A tolerância do falso santo João Paulo II com homossexuais praticantes entre seus ministros de Estado

“O Papa tolera muito bem a onipresença de homossexuais no seu círculo próximo. São tão numerosos, tão (sexualmente) praticantes, entre os seus ministros e assistentes, que não pode ignorar seus modos de vida (ou seja, não eram castos) e não apenas suas “tendências”. Então porque manter essa esquizofrenia? Por que permitir tamanha hipocrisia?  Por que uma intransigência pública e uma tolerância privada dessa maneira? Por que? Por que?”

Fonte: Frederic Martel. No armário do Vaticano. 2009. página 252.

Observação: O amor cristão deve aconselhar o pecador mas não aceitar o pecado. Era impossível que João Paulo II não tivesse visto que seus ministros e cardeais próximos eram homossexuais praticantes. Portanto ele não foi santo. É Impossível que um santo verdadeiro acobertasse e continuasse pagando o salário desses cardeais e ministros.

Observação 2:  No Armário do Vaticano é uma reportagem investigativa que demorou 4 anos para ficar pronta. No total foram realizadas 1500 entrevistas: 41 cardeais, 52 bispos e monsignori, 45 Núncios apostólicos, secretários da nunciatura ou embaixadores, 11 guardas suíços e mais de 200 padres católicos e seminaristas. Para realizar essa investigação viajei regularmente para Roma me hospedando por lá em média 1 semana por mês, entre 2015 e 2018. Também pude me instalar algumas vezes no interior do Vaticano e fiz pesquisas em 15 cidades italianas. Também realizei minha investigação em mais de 30 países para onde retornei diversas vezes (No Brasil Belém, Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio e São Paulo em 2014, 2015, 2016 e 2018). A maior parte das entrevistas foi gravada com total acordo com os interlocutores ou efetuada na presença de um investigador ou de um tradutor, que as testemunharam, no total dispondo de 400 horas de gravações, 80 blocos de notas de várias centenas de fotos e selfies Cardinalícas.

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s