Tem o movimento ecumênico a aprovação divina?

FONTE: O TEMPO FINAL Autor: Pastor Paulo Cordeiro, retirado de “Voz da Bíblia“

ecumenismo copa do mundo 2006

Nenhum de vós certamente desconhece ou, pelo menos, deixou de ouvir falar no movimento ecuménico que procura a unidade das várias denominações cristãs e mesmo entre estas e as outras religiões mundiais!

Suponhamos – como os acontecimentos atuais mundiais CLARAMENTE nos deixam perceber – que esta “unidade” entre “cristãos” de várias denominações, e entre estes e os muçulmanos, budistas, hindus, judeus e mesmo ateus e agnósticos se venha a concretizar! Pergunto: se essa “união” vier a concretizar-se e todos se entenderem num plano comum, quem irá opor-se aos que se dizem cristãos? Alguém irá fazê-lo? Dificilmente! Uma vez que os “cristãos” se encontrarão de “braços dados” numa “irmandade” comum com todos os outros, quem os irá perseguir?

Mas agora temos aqui um REAL PROBLEMA: é que o próprio Senhor Jesus Cristo, no Seu sermão profético (relatado em Mateus 24, Marcos 13 e Lucas 21) avisou os Seus discípulos, que estes seriam severamente maltratados num tempo que precederia: 1º) quer a destruição de Jerusalém, quase no final do primeiro século; 2º) quer a destruição do mundo, no fim dos tempos! Eis as Suas palavras: “Então, sereis atribulados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações, por causa do Meu nome. Nesse tempo, muitos hão de se escandalizar, trair e odiar uns aos outros; (Mateus 24:9-10).

Mas, então, se os cristãos estão já a receber e irão, no futuro, receber ainda mais uma grande compreensão de todos os outros religiosos do mundo inteiro, unindo-se numa grande família espiritual mundial, QUEM os irá atribular, matar, odiar e trair?

Vejamos então um outro “cenário”: suponhamos que, ao formar-se essa coligação mundial espiritual, alguns – que certamente constituirão uma minoria, relativamente ao grupo de TODOS os religiosos unidos – não aceitarão juntar-se a esse grupo maioritário! Será provável que eles sejam pressionados a fazê-lo, sob pena de serem considerados como “pessoas fora do sistema”? Certamente que sim!

Mas há mais! Já repararam que Jesus, depois de ter falado de “guerras e rumores de guerras”, advertiu-nos que isso NÃO seria, só por si, um sinal do fim – “mas ainda não é o fim” (Mt 24:6)? E que, depois de ter falado de “nação contra nação”, de “reino contra reino”, de “fomes”, de “pestes” e de “terramotos” (v. 7), avisou de que isso seria apenas “o princípio das dores” (v. 8)? É caso para perguntarmos: se isso corresponde APENAS ao “princípio das dores”, como é que será então o “fim das dores”?

Não precisamos de conjeturar, uma vez que Jesus indicou claramente o que seriam “o fim das dores” (esta expressão NÃO aparece no texto bíblico, mas pode certamente ser corretamente inferida a partir da expressão bíblica “o princípio das dores”): o “fim das dores” vem descrito nos versículos 9 a 13, onde encontramos algumas das predições que já referi mais acima: “sereis atribulados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações, por causa do meu nome. Nesse tempo, muitos hão de se escandalizar, trair e odiar uns aos outros”. Por outras palavras: enquanto assistirmos a todas as calamidades, de origem natural e humana, e isso não nos afetar diretamente, isso é APENAS “o princípio das dores”. Mas quando a perseguição À ESCALA GLOBAL (“sereis odiados de TODAS as nações”) se desencadear contra os discípulos de Jesus, então aí estaremos no “fim das dores”!

Uma outra questão: haverá ALGUMA RELAÇÃO entre as calamidades preditas por Jesus e a perseguição global final contra os discípulos de Jesus? Sim, existe! Que relação é essa?

A resposta a esta pergunta é MUITO SIMPLES! Para responder plenamente a esta pergunta, permitam-me CHAMAR A ATENÇÃO para uma “simples palavra” mencionada neste sermão profético de Jesus: a palavra “então” (no original grego:tóte). Já repararam que essa palavra (“então”) aparece no versículo 14, fazendo uma importante CONEXÃO? Sim, nesse versículo, essa palavra aparece a conectar dois acontecimentos: 1º acontecimento: “será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações”; 2º acontecimento: “virá o fim”!

A palavra “então” LIGA esses dois acontecimentos. Ou seja, quando o primeiro acontecimento se cumprir, ENTÃO cumprir-se-á o segundo acontecimento predito! Está clara esta conexão na vossa mente, sim ou não?

Então, prestem agora atenção à mesma palavra “então” que surge no início do versículo 9! O que é que ela está aí a fazer? Certamente a indicar uma CONEXÃO entre dois acontecimentos, tal como a palavra “então” faz uma CONEXÃO entre dois acontecimentos relatados no versículo 14, certo?

Assim sendo, que conexão é que a palavra “então” faz no início do versículo 9? Certamente que já perceberam qual é a resposta apropriada a essa pergunta: a palavra “então”, no início do versículo 9, faz a CONEXÃO entre aquilo que Jesus referiu até ao final do versículo 8, com aquilo que Ele indicou a partir do versículo 9!

O 1º acontecimento é haver “nação contra nação”, “reino contra reino”, “fomes”, “pestes” e “terramotos em vários lugares” (v. 7); o 2º acontecimento é os discípulos de Jesus serem atribulados, mortos, “odiados de todas as nações” e traídos! Que faz a palavra “então” no meio destas duas classes de eventos? A resposta lógica só pode ser uma: conecta-os! Como? Os discípulos de Jesus serão atribulados, mortos, “odiados de todas as nações” e traídos PORQUE serão tidos por responsáveis por todas as calamidades que sobrevirão ao mundo no tempo do fim!

Alguns poderão pensar: isso é um ABSURDO autêntico! Alguém, com um mínimo de bom senso, alguma vez iria fazer uma ligação dessas? Bom, basta olhar para a história e ver se tal já se passou ou não: quando a nação de Israel (o reino do norte), sob o reinado de Acabe, viveu uma das maiores apostasias da sua história e, por essa razão, Deus impediu que chovesse por três anos e meio (ver: 1 Reis 17:1; Lucas 4:25; Tiago 5:17), trazendo, naturalmente, toda uma série de perturbações sobre a ímpia nação (ver: 1 Reis 18:2), quem foi considerado pelo rei Acabe ser o responsável dessa perturbação? Elias, o servo de Deus (ver: 1 Reis 18:17)! E o que Acabe quis fazer com esse “perturbador”? Matá-lo (ver: 1 Reis 18:10-14)!

Vai a história de Elias, o profeta do Senhor, repetir-se no tempo do fim? Certamente que sim, tanto mais que está profetizado que Deus enviará “o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor (a Sua segunda vinda)” (Malaquias 4:5)!

Resumindo e concluindo: quando um grupo MINORITÁRIO (o verdadeiro povo de Deus, ao longo dos séculos, SEMPRE FOI, um “pequenino rebanho” – Lucas 12:32) recusar ligar-se ao grupo maioritário (de todos os religiosos do mundo inteiro, UNIDOS entre si), então a frequência crescente de calamidades naturais fará esses indivíduos pensarem que Deus estará a afligir este planeta com desastres naturais porque existe um pequeno grupo de teimosos refractários que não permitem que Deus envie as Suas bênçãos sobre o planeta!

A única forma então de “agradar a Deus” será matar essa odiada seita minoritária (ver: João 16:2)! Uns escaparão à morte, como escapou à morte o primeiro Elias (do tempo do rei Acabe), outros perecerão, como pereceu o segundo Elias (que foi João Batista – ver: Mateus 11:11-14; 17:9-13).

Será, PORTANTO, num contexto de terrível ódio e perseguição, que os sobreviventes à morte contra eles decretada, pregarão o evangelho que há de ser anunciado “por todo o mundo, para testemunho a todas as nações” (v. 14)!

Quem são então, à luz das palavras de Jesus, os Seus verdadeiros discípulos: aqueles que se terão “unido” entre si numa conglomeração mundial ecuménica OU os que forem atribulados, odiados e mortos, seguramente por aqueles que, em nome de Cristo, se juntaram contra o grupo dos “intransigentes”? Poderá então o movimento ecuménico ter a aprovação divina?

Para bom entendedor… ESTÁ TUDO DITO!

Esse post foi publicado em Apocalipse, Primeira Besta: Papado, Profecias, Protestantismo Decaído, Trindade do Mal Dragão Besta e Falso profeta e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s