistema de religião falsa é a obra-prima do poder de satanás – monumento de seus esforços para sentar-se sobre o trono e governar a Terra segundo a sua vontade.

Uma vez satanás se esforçou por estabelecer um compromisso mútuo com Cristo. Chegando-se ao Filho de Deus no deserto da tentação, e mostrando-Lhe todos os reinos do mundo e a glória dos mesmos, ofereceu-se a entregar tudo em Suas mãos se tão-somente reconhecesse a supremacia do príncipe das trevas. Cristo repreendeu o pretensioso tentador e obrigou-o a retirar-se. Mas satanás obtém maior êxito em apresentar ao homem as mesmas tentações. Para conseguir proveitos e honras humanas, a igreja foi levada a buscar o favor e apoio dos grandes homens da Terra; e, havendo assim rejeitado a Cristo, foi induzida a prestar obediência ao Representante de satanás – o bispo de Roma.

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Filme Até o último homem

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Mostre o erro dos evangélicos

​Os evangélicos e protestantes históricos se acham santos violando o sábado. Mostre a eles que devem viver como Jesus viveu para serem aprovados por Ele. E Jesus não violava o quarto mandamento! Defenda a verdade!!

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

As testemunhas de Jeová negam base da fé cristã

​As testemunhas de Jeová se acham santas rejeitando que Jesus é Jeová. Jeová é um nome que pode ser aplicado ao Filho. Era Jesus quem guiou o povo de Deus no antigo testamento. Mostre que não são santos negando verdade tão fundamental!!

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

As falsidades do catolicismo

​Jesus disse a mulher samaritana: Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus. João 4:22.  …..Jesus disse na cara dela que a fé dela era falsa. A fé samaritana era falsa. Dá mesma maneira o catolicismo é tão falso quanto budismo, Islã, espiritismo.

Defenda a verdade!

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Qual é o respeito que os mundanos querem?

​Os apóstolos julgaram todo o mundo grego e romano e acabaram mortos por adoradores de Zeus, Diana e Apolo. Não “respeitaram” a fé deles. O “respeito” que os mundanos querem é fiquemos de boca fechada diante das doutrinas mentirosas.

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

A correta natureza do homem

​No artigo anterior aprendemos que não nascemos pecadores, mas nascemos com natureza degradada ou pecaminosa. Aprendemos que Deus não nos culpa por ter essa Natureza frágil.
Na religião falsa Deus condena a todos por nascerem pecadores como se o pecado fosse uma doença. Condena os que são tentados como se tentação fosse já o pecado consumado.
Na religião verdadeira Deus  não condena os que nascem com natureza caída. Eles nascem com essa Natureza pecaminosa mas não nascem pecadores pois o pecado é uma decisão consciente em violar as leis morais ou escritas de Deus. 
Embora todos tenham pecado, Deus provê socorro através de Cristo para perdão do passado e vitória sobre o pecado. Unidos a Jesus, o cristão deixa de violar as leis de Deus. Porém ele será assaltado por um exame ou prova, aplicada regularmente, de forma natural ou sobrenatural, em que Deus atestará sua fé como perseverante (aprovação) ou vascilante (reprovado).

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

O que é a tentação?

A melhor palavra para definir a tentação é exame ou prova. Quem faz uma prova busca uma aprovação ou reprovação. Aquele que é tentado pode vencer essa prova se buscar socorro aos pés do salvador de pecados. Ele tira e IMPEDE o pecado. Quem estiver desunido com Cristo não poderá vencer a tentação, pois a Natureza degradada (pecaminosa) falará mais alto.

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

​O que é natureza pecaminosa? Pra que saber isso?

É importante saber para entender que não nascemos pecadores mas com natureza degradada. Deus não nos culpa por nascer com natureza pecaminosa, mas nos culpa por ceder ao pecado.

Natureza pecaminosa é a frágil natureza que herdamos com a queda de Adão. Por seis mil anos a nossa genética foi alterada e recebemos de herança um corpo e uma mente frágil, sujeita a doenças e a morte. A capacidade moral também foi degradada e a dificuldade de escolher o mal se tornou facilidade. Porém quando andamos juntos a Cristo, o Espírito Santo restaura parcialmente nossa capacidade moral e nos ajuda a vencer o pecado. Unidos a Cristo tudo podemos. Sem Ele, não podemos, nessa frágil natureza, vencer o mal.
Cristo venceu o mal pois como Filho foi obediente integralmente e perfeitamente desde o princípio até o fim. Os que são do cordeiro vencerão como ele venceu.

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Nós não nascemos pecadores

​Pecamos porque nascemos pecadores ou somos pecadores porque pecamos?
A teologia de Babilônia cristã ensina que todos nascemos pecadores, exceto Jesus e Maria que nasceram imaculados por intervenção divina. Isso está errado.
Todos nós nascemos com natureza pecaminosa mas só se tornamos pecadores quando pecamos ou quebramos a lei. Portanto mesmo na natureza mais frágil ou decaída não existe desculpa para o pecado. Jesus foi imaculado pois foi o único a nunca cair em pecado. Todos os outros humanos pecaram mas unidos a Cristo devem vencer o pecado. Ele é o cordeiro que TIRA o pecado dos seus. Portanto após a conversão, é possível viver uma vida vitoriosa, sem pecar, mesmo sofrendo tentações da natureza pecaminosa. Os 144 mil provarão dessa vitória.

O que é natureza pecaminosa: é a frágil natureza que herdamos com a queda de Adão. Por seis mil anos a nossa genética foi alterada e recebemos de herança um corpo e uma mente frágil, sujeita a doenças e a morte. A capacidade moral também foi degradada e a dificuldade de escolher o mal se tornou facilidade. Porém quando andamos juntos a Cristo, o Espírito Santo restaura parcialmente nossa capacidade moral e nos ajuda a vencer o pecado. Unidos a Cristo tudo podemos. Sem Ele, não podemos, nessa frágil natureza, vencer o mal.

Cristo venceu o mal pois como Filho foi obediente integralmente e perfeitamente desde o princípio até o fim. Os que são do cordeiro vencerão como ele venceu.

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Podemos julgar segunda a reta justiça

PODEMOS JULGAR SEGUNDO A RETA JUSTIÇA
“Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça.” [Yochanan/João 7:24]
Este versículo é suficiente para se entender que para se fazer justiça tem que haver um julgamento
“Fazer justiça e juízo é mais aceitável ao ‘ALTÍSSIMO’ do que sacrifício”. [Pv 21:3]
Para distinguir o certo do errado temos que fazer julgamento:

 

“Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve ‘ao ALTÍSSIMO’, e o que não o serve” [Ml 3:18]
Julgar é o mesmo que formar juízo acerca de, observar, pensar, ter em conta, supor, ponderar, o mesmo que examinar, provar, avaliar: 
“Amados, não creiais a todo espírito, mas provai se os espíritos são ‘do ALTÍSSIMO’; porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo.” [1 João 4:1]
“E aconteceu que, no outro dia, Moche(Moisés) assentou-se para julgar o povo; e o povo estava em pé diante de Moche(Moisés) desde a manhã até a tarde.” (Êxodo 18:13)
Se perdermos o senso critico então somos levados por todo o vento de doutrinas… exactamente o que estamos a ver: os “espertalhões” tentam calar a boca de quem diz a verdade!
Hoje é proibido proibir exactamente por causa do famoso amor de um “novo” evangelho (humano) que esta a ser apregoado.
É-nos proibido julgar, gratuitamente, ou seja quando avaliamos (julgamos) o ser humano de acordo com as aparências, chegando em uma conclusão pessoal sem provas ou usando Provas para  humilhar, escandalizar, envolvendo Pessoas que seriam prejudicados com o julgamento. 
O julgamento deve ser feito com amor mas com a firmeza das Escrituras, condenando o pecado mas amando o pecador, levando o pecador a refletir dos seus erros.
Julgar as pessoas, o seu coração, intenções etc. (cabe ao ALTÍSSIMO): 
“E porque reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho? Ou como dirás ao teu irmão: 
Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.” (Mt 7.3-5)
“Portanto, és inescusável, quando julgas, ó homem, quem quer que sejas, porque te condenas a ti mesmo naquilo em que julgas a outro; pois tu, que julgas, fazes o mesmo.”[Rm2.1]
Portanto, um adúltero não pode julgar outro, um ladrão não pode julgar outro ladrão, um mentiroso não pode julgar outro, e por aí…
Antes de alguém querer julgar a seu semelhante, convém avaliar (julgar) a si próprio. Recordar: 
“Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.” [Mt 7:2]
“Examinai tudo. Retende o bem.” [ITs 5:21]
EXAMINAR TUDO!! Examinar não significa também julgar… provar?! 
Portanto, quando toca à defesa da Sã Doutrina, todo o cuidado é pouco: o que faziam os Bereanos? Não julgavam (examinavam) os ensinos de Sha’ul(Paulo)?
Por acaso, por amor, eles apenas ouviam e engrupiam tudo? Ou conferiam as Escrituras? Era Amor pela Verdade (não pode ser separado) e não desamor para com Sha’ul(Paulo)!
Ora, se não houvesses ali um “julgamento” (se era ou não verdade), eles nunca comparariam os dizeres de Sha’ul(Paulo) com a Palavra do ALTÍSSIMO.
Como poderá alguém reconhecer o pecado se não julgar, ponderar?
Quando se diz: “quem sou eu para julgar o meu irmão?”,
 simplesmente estamos a abrir mão da disciplina do ALTÍSSIMO nosso CRIADOR! 

“Condutores cegos! que coais um mosquito e engolis um camelo.” [Mt 23:24]
“Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, não aconteça que as pisem com os pés e , voltando-se, vos despedaçem.” [Mt 7:6]
Como saber o que são as coisas santas, as pérolas, e quem são os porcos, se vimos tudo com a mesma bitola e não “julgamos”??
Corremos o risco de lidar e aceitar o perverso e adúltero por amor? Amor a quem?!?
“Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; Com o tal nem aínda comais.” [I Co 5:11]
“Porque tais falsos ‘apóstolos, são obreiros fraudulentos, transfigurando- se em apóstolos ‘do MESSIAS’.” [II Co 11:13]
Se não pudermos “julgar” estas situações como vamos obedecer o ALTÍSSIMO?
Como vamos reconhecer o lobo com pele de cordeiro?
Como saber se a mensagem pregada é fraude ou não?
“Então ‘ALTÍSSIMO’ disse a Salomão: Porquanto houve isto no teu coração, e não pediste riquezas, bens ou honra, nem a morte dos que te odeiam, nem tampouco pediste muitos dias de vida, mas pediste para ti sabedoria e conhecimento para poderes julgar o meu povo, sobre o qual te constituí rei.” [II Cr 1:11]
“O rei que julga os pobres conforme a verdade, firmará o seu trono para sempre.” [Pv 29:14]
“Naqueles dias, não havia rei em YIsrael, porém cada um fazia o que parecia reto aos seus olhos.” [Jz 21:25]
Infelizmente também é o que assistimos hoje, em nome do amor esquecem que duas coisas precisam andar sempre juntas : 

VERDADE e AMOR.
“Graça, misericórdia, paz, da parte ‘do ALTÍSSIMO’ Pai e da parte de Yahushua-(Messias), o Filho do PAI, serão conosco em VERDADE e AMOR”. [II Jo 1:3]
“O ancião ao amado aio, a quem eu AMO em VERDADE.” [III Jo 1:1]
“Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido.” [I Co 2:15]
Amado Teophilo, o que fizeram com tantos irmãos nossos, entre tantos lembre Estevão, João Batista e principalmente YahuShua-(Messias).
Falar a verdade hoje é ofensa é politicamente incorrecto… é dissenssão!!
As fraudes são aplaudidas em grandes shows de ‘améns’ e ‘aleluias’, mas as pessoas gostam disso.
“Sai dela povo meu” é um aviso muito sério que o nosso CRIADOR faz, quem perdeu o senso de justiça não pode julgar, isso é claro, daí aceitam tudo, participando alegremente do pecado.
O Amor do ALTÍSSIMO é JUSTIÇA.
Precisamos ser firmes no trabalho para a obra do nosso CRIADOR, muitos de nós seremos perseguidos e quiçá mortos, mas obedecer é pregar a Verdade das Escrituras doa a quem doer deixo esta palavra de conforto:
“… que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências.” [IITm 4:2-3]

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

O cristão pode ser perfeito em Cristo.

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário